Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1987 - Abril)

"Platoon" foi o filme mais premiado na noite do Oscar

Desta vez não houve superpremiações na festa do marketing, digo, do Oscar: os membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood decidiram distribuir eqüitativamente as premiações, ao contrário do que ocorreu tantas vezes, quando houve ocasiões de um único filme levar até 11 Oscars, como aconteceu em 1959 com "Ben Hur" (direção de William Willer).

Erros da TV na transmissão

Em relação às edições anteriores, a festa desta 59ª entrega dos Oscars, na madrugada de segunda-feira, 30, foi inferior a muitas outras. A começar que a transmissão para o Brasil, pela Globo, podou o início de forma que a entrega de alguns prêmios - como o do roteiro adaptado (para "Uma Janela Para O Amor") e atriz coadjuvante (Dianne Wiest) não foi vista. No final, também foram cortadas as apresentações dos créditos, sendo impossível saber quem dirigiu a festa.

Mautner, livros e movimento da Figa

A cronista Margarita Elisabeth Pericás Sansone teve uma grande alegria no sábado: pode conhecer melhor um escritor do qual ela foi a primeira curitibana a se apaixonar pela sua linguagem vanguardista. Há 25 anos, quando a então adolescente Margarita procurava editor para o seu livro de poemas ("O Dentro Da Gente", Martins, 1964), esteve com o caprichoso Massao Ohno, que a presenteou com um dos primeiros exemplares de "Deus Da Chuva E Da Morte" (Martins, 1962).

Uma Fulaninha que todos amam

"Fulaninha" (Lido II, hoje último dia em exibição) tem a leveza, a graça e espírito saborosamente carioca dos melhores momentos de "Todas As Mulheres Do Mundo", que Domingos de Oliveira realizou há 20 anos passados e que praticamente teve sua fórmula perdida. Mariana de Moraes, uma ninfeta que preenche a "Receita de Mulher" que seu ilustre avô, Vinícius, deixou como parâmetro para o belo sexo, não chega a ser uma nova Leila Diniz, mas é encantadora. Sua imagem de adolescente sapeca enche os olhos do espectador nesta comédia descontraída e que antes de tudo é um canto de amor ao cinema.

Novaes, o espermatozóide que deu certo, no Guaíra

Os leitores de O Estado do Paraná há muito já conhecem o humor inteligente e contemporâneo de Carlos Eduardo Novaes. Suas deliciosas crônicas se transformaram em muitos livros, editados pela Nórdica - que o tem na cabeça de elenco de superstars e que ainda agora lança seu novo livro, justamente o "Confidências De Um Espermatozóide Careca", que dá título ao espetáculo em que ele, como one-show-man faz o público rir a bandeiras despregadas (auditório Salvador de Ferrante, até domingo, 21 horas).

Vídeo científico tem mostra no Rio

Inicia dia 5, no Rio de Janeiro, a I Mostra Brasileira de Filme e Vídeo em Ciência e Tecnologia, promovida pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico. Uma das coordenadoras de divulgação desta promoção é Vera Brandão, braço direito de Cosme Alves na direção do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

Como Bruna definiu a arte de Fernando

O colunista Ruy Barroso é quem está promovendo a exposição do pintor Fernando Lorenzetti na Acaiaca. A mostra tem um título curioso - "A Cor Da Comida" e ganhou apresentação da poetisa Bruna Lombardi, amiga e admiradora de Fernando. xxx Bruna começa seu texto lembrando uma frase de Jean Bezaine: - "Um objeto desperta o nosso amor simplesmente porque parece ser portador de forças maiores que ele mesmo". Por que - pergunta a poetisa e atriz - alguma coisa nos seduz? E ela mesmo responde:

Elisa em defesa dos consumidores

Elisa Martins Gonçalves, professora universitária, executiva cultural, ex-chefe de gabinete de Euro Brandão quando no Ministério da Educação e Cultura, é uma mulher ativa e competente. Além de tudo, corajosa e independente, pois foi quem, quando sentiu os desmandos da área cultural da infeliz administração José Richa, teve coragem de colocar a boca no trombone e fazer denúncias de repercussão nacional. Amargou perseguições, sofreu com a intolerância dos poderosos de plantão, mas sobreviveu.

Os premiados com o Oscar rendem os dourados frutos

Na temporada pós-Oscar, os exibidores lambem os filhotes que deram cria aos bonecos dourados. Já na quarta-feira, vistosos anúncios dos filmes em cartaz destacavam as premiações, para que os filmes em cartaz atraiam milhares de espectadores - pois mesmo sabendo-se que os mesmos estarão logo disponíveis em vídeo, quem ama o cinema não troca o prazer da tela grande pela mediocridade na redução para o vídeo, com todo o conforto que o mesmo ofereça.

O filme de 15 horas e 24 minutos no Luz: "Heimat"

"Alexanderplatz", de Werner Fassbinder, não é mais o mais longo dos filmes alemães. Com alguns minutos a mais, "Heimat - Terra Natal", de Edgar Reitz leva o troféu. Realizado originalmente como minissérie para a televisão alemã, com 15 horas, 24 minutos e 10 segundos, esta produção da WDR/Hans Kuviet (SFB) de três anos passados, chega no Brasil, num bloco compacto, que devido ao contrato dos seus produtores com o Goethe Institut, só pode ser exibido uma única vez em cada cidade.

Uma Nova Obra-prima de Fellini: "Ginger E Fred"

A trilha sonora de Nicola Piovani lembra, clara e declaradamente, os melhores momentos de Nino Rotta. Os personagens são aqueles típicos rostos que Fellini, 67 anos, tão bem vem desenvolvendo há quase 40 anos de cinema. São seres sofridos, esperançosos, simples, emocionantes. Um universo único e especial que faz do genial cineasta italiano um realizador de tanta poesia e ternura como foi Chaplin nos anos 20/30.

Novos romances de Deonísio e Carson

Catarinense com alguma vivência em Curitiba, hoje professor universitário em São Carlos, SP, Deonísio da Silva é um dos críticos e escritores que vem se projetando nacionalmente. Sua obra, bem aceita pela crítica e público, inclui diversos livros de contos, alguns deles já aproveitados em cinema e televisão. Aliás, seu livro de estréia, "Exposição De Motivos" (prêmio Brasília) já foi levado à televisão. A seguir publicou, entre outros, "Cenas Indecorosas", "A Mesa Dos Inocentes", "A Mulher Silenciosa" e "Livrai-me Das Tentações".

E a "Curitiba" do Polaco está no ar em Los Angeles

"Curitiba" está sendo ouvida em Los Angeles. Não se trata da hoje clássica e ufanista canção que Paulo Vítola, há 16 anos, criou para o "Cidade Sem Portas". É a "Curitiba" de Polaco - Carlos Alberto Oliva, 35 anos, violonista e compositor que há mais de dois anos reside em Los Angeles, estudando na Guitar Institut of Technology, e que começa a ter o seu espaço no competitivo universo musical americano.

"Todas As Pessoas", do Zé Oliva, está em produção

Enquanto seu irmão mais moço, o Polaco, está se saindo bem em Los Angeles, José Roberto Oliva, 40 anos, publicitário e compositor, também está em escalada musical. Afinal, está quase concluindo a gravação de "Todas As Pessoas", seu primeiro elepê, produção independente, que vem realizando desde novembro de 1986 nos estúdios da Audison. xxx

"Os Arquétipos" de Hilton ganham forma

Outro compositor-intérprete da terra que está há meses batalhando para realizar seu elepê independente é Hilton Barcelos, 37 anos, gaúcho de Porto Alegre, mas curitibano de adoção. Há muitos anos que Hilton vem brigando pelo seu espaço na música popular paranaense. Em 1983 chegou a prensar um compacto duplo; no ano passado foi - ao lado de Lino Roberto e Rosy Greca - selecionado para integrar o Pixinguinha e agora faz das tripas coração para realizar um disco capaz de lhe dar uma chance de aparecer fora do Paraná.

Harry Berger, um novo personagem de Joffily

Ao lado de suas atividades de empresário bem sucedido - como presidente da Herbitécnica, em Londrina, José Joffily, 73 anos, consegue manter uma incrível dedicação à pesquisa histórica. Agora vai publicar um novo livro, a exemplo dos anteriores, destinado a provocar polêmicas e ter grande repercussão: "Harry Berger", a história das idéias e das lutas do famoso agente do Komintern, que esteve preso no Brasil durante quase dez anos (de 26.12.1935 a 05.05.1945).

Zezinho roteiriza Ulen e refaz seu primeiro filme

Enquanto seu pai embrenhava-se em arquivos, coleções de jornais e busca de depoimentos orais para escrever o livro resgatando a controvertida figura de Harry Berger, um dos mais importantes personagens da Intentona Comunista, em 1935 - José Joffily Filho - o Zezinho, um dos mais queridos cineastas da nova geração, passou os últimos meses na remontagem de seu primeiro longa-metragem, agora, finalmente, com título e edição definitiva - "Urubus E Papagaios", em condições de ser inscrito para o XV Festival de Cinema Brasileiro de Gramado.

As mulheres tiveram sua vez e hora

Se as mulheres peemedebistas tem se queixado da falta de uma representante no primeiro escalão do governo Álvaro Dias - e mesmo melhor aproveitamento das representantes do (outrora) sexo frágil em funções de destaque no segundo e terceiro escalão, ao menos na Secretaria da Cultura não há razões para reclamações. O secretário Renê Dotti prestigiou bastante as mulheres em sua pasta, reservando funções de destaque - e escolhendo pessoas competentes para os diferentes cargos. xxx

O guardião da memória do cemitério

Pesquisador incansável e organizado, o advogado Francisco Souto Neto já tem uma opção profissional para quando se aposentar do Banestado, onde é o braço direito na diretoria de Crédito Rural: a de continuar as pesquisas que o crítico e historiador de artes Clarival do Prado Valadares deixou incompletas devido à sua morte: o levantamento da arquitetura dos cemitérios brasileiros.

A melhor safra do cinema brasileiro vai a Gramado

Fernanda Torres em 1986 com "Eu Sei Que Vou Te Amar": melhor atriz em Cannes. A paraibana Marcelia Cartaxo, também em 1986, em Berlim: melhor atriz por "A Hora Da Estrela". Ana Beatriz Nogueira em Berlim, 1987, melhor atriz por "Vera". As atrizes brasileiras jovens estão em alta. Desconhecidas ontem, famosas hoje, internacionais amanhã. E não apenas por quinze minutos, como dizia há anos, com ironia, o recém-falecido Andy Warhol.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br