Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1980 - Junho)

Darcy e a briga dos petebistas

Mesmo chegando nos estúdios do Canal 4 apenas às 23h40min, quando o programa << Sem Censura/Opinião Livre >> , de Cândido Manoel Martins de Oliveira já estava inflamado em suas discussões entre os líderes das diversas correntes do antigo PTB - hoje dividido entre os adeptos (minoritários) da ex-deputada Ivete Vargas, sobrinha-neta de Getúlio Vargas e do ex-governador Leonel Brizola - a participação do professor Darcy Ribeiro fez com que o ibope (já alto) daquele programa da TV Iguaçu permanecesse até às 2 horas da manhã.

Duas estréias na escalada do erotismo

Na escalada de filmes eróticos que estão chegando às telas além de << Emannuelle, A Verdadeira >> continuar por mais uma semana no Bristol, há duas estréias italianas: No Avenida, << Prisioneiras do Sexo No Campo de Concentração Nazista >> - sensacionalista título que a Roma Filmes deu ao Brasil a << Deportate Sezione Speciale SS >> , de Rino di Silvestro Embora seja uma produção comercial, explorando o filão do sexo em prisões, gêneros que tem inundados as telas em produções nacionais e estrangeiras, o título dado a esta fita com ilustres desconhecidos no elenco (John Steiner, Lina Polito, Erna Schu

Os números certos do povo do Paraná

Antecipando-se ao IBGE - que inicia em breve o recenseamento nacional - uma equipe de estatística e pesquisadores montou alguns dados previsíveis sobre a população do Paraná, para enriquecer um didático volume que a Secretaria de Comunicação Social vai distribuir aos 1.300 jornalistas que acompanharão o Papa Paulo 11, nos dias 5 e 6 de julho, em Curitiba. Os números procuram especialmente a evolução das imigrações e migrações - tema da harmonia que o Papa abordará em sua missa no Centro Cívico, na manhã do dia 6. xxx

Observatório

A professora e socióloga Maria de Lourdes Montenegro acaba de dar um exemplo que a faz merecer maior admiração da classe jornalística: convidada por Gilberto Fontoura, diretor da Rádio Independência, para apresentar, diariamente, um comentário de 3 minutos, às 7,30 horas da manhã, antes de aceitar a proposta, telefonou a desidério Peron, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná, consultando sobre a sua possibilidade de desenvolver o programa sem ferir a regulamentação da profissão de jornalista.

"Um Pequeno Romance", um grande filme, volta agora no Rívoli

O lírico e encantador << Um Peuqno Romance >> (A Little Romance), de George Roy Hill - que valeu ao francês Georges DeLerue indicação ao Oscar de melhor trilha sonora (e que mesmo assim o elepê com a maravilhosa música ainda não foi lançado no Brasil) - voltou, repentinamente, ao cartaz, no cine Rivoli, ontem. Interrompeu a carreira de << Experiência Extraconjugal >> (La Segretaria), de F. Lara Polop (?

Ficha

<< ME >> - Maurício Einhorn - Clan (1-47-404-004) Gravado em junho de 79 Produção e direção - Claus Schreiner Coordenação geral - Sebastião Tapajós Arranjos e regências - Nelson Ayres Maurício Einhorn - harmônia de boca Nelson Ayres - piano acústico e fender Roberto Sion - flautas, sax alto e soprano Luizão - baixo elétrico Paulo Braga - bateria, (1B e 4B) Gegê - bateria (2B) Marku - Bateria, percussão e voz Sebastião Tapajós - violão LADO A << Batida Diferente >> (Maurício Einhorn - Durval Ferreira)

Observatório

Até ontem à tarde, restavam menos de 400 ingressos (Cr$ 2.500,00) apenas na platéia central do Guairão, para a única apresentação de Mikhail Baryshnikov (e Zhandra Rodriguez), amanhã, às 21h30min. O interesse pela apresentação do mais famoso bailarino do mundo no momento, fez com que as entradas a Cr$ 400,00 (2.º balcão) e Cr$ 1.500,00 (1.º balcão) fossem vendidas em menos de três dias. Os camarotes também serão vendidos, pois para conseguir equilibrar os preços mais baratos, o Guaira tem que estar totalmente ocupado - e assim mesmo não haverá nem um cruzeiro de luvro.

É tempo de Papa. (e das primeiras estórias)

É tempo de Papa. Eis um slogam que se aplica não só a Curitiba, mas a todas as cidades por onde o Papa João Paulo II passará em sua viagem ao Brasil. Mais de 50 mil pessoas - direta ou indiretamente - estão envolvidas nos preparativos da visita pastoral do Sumo Pontífice, que representará um investimento de mais de Cr$ 200 milhões, em decorrências das mais diversas necessidades. xxx

Inter agora também tem cursos de arte

Laila Cury, diretora do Centro Cultural Brasil-Estados Unidos há quase 2 décadas, além de uma excelente educação é também uma estimuladora das artes plásticas. Há alguns anos reservou um espaço do térreo da sede própria do << Inter >> para uma galeria-de-arte que, oferecendo máximas vantagens, tem proporcionado a jovens artistas mostrarem seus trabalhos (e muitos nomes hoje consagrados ali fizeram suas primeiras individuais).

Um conto de amor com as cores da juventude

As primeiras imagens são daquilo que se pode chamar de << cinema dentro do cinema >> : Robert Redford e Paul Newman numa das seqüências mais dramáticas de << Butch Cassidy >> (1970). No interior do cinema, um adolescente cinemaníaco, Daniel (Thelomious Bernard) olha, deslumbrado, o sexto longa-metragem de George Roy Hill (e o seu primeiro grande sucesso de bilheteria). Nas seqüências seguintes, as referências continuam no ritmo da << curtição >> cinematográfica.

À meia-noite, uma revisão indispensável

Hoje, à meia noite, no Astor, oportunidade de (re)ver um dos melhores filmes dos anos 70: << Madame Rosa - A Vida A Sua Frente >> (Madame Rosa/La Vie Devant Soi), premiado em 78 com o Oscar de melhor filme estrangeiro.

"Cabocla Tereza", o musical sertanejo

Com << Caboclo Tereza >> - exibição no Cine Lido - tem prosseguimento um novo filão do cinema nacional: o musical sertanejo. Considerando que os filmes de artistas ingênuos, mas de grande comunicabilidade com o grande público, como Teixeirinha e Mazzaroppi, são os que obtêm maiores bilheterias, e que a música rural é a que, proporcionalmente, ainda tem maior volume de vendas, é natural que filmes inspirados em toadas, contadas visualmente de forma simples, alegre, despretensiosa, encontrem boa resposta junto ao grande público.

Cantores

Em meados do ano passado, Sérgio Cabral incansável pesquisador, jornalista e produtor musical, nos falava com entusiasmo de um audacioso projeto, que só a ampla liberdade que André Mdani, presidente da WEA no Brasil, oferece a sua equipe, possibilitaria ser concretizado: fazer um elepê com um consagrado cantor lírico - Paulo Fortes (Paulo Gomes de Paiva Barata Ribeiro Fortes, Rio de Janeiro, 7/2/1927) interpretando... modinhas e serestas.

Presença feminina

A proporção de discos de mulheres - cantoras, compositores, vocalistas - nacionais e estrangeiras que aparecem a cada mês no Brasil fará com que, em breve, se justifique um espaço exclusivo para o << som feminino >> . E o mais importante é que qualidade está aumentando, tantos dos nomes já conhecidos como por parte das inúmeras revelações - ou estreantes - que temos a cada suplemento.

Os poloneses e a grande contribuição ao Paraná

Desde 1973, quando uma exposição da Independência (5 a 14 de setembro) marcou o início de mostras didático-culturais no hall do Banco de Desenvolvimento Econômico do Paraná, ali vem sendo realizado um dos mais sérios e honestos trabalhos informativos/artísticos de nosso Estado. Com a competência de quase 20 anos na área, o casal Domício-Leila Pedroso programou um calendário dos mais diversificados, abrangendo uma multiplicidade de temas, técnicos e formas que, independente das mudanças na administração do Badep, tem continuidade.

De noites estreladas, músicas juninas e o mercado sertanejo

O céu parecia de encomenda: estrelas brilhando com todo o fulgor como se espera numa noite de Santo Antônio. E o frio polar que fez na sexta-feira, 13, não impediu que pelo menos 70% do Pavilhão Antônio Laverda Braga, em Campo Largo, ficasse ocupado pelo público que foi aplaudir o II Festival de Música Junina, com 14 concorrentes - inclusive de São Luiz, do Maranhão, e tendo a dupla Belarmino & Gabriela como mestre-de-serimônia.

"Mulher Madura" volta no Bristol

<< Emmannuelle, A Verdadeira >> , de Just jaeckin, permanecerá mais uma semana em exibição no Bristol. E << F.I.S.T. >> , produção - direção - interpretação de Sylvester Stallone, abordando uma temática atual - o sindicalismo - terá sua estréia retardada: depois que o filme estrelado por Sylvia Kristel sair do Brsitol, João Aracheski já programou para ali ser reprisado o excelente << Em Louvor a Mulher Madura >> (In Praise of Older Womwn), do hungaro George Kaczender, com Tom Berenger, Karem Black, Susan Strassberg e Alexandra Stewart.

Cocotinha abriu temporada de beijos com Baryshnikov

Curitiba já tem sua << beijoqueira >> oficial. O contrário do antiestético carioca que subiu no palco no Maracanã e beijou Frank Sinatra - e ameaça atacar sempre que houver uma personalidade em cena (e até segurança do Papa João Paulo II se preocupa a respeito) - a beijoqueira curitibana é uma cocota bastante atraente. Atacou pela primeira vez ao final da apresentação de Mikhail arishinikov, sábado, às 22h50min, no Guaíra. Assim que o bailarino e sua parter, Zhandra Rodrigues, voltavam ao palco, pela primeira vez, para agradecer os aplausos do público.

Na mensagem do 'selvagem' reflexão para ecologistas

Um tema para merecer uma análise mais profunda de editores de publicações especializadas em comunicação (<< Propaganda >> , << Revista de Marketing >> etc): transcrição de certas mensagens ecológicas, filosóficas e religiosas que pessoas publicam, pagando o alto custo da centimetragem, em veículo nacional. Especialmente no << Jornal do Brasil >> , em páginas nobres, com leitura garantida, aparecem constantemente textos que justificam até uma reflexão. Na semana passada, a propósito da << Semana do Meio Ambiente >> , R. Pinto - Material Elétrico Ltda.

Itala troca Brecht por Oswald Andrade

Entre o brasileiro Oswald de Andrade (1890-1954) e o alemão Bertolt Brecht (1898-1956), a gaúcha Itala Nandi, 38 anos, ficou com o autor de << O Rei da Vela >> . Explicando: no final do ano passado, a bela e consciente atriz havia se definido pela peça << Santa Joana dos Matadouros >> , que Brech escreveu há 50 anos e nunca foi encenada no Brasil. Convidou o ex-marido e companheiro de grupo Oficina, Fernando Peixoto, para revistar a tradução e fazer a direção e acertou a estréia nacional para agosto, no Teatro Guaíra.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br