Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1974 - Março)

Música

Considero Rogério Duprat um dos maestros criativos do Brasil. Polêmica como Diogo Pacheco, atual e sempre de idéias novas, Duprat tem estado presente com muito vigor nos acontecimentos da MPB nestes últimos 10 anos, seja fazendo arranjos e participando da produção dos melhores momentos de Caetano, Gilet caterva (<< Tropicalia >> ), ou em espetáculos arrojados, desmistificadores, polêmicos.

Música

Duas (excelentes) surpresas neste início de temporada fonográfica: Marcu Vinícius, em seu lp "Dedalus"(que estaremos analisando, em detalhes na edição de amanhã) e Sérgio Valério, cantor, compositor, instrumentistas. Nome desconhecido até o momento, fruto do Festival Universitário da TV Tupi em 71, Sérgio Válerio fez seu primeiro lp na Copacabana em fins do ano passado ( CLP 11,729), de forma que só agora o micro esta sendo distribuído e promovido juntos as rádios pelo esforçado Amaury Constantino.

Livro

"Uma revolução pode constituir num novo ponto de vista pelo qual organizamos nosso pensamento ou nossa ação em relação a eventos ou fatos conhecidos. O tema organizador desta coletânia é que a cibernética pertence a uma revolução mais ampla que transcorre dentro dos parâmetros do pensamento científico, e que consiste em estudar os fenômenos como atributos de sistema organizados. A própria realidade é recortada em sistemas e a focagem principal é dirigida para a troca da informação entre as partes do sistema, isto é, a comunicação".

Gente

Em 1950, três cinemas tradicionais ofereciam as poucas opções de entretertimento aos curitibanos; o Palácio, de Henrique Oliva, no térreo do Edifício Moreira Garcez - estão mais imponentes "arranhas céu" com seus 8 andares da cidade - o Avenida, nas mãos do paulista Paulo Sá Pinto, após ter sido explorado por alguns anos pela família Azeredo e o Opera do professor David Carneiro. Também os lançamentos -90 % via Hollywood, em seu apogeu - dividiam-se exclusivamente: Fox no Avenida, MGM no Opera e Warner-Paramount no Palácio.

Mudança no Governo

No dia 18, três após a posse de Geisel na Presidência, haverá mudança no secretariado do governo Emílio Gomes. Otávio Cesário Pereira Júnior, deixa a secretaria do Interior e Justiça para ocupar a vaga deixada pelo ministro Ney Braga no Senado Federal. Zacharias Seleme atual do trabalho, deverá ir para o Interior e justiça. Para o Trabalho vai Rubem Verduga (da Arena Jovem de Londrina), que é cunhado do médico Oscar Alves, o genro de Ney Braga. Dona Luisa Gomm, ex-chefe do cerimonial, assumiu ontem a diretora da Fides (órgão da STAS).

Euro Também Sai

Cartas

Ruy Soares Loyola (Capital): "A velha Grécia de outrora possui nomes ilustres: gênios e sábios. No terreno da filosofia e no da Ciência perlustraram eles com a segurança dos mestres imortais. Mormente o inigualável Aristoteles criando ciências inexistentes em seu tempo. Legou à Para um lustre que jamais se apagou, no curso dos séculos. Democrito, Sócrates, Platão, Aristoteles, Tales de Mileto. Bias etc são nomes que a história registra em letras aureas.

Cinema

Depois do Carnaval, finalmente, estréias auspiciosas: no Lido, que lança dentro de duas semanas o penúltimo filme de Peter Bogdanovich, << Lua de Papel >> , finalmente estréia hoje a primeira obra do genial cineasta de "A Ultima Sessão de Cinema": "Na Mira da Morte" (Targets), incluído pela crítica carioca-paulista como um dos 10 melhores de 1972 e que somente agora a Paramount decidiu mostrar aos curitibanos.

O Drug-Store

Já no gabinete do Prefeito de Curitiba o cuidadoso ante-projeto que Júlio Pechman elaborou visando transformar remanescente do antigo prédio da FAB, na confluência da Rua São Francisco e Estrutural Norte, que apesar de ter demolido uma grande parte permitirá seu aproveitamento como um Drug-Store.

Carta

Mariano Cyganezuk ( Capital) . "Li num Boletim Informativo da Fundação Brasileira Para a Conservação da Natureza que agora a palavra Ecologia é mais popular do que foi a palavra Desenvolvimento, nos anos que passaram. Se não é mais popular, espero que ainda seja. Isto porque atualmente o Brasil está precisando dispensar maiores cuidados para com a sua ecologia, tendo em vista os muitos abusos e crimes que se cometem contra a flora e fauna e, na maioria em nome desse desenvolvimento.

Cinema

Na respeitável filmografia de Robert Aldrich, o tema de duelo de (idéias) titãs sempre esteve presente; há 20 anos, em seu primeiro sucesso de bilheteria, Benjamin Trane (Gary Cooper) e Joe Erin (Burt Lancaster) degladiavam-se ao longo de 94 minutos, numa aventuresca viagem entre a revolução mexicana, até chegar ao clássico duelo final um dos grandes momentos do western nos anos 50.

Música

E` simplesmente impressionante o que vem acontecendo fonograficamente há alguns anos no Rio/São Paulo: brasileiros gravado musicas em inglês, com pseudônimo e produções apresentadas como se fossem discos estrangeiros. E` verdade que na década de 50, os metros Moacir Silva, Severino Araújo e Britinho fizeram sucessos como Bob Fleming, Românticos de Cuba e Pierre Kolman e atualmente o maestro Monteiro de Souza é o Maurício Monthier dos discos Odeon. Mas eram gravações de musicas internacionais, digestivas, oferecidas sem malandragem.

Livro

Álvaro Pacheco programou onze reedições para o mês de março, a primeira das quais já está nas livrarias: << O Ser Erótico >> de Albert Allis, autor de << O Homem Sedutor >> . Dentro da corajosa (atravida?

Música Popular

A riqueza da música popular brasileira, em seu eixo nordestino, desloca-se da Bahia para outros Estados da região, com representavos artistas - desde nomes consagrados - Luiz Gonzaga, de velha geração só recentemente revalorizado, Gerando Vendré, de volta ao lar após alguns anos de Europa - ou jovens como os rapazes da Banda de Pau e Corda ou Marcus Vinícius.

Boris Karloff, a última sessão de terror

Todos os bons filmes já foram feitos (Peter Bogdanovich)

Bogdanovich, o amor ao cinema

A exibição de "na Mira da Morte" e a próxima estréia de "Lua de Papel" (Paper Mem), foi com que se dêa máxima atenção a personalidade de um dos "fenômenos" do cinema americano contem porâneo: Peter Bogdanovich. No ano passado, aqui foram exibidos "A Ultima Sessão de Cinema" (The Last Pictures Show, 1971) e "Esta Garota E Uma Parada" "What`s Up Doc, 1972). Agora, temos possibilidade de conhecer sua primeira longa-metragem e, em breve, seu mais recente filme lançado no Brasil.

Cinema

A Paramount fez dois excelentes lançamentos no sábado: no Lido, "Projeteis da Morte" (Targets, 1967), o primeiro filme de Peter Bogdanovicha e no Condor, "Sonhos do passado") (Save the Tiger, 1973), um dos mais elogiados filmes do ano passado. O produtor-roteirista Steve Shagan explica este filme como "a história de um homem que se encontra envolvido numa violenta colisão entre o passado e o presente". Dirigido por John J.

Música

Sem dúvida o compositor e pianis Eumir Deodato foi a maior influência na música no ano passado: seus arranjos em torno de dois clássicos - "Also Sprach Zarathustral de Richard Strauss (1864/1949) e "Rapsodia in Blue" de George Gershwin (1898/1937), que atingiram em poucas semanas as paradas do sucesso nos influenciaram dezenas de outras arranjadores e maestros.

Gente

Há alguns anos, ao pesquisarmos a literatura paranaense para uma reportagem na revista "Panorama", ficamos conhecendo melhor uma mulher notável chamada Helena Kolody. Professora do Instituto de Educação do Paraná por mais de 20 anos, onde ensinou para várias gerações de normalistas - hoje mães e avós, inspetora federal do ensino secundário e, principalmente poeta de rara sensibilidade, Helena Kolody construiu ao longo de 30 anos uma das mais sólidas obras de nossa incipiente literatura.

Livro

A Arte nova programou para este mês o lançamento de cinco novos e interessantes livros. O primeiro é "O Papel do Jornal" de Alberto Dines, até o ano passado editor-chefe do "Jornal do Brasil", um dos nomes mais famosos do jornalismo brasileiro e que com muita autoridade, fez um estudo sobre a situação da imprensa no Brasil e no mundo, numa obra que deverá ser adotada nos cursos de jornalismo. Preço: Cr$ 22,00.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br