Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1974 - Maio)

Pasquim à sério

Até completar o seu 5 aniversário - a 26 de junho próximo - os atuais diretores proprietários do seminário "O Pasquim", esperam liquidar as dívidas maiores acumuladas nos três eufóricos primeiros anos e que quase levaram o popular seminário a uma falência que deixaria débitos de Cr$ 1.600.000,00.

O caso sem (muita) classe de Melwin

LEGENDA FOTO 1 - Glenda e Segal, nos traços do caricaturista americano Hirshfeld.

O livro dos recordes

Carlos Coelho, um jornalista baiano que durante os poucos meses que passou em Curitiba, entre 1961/62, como secretário de redação da edição paranaense de Última Hora ensinou jornalismo para muitos profissionais que hoje se encontram em posições de destaque na imprensa nacional, é o editor do Livro do Recordes, que a Abril colocou nas bancas de todo o País, Cr$ 18,00 o exemplar.

Os loucos de Gemba

Com 360 horas de ensaios - aos quais acrescentará agora um tour de force final que se entende madrugada a dentro até quinta-feira - "Perseguição e assassinato de Jean Paul Marat, interpretados pelos internos do Hospício de Charenton, dirigidos pelo Marquês de Sade" Teatro Guaira, estréia dia 10 peça com maior título já encenada no Paraná: representa, possivelmente, a maioridade artística de Oracy Gemba, 34 anos, como diretor, hoje com um trabalho que lhe dá condições de se profissionalizar nos grandes centros.

De Elizeth, a cantora maior, a revelação Naire, ouça a boa MPB

E a Música Popular Brasileira continua, Graças a Deus, apesar de tudo!

Uma homenagem às irmãs Gish

Nas múltiplas homenagens que, como bom cinemaníaco que é, presta ao longo de "A Noite Americana" cine Scala, segunda semana, ao próprio cinema, François Truffaut abre o seu filme, com uma foto das irmãs Lilian e Dorothy Gish, a quem, humildemente, oferece a sua nostálgica obra, que lhe valeu o Oscar de melhor filme estrangeiro de 1973.

Tulio & o mar

O deputado Tulio Vargas ficou tão entusiasmado com a visita que fez a Fundação de Estudos do Mar, sob a presidência do almirante Paulo de Castro Moreira da Silva que não só fez um oportuno pronuncimanto na Camara Federal, como pensa em aprofundar os seus estudos em oceanografia, para como parlamentar poder auxiliar no que for possível.

10 vagas de Imortal

Aviso aos navegantes de águas literárias: existem dez vagas para Imortal. Apesar de ter eleito recentemente novos ocupantes para três cadeiras vagas, a Academia Paranaense de Letras continua com uma dezena de lugares à espera de intelectuais que reunam condiçòes justificando a sua escolha para a entidade fundada pelo advogado Ulysses Falcão Vieira (1885-1942) em 26 de setembro de 1936 e cujos estatutos foram reformulados há poucas semanas. Os mais novos Imortais do Estado são o deputado Tulio Vargas, 45 anos, eleito para a cadeira n.

Papai Noel (Nutels)

Há 4 anos, quando esteve pela última vez em curitiba, o indianista Noel Nutels foi jantar com um dos melhores amigos o artista Franco Giglio (que na terça-feira, dia 14, inaugura exposição na galeria do Inter-Americano), no restaurante Palácio e ali aconteceu uma cena lírica. Barbas grisalhas, com um pulover vermelho e chamado por seu primeiro nome, o sertanista impressionou algumas crianças que estavam numa mesa próxima com os pais. Ao final, a [menor] - uma menina de 3 anos, cabelos loiros, se aproximou, perguntando: - O Senhor é mesmo o Papai Noel? - Meu nome é Noel.

Homenagem a Chi-Chic

Lançado em São Paulo e Guanabara no suplemento de março, mas que até agora não chegou as lojas, um lp da Fermata que tem especial significação para os curitibanos: a Bandinha do Piolim, homenageando os grandes palhaços brasileiros, numa gravação alegre e descontraída, especial para o público infantil. Uma das faixas no lado A é dedicada ao mais famosos palhaço que já tivemos - lendário Chi-Chic, Otelo Queirolo (1895-1967), que junto com seus irmãos Julian, o Harry (1893-1959) e Ricardo (1896-1967), se fixou em Curitiba a partir de 1942, divertindo várias gerações, durante três décadas.

O lago Paraná

Dentro de uma década o Paraná terá uma grande parte de seu território ocupado por imensos lagos, que nascerão de grandes hidrelétricas projetadas para os próximos anos. Embora ainda não existam dados exatos, os números são impressionantes e se as barragens representam força para o desenvolvimento industrial, consumirão também uma grande parte da área disponível para atividades agro-pastoris, o que, indiretamente, obrigará o aceleramento para que deixemos a economia terciária.

Conheça Bill Evans e seu suave piano

Hoje o título que designa esta série ("O Novo Jazz") perde um pouco seu sentido, já que vamos nos referir a um músico relativamente conhecido no Brasil junto aos fãs de jazz e com imenso prestígio na Europa e Estados Unidos: Bill Evans.

Religiões afro-brasileiras

Com 30 anos de jornalismo, dois prêmios Esso de reportagem em 1956, com uma autoconfessional série sobre como se livrou do alcoolismo publicada em O Globo e em 1963, com uma denúncia sobre a prostituição entre as indígenas, estampadas nas páginas do extinto "Mundo Ilustrado", José Leal, 48 anos, está em Curitiba pesquisando sobre religiões brasileiras.

Soja, um novo enfoque

O médico Lauro Beltrão, 41 anos, professor de Anatomia da Faculdade de Medicina da UFP e que ao longo de 19 anos de magistério já emprestou sua contribuição à formação de 17 escolas de medicina do Brasil, a última das quais foi a de Londrina, para cuja direção foi por váras vezes convidado, está dedicadno agora grande parte de seu tempo à administração das diversas fazendas de propriedade da família - fundadas por seu pai, o engenheiro Alexandre Beltrão, 77 anos, um dos pioneiros na colonização no Norte e Sudoeste.

O jazz no Paraná

O nome Paraná já virou tema de jazz, começando agora a ser executado em jam-sessions em várias capitais do mundo. O mérito cabe a um instrumentista paranaense, Airto Guimorvan Moreira, nascido em Guarapuava mas que teve a sua iniciativa artística em Curitiba. Começou nos anos 50, no programa Clube Mirim - M5, que Aluízio Finzetto apresentava no auditório da Rádio Guairacá (hoje Iguaçu), na fase áurea do rádio paranaense quando "Avoz Nativa da Terra dos Pinheiras" - disputava o público com a PRB - 2, ambas instaladas na mesma quadra, na Rua Barão do Rio Branco.

Os Blues que o filme não mostrou

"Papai e mamãe eram ainda duas crianças quando se casaram. Ele tinha dezoito anos, ela dezesseis e eu três" (primeiro parágrafo da autobiografia "Lady Sings The Blues")

O Paraná e os Ingleses

Dentro de 60 dias a Livraria José Olympio Editora lança em sua coleção Documentos Brasileiros a tradução que o professor Temistocles Linhares fez de uma das mais raras obras escritas por um europeu sobre o Paraná no século XIX: Pioneeres of South Brazil" do engenheiro Thomas Bigg-Wither (1845-1889), que aqui sairá com o título de "Novos Caminhos no Brasil Meridional".

Laraine Day, a estrela dos anos 40 (e de 39 filmes) anônima na cidade

Sentada na arquibancada do Ginásio do Tarumã, ao lado de suas filhas Dana e Gigi, ninguém reconheceria na elegante senhora de meia idade, uma das principais atrizes do supporting cast da Metro Goldwyn Mayer do final dos anos 30 e toda a década de 40. Assim como no Hotel Caravelle, onde ela está hospedada há quase dois meses, ninguém até hoje lhe pediu autógrafos.

Enfim, um belo disco de canções para as crianças

No momento em que a iniciação musical passa a preocupar-se (seriamente?) as autoridades ligadas a educação, um assunto volta a merecer atenção: a necessidade de haver discos próprios para despertar nas crianças o entusiasmo pela (boa) música. Reconheça-se, de princípio, que a geração 1970 é essencialmente musical. A facilidade de comunicação (rádio/tv/cinema), a criação de mitos de fácil aceitação - dos Beatles aos secos & Molhados - colaboram para fazer com que as crianças, tão logo tenham percepção do mundo, passam a se interessar pela música.

Combate a erosão

O economista Cesar Muniz Filho, há um ano na superintendencia de Planejamento da Sudesul, em Porto Alegre - cargo no qual foi confirmado pelo novo Ministro do Interior, Maurício Rangel, iniciou ontem, em Curitiba, uma série de importantes reuniòes com a coordenação que desenvolverá um importantíssimo projeto para o nosso Estado: o racional combate a erosão em mais de 100 municípios do Noroeste.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br