Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1987 - Junho)

Horowitz com o melhor dos autores clássicos

Depois de ter injetado na fonografia em 1986 a edição de preciosas edições de clássicos e jazz, em presseguimento, aliás, a uma política cultural - comercial que o faz um empresário diferencial, o paulista Henrique Sverner, da cadeia Breno Rossi, associado a CBS e, como sempre, com o assessoramento de um dos mais competentes record-men do mundo, o ítalo-brasileiro Mauricio Quadrio, acaba de proporcionar a chegada as lojas de uma nova e preciosa coleção para delícia de quem aprecia o melhor do melhor da música clássica, na interpretação de um dos maiores pianistas do mundo: Valdemir Horowitz.

Influência brasileira no jazz de David e Ritenour

Às vésperas de seu 53º aniversário - no próximo dia 26 de junho, Dave Grusin, americano de Denver, Colorado, é um dos compositores e pianistas mais jovens em sua extraordinária criatividade. Coincidentemente com o seu próximo aniversário, Grusin chega ao Brasil com um verdadeiro festival fonográfico, dentro do pacote que inaugurou a representação de sua etiqueta - a GRP (associado ao engenheiro de som e produtor Larry Rosen), que a CBS passou a aqui editar, numa injeção para o que há de melhor no jazz contemporâneo.

As voltas do parafuso na visão do comunismo

Quem viu as duas situações, não pode deixar de achar o fato, no mínimo, irônico - e mais uma prova das voltas que a história dá. Há exatamente 23 anos, no hall do auditório da Reitoria da Universidade Federal do Paraná, o então reitor Flávio Suplicy de Lacerda, em colaboração com as autoridades militares, fez uma "exposição de material subversivo", reunindo livros, revistas e outras publicações supostamente esquerdistas.

De Paris, Juarez-87, com a inspiração de Valery

Quando o arquiteto e marchand-de-tablaux Waldir Simões de Assis o procurou em seu atelier, em Paris, há três meses, para convidá-lo a expor em sua galeria, em Curitiba, Juarez Machado aceitou, mas impôs uma condição: que, paralelamente à sua mostra, ocorresse uma mini-retrospectiva de dois grandes amigos que com ele dividiram os anos dourados de sua juventude em Curitiba: João Osório Brzezinski e Fernando Calderari.

Vermelho quer Fercapo com dimensão cultural

Fazer do FERCAPO o grande evento cultural do interior do Paraná. Albino José Zanatta, paulista de Baraúna, 40 anos, há mais de 25 integrado a Cascavel - onde dirige uma grande empresa de cereais, não deixa por menos. Assumindo a presidência do Tuiuti E.C., que há 17 anos vem realizando o Festival intermunicipal de Música Popular, o "Vermelho" - como Albino é chamado por seus amigos - arregaçou as mangas e está disposto a fazer com que a 15º edição do Festival tenha um caráter inovador.

No campo de batalha

Em 1982, após anos no exílio - inicialmente em Londres, depois em países africanos - Taiguara voltou ao Brasil, gravando nos estúdios Sir, o seu elepê "Canções de Amor e Liberdade", editado - após muitas discussões - pela Continental. O primeiro show que faz em teatro, em seu retorno, foi no Guaíra, motivo pelo qual, agora que está retornando aos palcos, o autor de "Universo do Teu Corpo" faz questão de retornar a Curitiba. xxx

Pagador, 30 anos depois

Como o casal Aluísio e Luciana Querobim não enviou a tempo para o Instituto Nacional de Artes Cênicas os dados sobre a montagem feita há 12 anos pelo grupo de teatro amador da Escola Técnica do Paraná, da peça "O Pagador de Promessas", a mesma não consta de exposição que foi montada no Rio de Janeiro, relativa a todas as encenações deste texto de Dias Gomes.

"Scientia et Labor", a editora da Universidade

Como o nome difícil da Editora da Universidade Federal do Paraná foi considerado muito longo e burocrático, a mais nova unidade da septuagenária instituição adotou um nome bem mais prático: "Scientia et Labor - Editora da UFPR". E será com esta inscrição latina - ciência e trabalho - que os próximos lançamentos estarão saindo, alguns ainda este ano. xxx

No campo de batalha

Pena que a Rádio Estadual do Paraná não saiba aproveitar os bons programas que a rádio MEC oferece. Por exemplo, "Marlene Total", produzido pela Funteve através da Rádio Ministério da Educação e Cultura, do Rio, foi classificado entre os finalistas do VI Festival Internacional de Rádio de Nova Iorque, uma das mais importantes mostras do gênero em todo o mundo. xxx Apresentado por Marlene, que além de entrevistas conta histórias e também canta, o programa faz um passeio pelas raízes no Carnaval brasileiro, do entudo, no começo do século, ao pagode atual.

Rosa, Estrelas e o terrir nas estréias

Algumas estréias importantes quebram, afinal, a mesmice cinematográfica das últimas semanas - além de um oportuno festival de filmes brasileiros inspirados em peças do teatro nacional. De longe, a melhor estréia é "O Nome da Rosa" (Palace Itália/Itália), de Jean Jacques Annaud - que pode desagradar aos que leram o livro (190 mil exemplares vendidos no Brasil, editora Nova Fronteira) e pretendiam uma enfadonha transcrição. Entretanto, como cinema, este filme inspirado no best-seller do semiólogo italiano Umberto Eco é obra vigorosa e merecedora da maior atenção.

Bituca e as veredas do encontro mundial

O mix com "Homo Sapiens" e "Feito Nós", é apenas um projeto especial para Milton e o RPM. Agora, cada um estará trabalhando em discos solos. O de Milton começa a ser gravado em julho e terá uma produção internacional para o seu lançamento mundial - em busca de um mercado que há quase 20 anos procura - tanto é que, em 1968 já gravara nos EUA, o álbum "Courage" (A&M).

Pauta musical

Participará do VII Festival de Música de Londrina o Quinteto de Sopros Pró-Arte, da Universidade Católica do Chile. O grupo, um dos mais importantes no gênero na América Latina, virá sob o patrocínio do Ministério de Relações Exteriores do Chile e será responsável pelos cursos de flauta, oboé, clarineta, fagote e trompa.

Um pianista no Solar

Às 21 horas de hoje a única apresentação que o pianista uruguaio Miguel Lecueder fará em Curitiba, O local é a Sala Scabi, no Solar do Barão - Rua Carlos Cavalcanti, 533. O problema é o seguinte: Partita nº 2 em dó Menor e Sonata op 110 de L.V. Beethoven, Balada nº 1, em sol menor de Choppin, Suíte Iberia de Albeniz, Etude Tableaux op 39, nº 1 de Rachmaninoff.

Taiguara, enfim, de volta

Ele está voltando aos poucos, depois de 13 anos distante dos palcos e do seu público, buscando novamente o seu lugar na música brasileira. O primeiro sinal de que Taiguara estava chegando foi dado nos dias 2, 3 e 4 de outubro passado, no Palácio das Convenções do Anhembi. Apenas três apresentações, com pouco alarde, mas o suficiente para que o espaço fosse tomado por velhos e novos amigos.

Autógrafos

O poeta Vilson Boff estará neste domingo autografando Verso Cativo.

Balcão-de-ofertas

Antecipando a chegada do filme - direção do australiano Peter Weir ("A Testemunha") e com Harrison Ford "Caçadores da Arca Perdida", a José Olympio lança o romance que inspirou esta superprodução: "A Costa do Mosquito", de Paul Theroux, 46 anos, (494 páginas, Cz$ 312,00). O livro narra a história de uma família americana que foge da civilização e embrenha-se nas selvas hondurenhas em busca de paz e autosuficiência. Mas as coisas não são tão simples como parecem. xxx

Artigo em 12.06.1987

Jorge Luis Amorim está com sua individual de gravuras - técnica em serigrafia - na Casa Gilda Belczak (Solar do Barão). Geometria: sua característica e identificação. xxx O Museu de Arte Contemporânea, que até 8 de julho exibe uma retrospectiva de Juarez Machado, Helena Wong, João Osório Brzezinski e Fernando Calderari (exposição importante para se ter uma idéia dos anos 60 nas artes plásticas do Paraná), está expondo em destaque o quadro Verão I, de Franco Giglio, como a obra do mês. O MAC abre de segunda a sábado das 9h30 às 18h30 e aos domingos das 12 às 18 horas. xxx

RPM & Milton, um encontro musical

O projeto foi tão inusitado como atraente em termos de marketing que a CBS não deixou por menos: para o lançamento oficial do mix em que se encontram o grupo de rock de maior sucesso do Brasil - o RPM (mais de 3 milhões de cópias vendidas de seus dois elepês) e um dos monstros sagrados da moderna MPB - Milton Nascimento, teria que haver mesmo um evento especial.

Um filme é um filme. Um livro é um livro

O próprio Umberto Eco declarou: "Um livro e um filme são objetos diferentes, de autores diferentes, e é bom que cada um deles tenha sua própria vida". Portanto, estupidez dos "intelectualizados" leitores de "O Nome da Rosa" em querer minimizar o filme de Jean-Jacques Annaud ("Preto e Branco em Cores", "A Guerra do Fogo" e o inédito no Brasil, "Oup do Tète") com comparações, "é apenas um filme policial na Idade Média" ou "o livro é melhor".

À margem

A Biblioteca Pública do Paraná nunca recebeu tanta gente como está acontecendo agora: afinal, ali se encontram 3.200 novos livros da promoção cultural "Ler Faz a Cabeça" do Instituto Goethe. As obras não estão à venda, mas podem ser encomendadas . O público não só vai atraído pelos títulos, como também para as sessões de vídeos (no hall da biblioteca) e para as exposições na Sala Miguel Bakun. O local virou um significativo ponto de encontro.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br