Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1987 - Agosto)

Só inéditos em Fortaleza

A substituição do caráter competitivo por um "festival de seleção", fará com que a segunda edição do Festival de Fortaleza, a partir de amanhã, ganhe uma especial atração: os sete filmes de longa-metragem são inéditos comercialmente, e apenas um, "Anjos da Noite", do paulista Wilson de Barros, foi visto em Gramado, em abril último, quando obteve várias premiações.

No campo de batalha

Em Fortaleza, só os curta-metragens estarão em competição, com premiações. Assim, no Cine São Luiz, antes dos longas, dois curta-metragens a cada noite. Em 35mm, concorrem "S.O.S.

Demônios entre evangélicos

O jornalista Délcio Monteiro de Lima é um daqueles profissionais que gosta de mexer com temas incômodos. Correspondente da revista "Visão", em Minas Gerais, atuante em vários setores profissionais, vem construindo uma obra no mínimo polêmica. Há 11 anos, fazia um estudo pioneiro dos costumes sexuais brasileiros com base em pesquisa feita no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador e Brasília, e publicava uma espécie de Relatório Kinsey caboclo: "Comportamento Sexual do Brasileiro".

Camaleão David em seu novo LP

Antecipando ao novo elepê de David Bowie, a EMI/Odeon lançou o extend dance mix com "Day in, Day out", que já está sendo um dos mais executados nas FMs. Para muitos de seus fãs - e eles são milhões em todo o mundo - pode parecer um disco menor, "sem aquelas surpresas performáticas que o camaleão sempre guardou para cada novo produto", como salientou o especialista Alberto Vilas, acrescentando: "Bowie é assim mesmo, quando a gente espera purpurina ele vem com a cara lavada. Quando a gente quer sobriedade, ele vem com plumas e paetês".

Volta Fleetwood e chegam o Club Nouveau e Jonathan

Um retorno - o Fleetwood Mac - e duas novidades - Club Nouveau e Jonathan Richman - entre os lançamentos da WEA. O Fleetwood Mac está vivo e vigoroso, doze anos após suas estréia, dez anos após "Rumores" e cinco depois de "Mirage", seu último elepê de estúdio. Agora, Lindsey Buckingham, Mick Fleetwood, Christine McVie, John McVie e Stevie Nicks retornam com "Tango in the Night".

As grandes marchas em ritmo sinfônico

John Philip Souza (Washington, D.C., 06/11/1854-Pennsylvania, 06/03/1932) passou para a história como sinônimo de compositor das grandes marchas militares americanas. Violinista e regente, e a partir de 1880, como regente da U. S. Marine Band, desenvolveria um trabalho de compositor que resultaria nos clássicos "Semper Fidelis" (1888), "The Washington Post March" (1889), "The Liberty Bell" (1893) e, especialmente, "Stars and Stripes Forever" (1897), hino na marinha americana.

Berenice, a defesa dos curtas

A presença das cineastas Berenice Mendes e Lu Ranulfo no II Festival de Fortaleza do Cinema Brasileiro (2 a 9 de agosto) não se restringirá a inclusão do documentário "A Classe Roceira" na mostra de filmes em 16mm - um dos eventos paralelos desta promoção que pela segunda vez, movimenta o Nordeste. Berenice e Lu, como ativíssimas profissionais do cinema no Paraná, estarão também levando suas propostas, sugestões e críticas no Fórum sobre o Processo de Descentralização da Produção Cultural.

Afinal, a percussão ganhou seu destaque

Graças ao dinamismo de Maria Amélia, nova presidente, a Pró-Música, reiniciou suas atividades em julho com o pé-direito em termos de bons espetáculos: o concerto "Carmina Burano", para dois pianos, da obra de Carl Orff, com a participação do Grupo de Percussão do Instituto de Artes do Planalto, formado por 6 percussionistas e do Coral da Cidade de São Paulo - sob a regência de John Boudler.

Marcelo mergulha para conhecer pai de Alice

Quando decidiu partir para a encenação da peça "Do Outro Lado da Paixão" (Teatro do SESI, até o dia 9 de agosto, 21 horas), o encenador-autor Marcelo Marchioro, 36 anos, falou clara e francamente aos que decidiram participar do projeto: um espetáculo não convencional, difícil e com risco de desagradar o público que busca, tradicionalmente, o teatro como simples entretenimento. Todos toparam.

Uma equipe jovem para tirar poeira do palco

Não se deve fazer comparações, mas a proposta que Marcelo Marchioro desenvolve neste "Do Outro Lado da Paixão", com base nas primeiras informações - e antes mesmo de assistir ao espetáculo (que estreou sexta-feira), lembra aquilo que Antunes Filho tem feito em São Paulo: trabalhar exaustivamente sobre um tema, em torno do qual há uma recriação pessoal. Assim foi feito com "Macunaíma", do texto de Mário de Andrade, Nelson Rodrigues e, mais recentemente, "A Hora e a Vez de Augusto Matraga", de Guimarães Rosa.

Hermínio, a permanente defesa de nossa cultura

Para deslanchar uma semana extremamente musical, a partir do dia 10, que incluirá shows de Ivan Lins, Luiz Melodia, Mae East, e finalmente, Paulinho da Viola, nada melhor do que a presença de uma das pessoas que mais tem trabalhado em favor da MPB: Hermínio Bello de Carvalho.

No campo de batalha

O SESC da Esquina continua, generosamente, abrindo seus espaços para novos artistas. Agora 26 pessoas, de diferentes estilos, formações e, naturalmente, talento, estarão mostrando seus trabalhos à partir do dia 6. É o chamado Grupo ArtEsquina, com 21 mulheres e 5 homens. Há nada menos que cinco Marias no Grupo: Maria Clara Teixeira de Freitas, Maria de Lourdes Czellumskia, Maria Leonir dos Anjos, Maria Tereza Costa e Ana Maria Comodo. xxx

Samaroni, o técnico no lugar do campeão

Por onde estarão os craques do futebol que fizeram vibrar torcidas neste país do futebol? A idéia poderia resultar numa publicação tipo "Whatever Became Of...?" - a exemplo do livro anual, que Richard Lamparski publica nos Estados Unidos, contando o que fazem hoje os ídolos do passado. A revista "Veja", há algum tempo vem editando a secção "Em Dia", mostrando não só o que estão fazendo agora as pessoas que, por uma razão ou outra foram notícias no passado, mas também acontecimentos e mesmo espaços físicos.

Matilde, uma mulher além do "sex symbol"

Quem imagina Matilde Mastrangi como um "sex symbol", desinibida e erótica, como sugere a imagem que transmite em fotos e mesmo na publicidade de "Uma Cama Entre Nós" (auditório da Reitoria, 6 a 9 de agosto, 21 horas) não conhece a outra Matilde. Ao menos é o que se preocupa em (de)monstrar seu atencioso "manager", Marco Possi, paulista, 35 anos, ex-produtor de pornochanchadas e há 4 anos dedicando-se em "full-time" a Matilde.

No campo de batalha

O advogado Reinaldo de Almeida César Sobrinho, paranaense de Ponta Grossa, 22 anos, formado em 1986 pela Universidade Federal do Paraná, é o mais jovem chefe de gabinete do Estado: substituiu ao seu colega Paulo Motta, 27 anos, que passa a ser um superassessor do secretário René Dotti. xxx

Não é fácil consolidar um festival de cinema

Os maiores e internacionais Festivais de Cinema são hoje os grandes show-rooms da indústria que um dia o russo Ilya Ehrenburgh definiu como "a usina dos sonhos". Engana-se quem pensa que os festivais são artísticos em sua concepção. Quanto maior torna-se um festival, maiores os interesses dos produtores de filmes nele exibidos. No Brasil, ainda não chegamos a esta era fria e implacável - e eventos como o de Gramado e Brasília, os mais famosos do cinema brasileiro, possuem ainda aquela estrutura artesanal. Em Gramado, especialmente, o festival é algo feito com amor pela comunidade.

O cinema brasileiro em Fortaleza

Fortaleza - O Brasil-87, nas imagens de filmes recém concluídos, alguns em primeiríssima projeção, estão nas telas do São Luiz, um dos últimos remanescentes da época de ouro do cinema em termos de projeção: uma sala de 1.500 lugares, revestimento de mármore, lustres de cristais, tela ampla. Iniciada as obras em 1947, foi inaugurada há 37 anos.

No campo de batalha

Os filmes de longa-metragem programados para o Festival de Fortaleza são tão novos que alguns estão saindo diretamente do laboratório. Na manhã de terça-feira, o diretor Pedro Jorge ainda não tinha a confirmação de que a cópia de "Sonho de Valsa", de Ana Carolina, estaria sonorizada a tempo para ser exibida na noite de sexta-feira. Se não chegar, será substituída por "A Cor do Destino", de Jorge Duran, grande premiado no Festival de Brasília no ano passado. xxx

No campo de batalha

Um dos documentários com maiores chances de levar mais uma premiação (já havia sido premiado em Gramado), é o "Rio de Memórias", que o cearense (radicado no Rio de Janeiro), José Ignácio Parente realizou com base exclusivamente em fotografias do Rio Antigo. Um trabalho belíssimo, com uma esplêndida trilha sonora. xxx

Em Fortaleza, filmes inéditos e de qualidade

Fortaleza, agosto - Com menos de Cz$ 3.000.000,00, o Ceará está realizando um festival exemplar do cinema brasileiro. Dois anos após a sua primeira edição (outubro/85), graças a um mutirão de esforços em que somaram a Universidade Federal, Secretaria da Cultura/Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura, Banco do Nordeste e Federação das Indústrias, tornou-se possível viabilizar um evento que, discreto e eficiente, conseguiu trazer à turística capital cearense aquilo que mais importante há para um festival: filmes inéditos e de qualidade.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br