Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1981 - Outubro)

O Continuismo de Macedo faz a guerra nos cinemas

Há alguns anos, quando a oposição venceu as eleições no Santa Mônica Clube de Campo e Sociedade Thalia, derrotando os grupos liderados por Leonel Amaral e José Vieira Sibut (1914-1979), respectivamente, que vinham se perpetuando no poder, o castrense Ismail Macedo, há 15 anos na presidência do Sindicato dos Exibidores dos Estados do Paraná e Santa Catarina, com seu tradicional humor, ironizou:

CCI, a noiva e o desejado terraço

- Depois que a noiva foi ao altar, os antigos pretendentes lamentam não terem se antecipado ao que acabou casando com a moça.

Artigo em 02.10.1981

Uma estréia em estilo da Broadway, hoje, no Guaíra: "Jogo de Danças", a grande produção do Ballet Guaíra em 1981, com música de Edu Lobo, coreografia de Clyde Morgam e cenários e figurinos de Naum Alves de Souza, provoca uma revoada de críticos e artistas da cidade. Hoje a noite, entre os espectadores, estará Elis Regina - grande amiga de Edu, a quem deve o seu primeiro sucesso musical ("Arrastão", parceria Lobo/Vinicius, primeiro lugar no festival de MPB da TV-Excelsior, em Guarujá, há 16 anos).

Graças, o hotel e não um cemitério

A imaginação popular é grande e curiosa: a placa nominando de "Parque das Graças" a duas grandes torres que há anos vêm sendo construídas na avenida Manoel Ribas, em área que oferece uma privilegiada visão de Curitiba, fez com que crescesse a notícia: ali estariam os dois primeiros edifícios-cemitérios da cidade.

Artigo em 03.10.1981

O empresário Thiago Ferrante, iniciando novas atividades: agora é proprietário do "Tênis Sport", uma das duas academias particulares de tênis da cidade. Instalada nos fundos do Colégio Cajuru, com seis quadras, a academia será duplicada nos próximos meses, já que há mais de 500 pessoas na fila de espera para, nos horários mais diversos, começar o treinamento deste esporte sofisticado, caro, mas que começa a ser popularizado. Thiago, jovem de vivência internacional devido aos seus múltiplos empreendimentos, tem números que provam a viabilidade econômica.

Artigo em 04.10.1981

O Boca Livre, hoje o grupo vocal de maior popularidade no Brasil, já está gravando seu novo lp pela Polygram, para a qual foi contratado juntamente com o Céu da Boca, outro harmonioso grupo vocal. Em novembro, o Boca Livre e o MPB-4 estarão no Guaíra, fazendo uma temporada que deverá ter casas lotadas graças ao bom trabalho que Simão de Montalverde, com toda razão o orgulhoso pai-coruja de José Renato, um dos integrantes do Boca Livre, vem fazendo.

As músicas de Bosco na boa voz do dono

As músicas na voz do ano, uma grata revelação como cantor e uma imitação. A síntese para três discos que RCA colocou na praça há algumas semanas. De princípio temos o sempre admirável João Bosco, fazendo em "Essa é a sua vida", gravado entre junho/julho/81, uma espécie de revisão de sua obra. Há tempos que Bosco já nos havia falado de seu projeto de registrar num disco as músicas que, circunstancialmente, forma lançadas por outras intérpretes - Elis, Aline, Ademilde Fonseca, Walker entre outros.

As finalistas e o disco de Beth

As músicas que concorreram ao festival de MPB-81, promovido pela Rede Globo de Televisão, foram editadas em compactos simples pelas diferentes gravadoras - as quais inclusive fizeram a indicação de 50% das concorrentes, causa apontada como razão do fracasso artístico da promoção.

Revisitando clássicos

Em 1977/78 houve o boom do choro, com mais de 200 elepês do gênero, entre reedições, lançamentos e novas propostas. Este gênero instrumental de tanta beleza não desapareceu quando o choro deixou de ser modismo - ao contrário, reciclou-se. Embora as edições tenham se reduzido, ainda há estímulo para produções econômicas, reunindo fonogramas de diferentes artistas, como o que faz a Seta Fonogramas, uma etiqueta distribuída pela Ariola, em "Os Grandes Solistas", onde reuniu clássicos de dois virtuoses falecidos há poucos anos: Dilermando Reis (1916-1977) e Valdir Azevedo (1923-1980).

Artigo em 04.10.1981

Quem chega hoje a Curitiba é o jornalista Alberto Cawood, editorialista do "Dayton Daily News", da cidade de Dayton, Ohio. A convite do Comitê Paraná-Ohio, dentro do programa Inter Americano Journalist Exchange, do NAPA - National Association of Parthners of the Américas, Cawond visitará Foz do Iguaçu, Londrina e Litoral. Sua visita é uma recíproca daquela que, em fins de 1979, a jornalista Eloá Cathi Lour realizou.

Tess, o pecado da beleza demais

Há duas semanas que a estréia de "Os Contos de Canterbury", 1973, de Passoline, vem sendo adiada por uma razão óbvia: as rendas de "Tess" (Cine Astor, 3 sessões) aumentam a cada fim de semana, com todas as sessões lotadas. Já há mais de um mês em exibição, o êxito deste filme de Roman Polanski confirma que o romantismo continua a ser uma grande atração para milhares de pessoas.

Jogos de Dança ao ritmo de Broadway

Foi uma noite de Broadway. No palco e na platéia. Pena que aqui, ao contrário de Nova Iorque, não haja "primeira crítica" nos jornais do dia seguinte a première. De qualquer forma, ao final da apresentação de "Jogos de Dança", em sua primeira apresentação mundial, houve aplausos e entrevistas com Edu Lobo, o autor da música, para este espetáculo produzido pelo Ballet Guaíra e que será levado nas principais capitais brasileiras.

O flamenco nordestino

A Espanha está babando. Fenômeno é o mínimo que se ouve dizer a respeito do trabalho e da personalidade artística de Raimundo Fagner. Criticado por aqui, quase que violentado pela perseguição feroz de alguns algozes gratuitos, esse compositor cearense se descobre em Madri, conquistando a Espanha, primeiro ponto para a ampliação universal de mercado.

As eleições diretas do magnífico Reitor

Para (com)provar que a iniciativa da Associação dos Professores da Universidade Federal do Paraná em promover uma votação direta na indicação dos nomes reitoráveis não tem o sentido de subversão ou questionamento das autoridades, o secretário-geral da entidade, Emmanuel Appel, mergulhou nos arquivos da quase septuagenária instituição e descobriu que seu primeiros estatutos, aprovados em 13 de setembro de 1913 e editados pela tipografia Hoffmann, um artigo que, de certa forma, fortalece a eleição majoritária.

Artigo em 06.10.1981

Há mais de 30 anos que Armando Maranhão faz teatro em Curitiba. Chegou aqui ainda garoto, vindo de São Luís e desde então não parou mais de trabalhar. Integrou a equipe de idealistas jovens que fundaram o Teatro do Estudante do Paraná e enquanto todos os seus companheiros acabaram partindo para outros campos, mais gratificantes financeiramente, Maranhão se manteve fiel ao teatro. Amigo pessoal de Paschoal Carlos Magno, esteve presente em todos os festivais e manifestações artísticas que o "Embaixador da Cultura" promoveu em sua longa vida.

O cinema desglamorizado na visão dos bastidores

Existem várias - e estimulantes - formas de se apreciar "O Substituto" (Cine Lido, hoje). Como um filme que revela os bastidores do cinema, se inscreve naquela categoria de "film on film", ou seja, o cinema dentro do cinema que já motivou dezenas de títulos, levantados por dois pesquisadores, Rudy Behlmer e Tony Thomas em "Hollywood's Wollywood" (The Citadel Pres, Seraucus, New Jersey, 343 páginas, 1975).

Integração ucraniana na longíqua Dorizom

Durante anos o nome de Dorizom era lembrado por pessoas com problemas de saúde, como uma estação de águas termais onde se processariam verdadeiros milagres. O tempo passou e Dorizom continua esquecida vila, situada ao sul do Estado e pertencente ao também esquecido município de Mallet. Se houve época em que se sonhava em sua transformação numa florescente estação de águas com potencial turístico, a exemplo de outras existentes em São Paulo, Minas Gerais e Goiás, mesmo os mais idealistas e esperançosos defensores acabaram esquecendo.

Artigo em 08.10.1981

Em sua linguagem franca, sincera e expontânea, ao longo de 3 laudas datilografadas e acompanhadas de 15 documentos, entre editais, transcrições de atos oficiais, noticias de jornais etc., o veterano Ismail Macedo, há quase duas décadas presidente do Sindicato dos Exibidores do Paraná e Santa Catarina, nos envia uma exaustiva explicação sobre a guerra dos homens na exibição cinematográfica.

Quem foi Marin Cantone nestes "Jogos de Dança"?

A pergunta que mais se fazia no hall do auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, nos intervalos das apresentações do Ballet Guaíra, com "Jogo de Danças", era a de quem e (ou foi) Marion Cantone". Marion Cantone ocupa toda a última página do luxuoso programa que a Contacto Escritórios Reunidos de Comunicação e Produção Ltda, produziu, com desenhos e vinhetas de Naum Alves de Souza e Flávio de Souza e financiado pela Companhia de Cigarros Souza Cruz.

Artigo em 09.10.1981

Nos primeiros anos da televisão em Curitiba, quando o pioneiro Nagib Chede inaugurou a TV Paranaense, a primeira mulher a produzir programa (ao vivo, naturalmente, pois a era do vídeo tape só chegou 6 anos depois) foi Patricia Faviane, uma senhora de ares britânicos, organizada e criativa em seus roteiros. E nos programas de dona Patrícia, quem apareceu foi uma menininha de tranças, engraçadinha e que dublava com perfeição as cantoras de sucesso da época: Martiza Fabiane.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br