Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1988)

Os dez melhores filmes exibidos em 1987

1. "Platoon", EUA, 1987, de Oliver Stone - exibido durante 12 semanas nos Cines Plaza (7) e Ritz (5) rendeu Cz$ 3.092.000,00 visto por 106.185 espectadores. 2. "Alliens, O Resgate", EUA, 1986, de James Cameron - exibido durante 7 semanas no Cine Plaza. Rendeu Cz$ 1.354.528,72 e foi visto por 71.547 espectadores. 3. "O Predador" (The Predator), EUA, 1977, de John McTierman - exibido durante 6 semanas no Cine Plaza - rendeu Cz$ 2.760.546,55 e foi visto por 65.734 espectadores.

"Round Midnight", um filme de amor ao jazz

Num ano jazzístico, em que o Free Jazz, das irmãs Dauelsberg, se consolidou totalmente e as gravadoras lançaram mais de cem excelentes álbuns, o cinema também teve seu momento de jazz: "Por Volta da Meia Noite" ("Round Midnight"), carinhosa homenagem que o francês Bertrand Tavernier fez aos grandes instrumentistas que, nos anos 40 e 60 se auto-exilaram na França, é, com toda razão, considerado o mais belo filme já feito sobre jazz.

"Platoon", o filme com maior público

Ao invés da pornografia, a guerra do Vietnã - devidamente avalizada com três Oscars-87 (melhor filme, direção e montagem): "Platoon", de Oliver Stone, em três meses de exibição foi visto por mais de cem mil pessoas e provou que o marketing da festa do Oscar ainda garante o sucesso do filme.

O nosso cinema vigoroso, atuante sempre presente entre os melhores

Os espectadores (e mesmo críticos e pesquisadores) mais xenófobos sonham com o dia em que a página dos Melhores do Cinema possa ser elaborada somente com filmes brasileiros. Afinal, apesar de todos os problemas que existem há 90 anos para quem tenta fazer cinema no Brasil, a nossa produção cresce em quantidade e qualidade.

O jazz vai muito bem, obrigado!

Progresso houve. Nestes últimos dez anos, a partir do I Jazz Festival São Paulo-Montreaux (Anhembi, São Paulo. 1978), sem dúvida que muitos álbuns de jazz foram editados. E embora o São Paulo-Montreaux não tenha passado de duas edições e a tentativa de fazer o Rio-Monterrey Festival, no Maracanãzinho, há 8 anos, tenha sido frustrada, a coisa engrenou a partir de 1985, quando as irmãs Monique e Sylvia Dauelsberg, da Dueto Promoções, acreditaram nas possibilidades de fazer o grande Free Jazz Festival.

Pela 22ª vez, os melhores filmes do ano

Pela 22ª vez, "O Estado do Paraná" publica uma retrospectiva cultural do ano através de levantamentos nas áreas de cinema, música, teatro, artes plásticas e vídeo. Desde 1965, quando da reformulação editorial e gráfica de "O Estado", promovida pelo editor Mussa José Assis, passamos a coordenar um referendum anual dos destaques na área cultural. Inicialmente apenas a listagem dos 10 melhores filmes e, a partir de 1968, também com páginas especiais para música popular.

"Radio Days" dá a Woody Allen o tri

"September", o novo filme de Woody Allen, teve sua estréia em Nova Iorque, em dezembro. Dia 11, sexta-feira, para ser exato, e também está sendo exibido em Los Angeles, concorrendo assim aos Oscars. Allen está em estúdio, trabalhando em novo filme - identificado apenas como "Allens Project-88".

Os dez melhores filmes exibidos em 1987

1. "A Era do Rádio" ("Radio Days"), EUA, 1987, de Woody Allen (141 pontos). 2. "Por Volta da Meia Noite" ("Round Midnight"), França-EUA, 1987, de Bertrand Tavernier (117 pontos). 3. "Veludo Azul" (Blue Velvet), EUA, 1987, de David Lynch (101 pontos). 4. "Coronel Redl", Hungria, 1986, de Istvan Szabo (91 pontos). 5. "O Selvagem da Motocicleta" (Rumble Fish), EUA, 1983, de Francis Coppola (85 pontos). 6. "Ginger e Fred" (Ginger e Fred), Itália, 1986, de Federico Fellini (74 pontos).

Mensagens de Paz & Otimismo

Embora os tempos bicudos se reflitam não só numa redução dos presentes de Natal, mas também nas mensagens de fim de ano, uma idéia que poderia ser encampada por alguma instituição seria a de reunir as mensagens mais originais que circulam em cada dezembro. Mesmo com toda a padronização de mensagens vendidas pela própria EBCT ou nos cartões que tem fins beneficentes - especialmente os da UNICEF e da Associação dos Pintores sem Mãos - há ainda quem procura, na simplicidade ou com sofisticação, personalizar seus cartões de Natal. xxx

No campo de batalha

Preços dos aluguéis atingindo a estratosfera. Para conseguir um apartamento de cobertura, à altura do cargo que ocupa, a nova consulesa da República Federal da Alemanha assinou contrato que dará ao (feliz) dono de um penthouse próximo ao Hospital Militar nada menos que Cz$ 150 mil mensais. Reajustados a cada 90 dias pelas oscilações da OTN. xxx

Afinal, as eleições diretas (na Escola de Belas Artes!)

Suzy Queiroz Lambach teve um ótimo reveillon. Na tarde de 29 de dezembro, ganhou 48 votos dos colegas da Escola de Música e Belas Artes do Paraná para encabeçar a lista tríplice da qual, finalmente, sairá a diretora da nova instituição que nasce da fusão da EMBAP e Faculdade de Educação Musical do Paraná. Os outros dois nomes da lista são também de mulheres, pianistas e professoras: Cloris Ferreira e Vânia Pimentel. Os professores dos cursos de artes plásticas recusaram-se a concorrer a direção.

No campo de batalha

Graças a generosidade da República Federal da Alemanha inúmeros jornalistas brasileiros - e muitos do Paraná - tem visitado aquela país nos últimos anos. Poucos, entretanto, tem escrito suas impressões a respeito do país. Eddy Antônio Franciosi, profissional da velha guarda, editor da revista "Indústria" - a ótima publicação da Federação das Indústrias do Estado do Paraná - esteve na Alemanha em outubro e como resultado preparou três grandes reportagens, dando sua visão profunda e inteligente daquele país. A primeira saiu na edição de dezembro da "Indústria". xxx

Airto internacional vem para temporada em abril

Ao embarcar já na manhã de sexta-feira, dia 1o, para o Rio de Janeiro - de onde seguiu, à noite, para Los Angeles, Airto Guimorvan Moreira estava feliz. Passou apenas cinco dias em Curitiba e praticamente não deixou a casa de sua mãe, dona Zelinda, na Planta Avenida, no Uberaba, como faz todos os fins de ano, quando vem rever sua família.

No campo de batalha

O exemplo dado pelas esposas dos ilustres senhores deputados que constituíram uma associação "de classe" tem reflexos no Interior: em outubro último, foi fundada a Associação das Esposas de Prefeitos do Vale do Ivaí, reunindo as primeiras damas de Apucarana, Bom Sucesso, Borrazópolis, Califórnia, Cambira, Faxinal, Grandes Rios, Ivaiporã, Jandaia do Sul, Jardim Alegre, Kaloré, Marilândia do Sul, Marumbi, São João do Ivaí, São Pedro do Ivaí e Lunardeli. xxx

VTI equipada para atender o mercado

Esforçado profissional, o jornalista Roberto Martinez, assessor de imprensa da Vídeo Interamericana Ltda., procurou, durante o IV FestRio, levar alguns jornalistas a São Cristovão, no Rio de Janeiro, para que conhecessem o grande Centro de Produção e Pós-Produção em Vídeo que os empresários Victor e Roberto Berbará ali estão instalando.

Videonotas

A CIC Vídeo botou pra quebrar neste final de ano, fazendo lançamentos dos mais interessantes. Começa com o musical "Natal Branco" (White Christimas, 1954, de Michael Curtiz) e prossegue com o desenho "Fievel, um Conto Americano", de Don Bluth; o clássico "Festim Diabólico" (The Rope), 1948, de Alfred Hitchcook (para muitos, o ponto alto de sua carreira) e inclui ainda dois sucessos de bilheteria: "Ases Indomáveis" (Top Gun), 1986, de Tony Scott e "Apocalypse Now", de Francis Ford Coppola. xxx

Leon urra em Curitiba para que se ouça a velha guarda

Hoje à tarde, na Divisão de Música Popular do Instituto Nacional de Música / Funarte, no Rio de Janeiro, Hermínio Bello de Carvalho, o incansável animador cultural reúne-se com Albino Pinheiro, presidente da Associação de Pesquisadores da Música Popular Brasileira e outras pessoas preocupadas com a memória de nossa música para estudar a realização de um quinto encontro. Uma proposta viável é que o mesmo possa acontecer em Curitiba, onde houve o primeiro, há 13 anos (28 de fevereiro a 2 de março de 1975, Auditório Salvador de Ferrante).

Chico & Orlando no tempo das versões

A preocupação dos garimpeiros dos tesouros de nossa música popular ao se lançarem em reedições históricas é proporcionar a remixagem em elepês, com o mínimo de chiados, de gravações inéditas em elepê ou mesmo em disco.

Os 25 anos de Pita no palco

Emílio Pita, paranaense de Londrina, 44 anos, desde agosto de 1967 em Curitiba, só no final do ano se lembrou de uma efeméride pessoal: seus 25 anos de teatro. Afinal, foi em 29 de dezembro de 1962, no pioneiro Teatro Municipal em Bela Vista, fazendo o personagem "Chicó", de "O Auto da Compadecida", de Ariano Suassuna, numa montagem de Geraldo Moreira (a cujo idealismo muito se deve no teatro amador do Norte do Paraná) que começou sua carreira.

No campo de batalha

Passou sem a divulgação (e repercussão) merecida um moralizador decreto assinado pelo governador Álvaro Dias no penúltimo dia útil de 1987: agora só com prévia autorização do Governador é que poderão ser realizadas despesas referentes a aquisição de imóvel para uso administrativo; contratação ou renovação de contratos de locação de imóveis; contratação de novas obras, ampliação de bens imóveis; aquisição, locação ou arrendamento mercantil de equipamentos de repografia, terminais telefônicos e telex, etc. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br