Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1988 - Julho)

Filmes para melhorar rendas

Ufa! Os exibidores, parecem respirar aliviados: chegou julho trazendo os filmes para férias, promessas de gordíssimas bilheterias após uma temporada de salas vazias - não só por poucos programas atraentes em termos de qualidade, como, principalmente pelo clima polar que desanima mesmo os mais apaixonados cinéfilos a enfrentarem sessões geladas.

Mais um cult-movie é "queimado" no Bristol

Fany Lerner, mulher inteligente e elegante, que ao lado de seu marido, o arquiteto e ex-prefeito Jaime Lerner, não deixa que compromissos sociais (e políticos) a façam perder os melhores filmes, preferindo a tela ampla do que o vídeo, queixa-se da falta de opções inteligentes nas férias quando a programação é reduzida ao QI imposto ao público infantil. Fany tem toda razão de reclamar. E tem razão quem lamenta em Curitiba, cult-movies que no eixo Rio-São Paulo se mantém meses em cartaz, sejam destroçados em péssimos lançamentos.

Trapalhões & Xuxa contra o baixo astral das rendas

A explicação simplista seria de que o frio desanimaria reuniões formais.

No campo de batalha

Há 30 anos , Eloy Fay Natal Bonin, funcionário do Tribunal de Contas, em Curitiba, mas residindo em São José dos Pinhais, encorajou-se a fundar um jornal semanário na então prosáica cidade-dormitório. "A Tribuna de São José" resistiu as intempéries, sobrevivendo a perseguições políticas e hoje, aproximando-se dos 60 anos, Eloy tem o reconhecimento de muitos amigos para planos maiores na política - como a prefeitura daquele município.

O Super 8 ainda resiste no Festival de Gramado

Do "boom" superoitista que no início dos anos 70 surgia como uma nova e barata opção para alimentar os sonhos de cineastas deste nosso mundo ocidental, restou um aprendizado para os jovens mais talentosos que, pacientemente, nas tripinhas, da reduzida bitola, tiveram chance de desenvolver seus primeiros sonhos de criação cinematográfica.

No campo de batalha

Para ficar registrada: a reunião do júri da crítica presente ao Festival de Gramado, no sábado passado, durou quase duas horas e foi uma das mais polêmicas - justamente por causa do filme [do] paranaense Sérgio Bianchi. A proposta dos críticos Edmar Pereira e Rubens Ewald Filho, do "Jornal da Tarde", em considerar "Romance" como premiável - mesmo não tendo concorrido oficialmente (foi exibido numa sessão paralela, às 17h30 de quinta-feira) dividiu os críticos, pois 9 não haviam assistido.

First New York Jazz Festival, para matar de inveja a todos

Pelo menos três curitibanos ligados à comunidade cultural souberam aproveitar seus dólares e parte das férias de junho para assistir, mesmo que em parte, o maior evento realizado nos Estados Unidos este ano: The First New York International Festival Of Arts, aberto no dia 11 de junho com a première de "Drink To Me Only With Thine Eyes", coreografado por Mark Morris, com música de Charles Ives, pelo American Ballet Theatre - no Metropolitan Opera House - e que se encerrará na próxima segunda-feira, 11, com uma nova apresentação do tenor Plácido Domingo, no Central Park.

Boulez, no Brasil só em discos, ao vivo no NYIFA

Embora nos Estados Unidos, fazendo concertos em duo com a pianista Glacy Antunes, em várias cidades, o flautista e maestro Norton Morozowicz lamentou não chegar a Nova Iorque no dia 15 de junho. Com isto perdeu um dos pontos mais altos da programação musical do New York Kazz Festival: Pierre Boulez and the Ensemble Intercomporain de Paris.

Multiarte no Central Park

Quando o First New York Festival Of Arts foi aberto, há três semanas, não faltaram críticas - especialmente pela ausência de eventos ligados às artes plásticas-visuais. Mas a multiplicidade das performances nos outros campos é tão intensa - e a programação normal da Big Apple se mantém, com suas milhares de galerias, museus, academias, etc., que tais reclamações comprovam que, mesmo um evento da dimensão do que se realiza ali também encontra os que desejam apenas criticar.

Não é só água na boca; é no ouvido com jazz

Como tivemos a felicidade de, há 4 meses passados, darmos a primeira grande notícia, em detalhes, na imprensa nacional, da programação do New York International Festival Of Arts - e cuja leitura estimulou ao menos o casal Viaro e a Rose Giglio a programarem suas viagens a Big Apple - achamos justo, mesmo que sinteticamente, informar aos leitores que gostariam de ali ter comparecido, para assistir tantos eventos artísticos entre as várias áreas atingidas.

Dos brasileiros, Bach e sinfonias de Tchaikovsky

Maurício Quadrio, produtor de projetos especiais e a quem se deve o que de melhor se tem editado, na área erudita e jazz no Brasil, defende a tese de que sempre que é possível fazer um elepê de música clássica no Brasil deve se procurar registrar nossos autores.

O bom fruto de Elba

A maternidade fez (muito) bem para Elba Ramalho. Nasceu Luã e ela curte, corujamente, o rebento, filho do ator Maurício Mattar (que, por sinal, vem aí no filme "Johnny Love", cuja trilha sonora do ex-Mutante Sergio Dias a SBK Songs acaba de lançar). Luã ganhou direito de ter até o som de seu sorriso incluído na faixa em sua homenagem, parceria do pai com Geraldinho Azevedo - e aparecer na foto da contracapa, alimentando-se saudavelmente no seio materno.

Geléia Geral

Parece que, finalmente, alguns grupos pop estão entendendo que menos eletricidade e ruídos valorizam a harmonia, as letras, enfim o talento. Um exemplo disto está no trio formado por Nick Lair-Clower, Kate St.John e Gilbert Gabriel, da The Dream Academy que, em seu primeiro elepê editado no Brasil ("Remembrance Days", Reprise/WEA), traz canções suaves e agradáveis. Daquelas que não irritam e dão prazer. xxx

Julho dos festivais

Nem só de poderio artístico (leia-se dólares) se faz (em) festival (is) e se o First New York Festival International Of Arts, que entra agora em sua semana final (a propósito, hoje completamos o registro com texto inicialmente previsto para domingo), não podemos nos queixar dos eventos programados para este mês de julho por aqui.

Brasil (e Denise) ausentes das performances teatrais

Embora inclua entre seus hábitos uma viagem anual a Nova Iorque para, num tour-de-force, assistir a todos os espetáculos em cartaz - e, a partir de 1986, estendendo também a programação à Europa - o guapo Marcelo Marchioro, 36 anos, não pode preparar a tempo sua viagem para assistir a parte teatral do First Festival of Arts.

Afinal, maior criatividade com harmônicas de Curitiba

A harmônica de boca é um instrumento incompreendido. Que o diga Maurício Einhorn, 56 anos, "há 51 anos tentando levar a vida na gaita, mas sem gaita no bolso" diz, brincando - ele que é um dos maiores trocadilhistas do Brasil.

No campo de batalha

Produtora de espetáculos com a maior experiência, responsável pelo (pouco) de bom que tem sido nos palcos da cidade nesta magríssima temporada, Verinha Walflor está cuidando de dois eventos diametralmente opostos: o show do Legião Urbana (sábado, ginásio do Tarumã) e o concerto dos Meninos Cantores de Viena (auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, dia 11). Embora dirigidos a públicos diversos e bem definidos, Verinha está preocupada em não embolar a divulgação dos dois eventos - cada um com sua faixa de apreciadores.

Artigo em 07.07.1988

A Pole Vídeo tem feito os melhores lançamentos em termos de filmes de valor artístico, lançando obras como "Fanny e Alexandre", de Bergman, "A noite dos desesperados", de Sidney Pollack, "Carmem", de Saura; "O Casamento de Maria Braun", "Querelle" e "Lola", de Fassbinder; "Mephisto" e "Coronel Redl", do húngaro Istavan Szabo - ambos com Klaus Maria Brandauer (cogitado para interpretar "Wlado", que o mineiro João Batista de Andrade quer rodar ainda este ano).

Cinema para Leitura

"Video News" continua a liderar a área das publicações especializadas. Não só por ser a pioneira, mas por ter entre seus editores o mais experiente review da área, Rubens Ewald Filho, que no número 71, nas bancas, faz resenhas de quase 40 fitas seladas que estão sendo lançadas. Entre elas, "A Difícil Arte de Amar", "A Rosa Púrpura do Cairo", "Gremlins", "Apenas um Gigolô". Entre as reportagens, uma ampla cobertura de "Milagro Banfield Ward", de Robert Redford, com a brasileira Sonia Braga (também na capa da revista) e que logo deve chegar às telas brasileiras.

Literatura, contradições e a denúncia política nos médias

Dos seis médias metragens, 16mm, inscritos para o XVI Festival de Cinema Brasileiro de Gramado, dois acabaram não tendo suas cópias aprontadas a tempo, de forma que só serão vistos num próximo festival - Rio-Cine ou Brasília: "Bandeiras Verdes", de Murilo Santos e "Dinheiro Invisível", de Hilton Kauffman.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br