Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1975 - Novembro)

A nova empreiteira

EBEC - Engenharia Brasileira de Construções S.A. é o novo nome da antiga Cavalcanti Junqueira S.A. Em sua 75ª Assembléia geral, aquela empresa, passou por várias modificações: Antonio Lacerda Braga Filho renunciou à vice-presidência, representando a antiga diretoria e na mesma sessão foram aprovados os novos estatutos. Agora, com capital social de Cr$ 104.000.000,00, a EBEC, tem na presidência o sr. Antonio Carlos Leinig Leal, na diretoria administrativa o sr. Tito Oliver Ghisi e na direção técnica continua o conhecido empreiteiro Ferdinando Miraglia.

A grande enciclopédia brasileira

O escritor Francisco de Assis Barbosa, editor da Enciclopédia Mirador, contava, quinta-feira, no coquetel de apresentação da notável obra, que só agora, após cinco anos de full-time para realizar este projeto em que foram investidos US$ 12 milhões e empregados 1.300 colaboradores e 150 redatores fixos, poderá voltar a escrever os seus livros. Com 18 obras publicadas e 32 prefácios "para livros de amigos", Assis Barbosa tem planejados três novos trabalhos: um deles sobre D.

O disco de Rosane

Se alguém passar pela Rua São Leopoldo, 40 no Jardim Centenário e ver um disco voador, não pense que está entrando para o clube dos ufologistas amadores. Nos jardins daquela mansão; um grupo de meninas constrói um objeto voador não identificado; usando material cedido por diversas empresas e que; quando concluído; devera ser uma das maiores atrações da FeIra Municipal de Ciências, no Colégio Estadual do Paraná.

Charquetti, o exemplo

O médico e jornalista Percyval Charquetti, integrante da equipe de O ESTADO desde sua fundação, é citado como exemplo de médico humanitário, na longa reportagem que a revista "Veja" (edição de 29/10/75) publica sobre os problemas do atendimento médico no Brasil. Um dos mais conceituados do Paraná, integrando as equipes de vários hospitais, Charquetti é um médico profundamente humanista que, com idealismo, tem se dedicado a sua profissão, sem preocupar-se em fazer fortuna.

Mundo Plástico

Suzana Lobo, 65 exposições (entre individuais e coletivas) em apenas 10 anos de atividades profissionais, faz na próxima terça-feira uma das mais originais (e gabaritadas) mostras do ano, na Acaiaca: "por Trás dos Bastidores". Criativa como sempre, procurando novas formas para desenvolver seus óleos e desenhos, Suzana introduziu, há alguns anos, as telas redondas, hoje com aceitação nacional. Agora usa bastidores de costura como base de seus trabalhos.

Planeta & Status

A Editôra Três está lançando simultaneamente duas edições de "Planeta". A revista, dedicada ao ocultismo e temas ligados ao realismo fantástico, não poderia deixar por menos: mandou para a Colômbia uma equipe chefiada pelo seu redator-chefe, Ignácio de Loyola, para cobrir um dos acontecimentos mais noticiados neste ano - o I Congresso Mundial de Bruxaria. Assim, no número 37, a revista discute os rituais e as conferências, falando dos "bruxos" que compareceram, dando sua interpretação.

Voz & Violão

O violão continua a ser o instrumento-base para acompanhar a emepebe, garantindo, sempre, aos nossos compositores-intérpretes uma segurança harmônica, que poucos outros [instrumentos] possibilitam. Três exemplos, em diferentes gêneros, estão em elepes que aparecem agora nas lojas.

Em todas as rotações... Em todas as direções...

1 - JOHNNY MATHIS, 39 anos, 20 de carreira, numa idade em que os vocalistas atingem o seu ponto alto, atravessa uma fase de instabilidade artística.

Documento

Das grandes gravadoras, a Phonogram é uma das que mais acredita na constante elevação do poder aquisitivo dos compradores de discos.

O centro aeroespacial

Se o entusiasmo manifestado por alguns vereadores, dias atrás, numa sessão solene em que os produtores do programa "Entre Nuvens" foram homenageados, for mantido e o prefeito Saul Raiz sensibilizar-se com o projeto, é possível que Curitiba venha a ganhar, em breve, mais um local de recreação e ensino: o Centro Aeroespacial no futuro Parque do Iguaçu. xxx

Um assalto de talento

Se há seis anos passados, "O Assalto" valeu ao seu jovem autor, o mineiro José Vicente de Paula, os aplausos entusiásticos da mais rigorosa crítica - confirmados na outorga do Troféu Moliére 1969, hoje, a remontagem que o Grupo Mambembe faz deste vigoroso texto (Auditório Salvador de Ferrante, até o dia 9, 21 horas), permite não só uma melhor revisão da peça, como revela, para o público curitibano, um extraordinário ator: Gilberto Bastos, 27 anos, longa experiência em vários grupos do Rio de Janeiro, agora radicado em Curitiba.

Bons ventos da Vasp

A Pluna, empresa uruguaia de aviação civil que vai reiniciar suas operações, inclusive com uma possível linha Montevidéu-Florianópolis-Curitiba, adquiriu três Viscount da Vasp. Seu presidente, coronel Manuel Buadas, justificou a escolha "pelo conhecido zelo com que a Vasp empresta à manutenção das suas aeronaves, que assim podem continuar sendo muito úteis a quem as adquire de segunda mão".

Scaps, udegrudi tupiniquim

Desde que Rogério Bonilha - hoje professor da Universidade Federal do Paraná, fez, em 1972, a tentativa de editar um jornal udergrudi - "A Aldeia", ninguém mais encorajou-se a disputar esta instável faixa de leitura abaixo dos 30 anos.

Os livros de Rosita

Rosita Benks, que terça-feira autografa o seu livro "Clementine - Na pureza de seus pecados" (Livraria Martins Editora, 91 páginas), teve a alegria de ver esta obra de estréia alcançar boa vendagem, antes mesmo de seu lançamento oficial. Tanto é que já está concluindo um segundo romance, enquanto anima-se também a reunir em livro os seus poemas, que entre outros avais, tem o elogio de [Menotti] Del Picchia. O autor de "Juca Mulato", apreciou o seu "o estilo límpido, sem os sofisticados excessos dos atuais ficcionistas".

Drupi, o italiano

Seu nome verdadeiro é Giampiero Anelli. Alto, cabelos escuros, é o grande coqueluche do momento na Itália e na França. Agora, Drupi, está estreando no Brasil com seu primeiro elepe, que traz por título "Due". Seu gênero é, de preferência, o romântico. O disco foi produzido por Enrico Ricciardi, que junto com Albertelli, compôs oito das 10 faixas do elepe. As duas restantes, "Sei Vera" e "Quando Mai" são de autoria do próprio Drupi, em parceria com Ricciardi.

Trilhas Sonoras

Na ausência da imagens, o consolo do som. Pouco a pouco, vamos nos acostumando a ter ao menos as músicas dos filmes que a Censura veta ao [público] brasileiro. "Z", de Costa Gravas, foi proibido, mas a trilha sonora de Mikes Theodorakis, saiu pela CBS, e até hoje está em catálogo.

Artigo em 04.11.1975

A escritora Rosita Benks autografa hoje, ao entardecer, o seu livro "Clementine - Na Pureza de Seus Pecados" (Livraria Martins Editora, 1975). Nas duas semanas que passou em Curitiba, cuidando do lançamento de seu romance, Rosita (foto) já concluiu um novo livro - ainda sem título, que estará publicando em princípios de 1976, pela mesma editora.

Bonzos de Finados

Uma feira ecumênica aconteceu domingo, defronte os portões do Cemitério São Francisco de Paula: entidades religiosas, espíritas, protestantes e até um grupo de orientais bonzos procuravam atrair as atenções dos curitibanos que visitaram os túmulos de seus parentes, propagando suas respectivas religiões. Um grupo de 8 bonzos, em trajes amarelos, era o que se destacava mais pela originalidade de trajes e por entoar cantos em homenagem a Krishna.

De compositores & músicos

1 - Com depoimentos de compositores dos mais importantes da emepebe - Hermínio Bello de Carvalho, João Bosco, Sergio Ricardo, Ivan Lins, Paulinho da Viola, Aldir Blanc, Cartola e outros, o programa "Fantástico" (Rede Globo de Televisão, domingo, 21 horas) apresentou uma inteligente e dinâmica reportagem-denúncia - sobre a vergonhosa situação dos direitos autorais.

A denúncia de Sade

Com seu corajoso anúncio-denúncia, publicado domingo, na 1ª página do 2º caderno de O ESTADO, o pintor e marchand-de-tablaux Jorge Carlos Sade movimentou os círculos plásticos da cidade. Houve, naturalmente, quem discordou da posição assumida pelo proprietário da Acaiaca, mas também recebeu muitas manifestações de solidariedade, inclusive de homens públicos e empresários, que acompanham o seu trabalho em favor da moralização das artes plásticas no Paraná. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br