Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1989 - Janeiro)

A mensagem dos jovens que querem a Monarquia

Muito mais gente do que se imagina parece estar levando a sério a proposta que o deputado paulista Antônio Cunha Bueno conseguiu incluir na Constituição: no plebiscito, a ser realizado em 7 de Setembro de 1993, para que o povo venha a definir a forma de governo mais adequada ao país, ao lado da República presidencial e República parlamentar haverá a Monarquia Parlamentar.

Cunha Bueno, o deputado que quer a volta do Rei

No segundo semestre do ano passado, o deputado Antônio Henrique Cunha Bueno (São Paulo - PDS), 40 anos, publicou um volume intitulado "A Solução é o Rei" (Coordenação de Publicações/Câmara Federal, Brasília, 91 páginas), onde numa linguagem didática na base de perguntas e respostas, procura mostrar as vantagens do regime monárquico, citando principalmente o exemplo espanhol.

A briga pelo trono

Apesar da Juventude Monárquica do Brasil já estar em campanha pelo Príncipe D. Luiz de Orleans e Bragança, num (hipotético) caso da monarquia ser restabelecida no Brasil como sistema de governo, mesmo cabendo ao Congresso a escolha do rei - se for mantida a tradição do monarca pertencer a família imperial, haverá uma grande discussão em torno de nome do legítimo príncipe herdeiro ao trono brasileiro. Pela ordem natural das coisas do império, o príncipe herdeiro é D. Pedro Gastão de Orleans e Bragança, 75 anos, filho mais velho do primogênito da Princesa Izabel e que mora em Petrópolis.

Palcos iluminados para o talento de Marchioro

1988 terminou com um positivo saldo e 1989 inicia com grandes perspectivas profissionais para Marcelo Marchioro, hoje o paranaense que vem obtendo a melhor performance no difícil (e altamente competitivo) ranking dos diretores do teatro brasileiro. Nas últimas semanas, os mais importantes veículos da imprensa paulista publicaram críticas elogiando a ultima encenação de Marcelo, "O Olho Azul da Falecida" (Loot, 1967) de Joe Orton (em cartaz no Teatro Paiol, Rua Amaral Gurgel , 164, em São Paulo ), com Paulo Goulart e Bárbara Bruno, Haroldo Bolta e Chico Martins .

No campo de batalha

Se durante quase meio século foi imposta ao telespectador a condição de agente passivo no contexto da comunicação eletrônica, com o advento das novas tecnologias este quadro se reverteu : a TV a cabo, via satélite, videotexto e, especialmente, o videocassete, permitem a audiência não só um largo espectro de opções como a interação efetiva com o veículo, estabelecendo uma relação bidirecional.

Uma história a espera de um cronista: nossa noite

A simpática idéia do poeta e publicitário Paulo Leminski em entrevista para o "Almanaque" dominical, do qual agora é colaborador regular, dois proprietários de bares - o "Camarim" e o "Moby Dick", faz com que se volte a um projeto que há muito exige pesquisas de maior profundidade: um levantamento da história da boemia curitibana. Afinal, pouco a pouco estão desaparecendo os boêmios da Curitiba dos anos 30 a 50 e com eles se perdem histórias, dados e todos um folclore riquíssimo, sobre uma época em que a cidade era mais feliz.

No campo de batalha

Curitibanos que se auto-exilaram dos Estados Unidos estão na cidade, em férias, revendo familiares: Gabriele Rost, ex-campeã de esgrima, que há quase 10 anos reside nos EUA, hoje próspera corretora de imóveis, em San Francisco, chegou na primeira quinzena de dezembro. Quem está feliz é sua mãe, a taberneira Ingeborg Rust, dona do "Humel-Humel". xxx

Norton promove encontro de Norton com Piazzolla

Estava quase tudo acertado para a excursão que Norton Morozowicz faria neste início de ano ao Oriente. Apresentações previstas em Hong Kong - em duo com a pianista Glacy Pena Forte (de Goiânia) e também a regência da principal orquestra daquela cidade, além de possíveis apresentações em países vizinhos - talvez mesmo Japão e Tailândia. Concertos marcados, cachês acertados e a chance de abrir um novo mercado internacional - no qual até hoje poucos músicos eruditos brasileiros apresentaram-se. Entretanto, Norton foi obrigado a adiar para 1999 esta sua conquista artística do Oriente.

Babette, a que ganhou o Oscar, está chegando

Mesmo antes de chegar a nossas telas, "A Festa de Babette" - Oscar de melhor filme estrangeiro - 1988 - já entrou na lista dos melhores filmes do ano, pois no grande referendum que "O Estado do Paraná" promove pelo 23º ano consecutivo, esta produção dinamarquesa, direção de Gabriel Axel, baseado num conto da escritora Isaak Denissen (mesma autora biografada em de "Out of Africa/Entre Dois Amores" - de Sidney Polack), foi tão citada na relação dos críticos do Rio-São Paulo, que se classificou entre os melhores.

Grande gênio do Bandoneon

É possível que Astor Piazzolla apresente-se no Teatro Guaíra ainda no primeiro semestre. Em duas vezes, dentro de duas excursões ao Brasil, o maior nome do bandoneon incluiu a nossa cidade em seu roteiro. E todas as vezes em que passou pelo nosso país, Piazzolla tem merecido os maiores aplausos, pois o tempo só faz com que a sua arte musical cresça.

Videonotas

David Bowie é hoje um nome consagrado tanto como cantor-compositor do universo pop e ator de interpretações seguras. Entretanto, ninguém conhecia uma de suas primeiras experiências do cinema, o musical "Ziggy Stardust and the Spiders From Mars", que D.A. Pannebaker dirigiu há mais de 10 anos. Documentando um show no Hammersmith Odeon, em Londres, feito por Ziggy Stardust e as Aranhas de Marte, este filme show trouxe uma seleção musical que varia de Jacques Breal, Mike Jagger e Keith Richards.

Subway, o cult movie polêmico

"Subway" é daqueles filmes que dividem radicalmente as opiniões. Para Edmar Pereira, crítico do "Jornal da Tarde", considerado a "língua mais rápida (e ferina) do jornalismo cinematográfico no Brasil", este longa de Luc Bresson, pode ser classificado como um dos piores filmes da história do cinema. Entretanto, para milhares de jovens, a estranha história de Fred (Christopher Lambert), um anjo louro, que no interior azul-neon do metrô parisiense, corre a procura de não se sabe o quê, é um cult-movie.

Para entender mais esta "buona gente"

Duas professoras da Universidade Federal do Paraná, Altiva Pilatti Balhana e Beatriz Pellizetti (já aposentada e residindo no Rio de Janeiro), estão entre as autoras de "A Presença Italiana no Brasil" (Escolla Superior de Teologia/Fondazionne Giovanni Agnelli, Porto Alegre, 536 páginas) que se incorpora a uma básica bibliografia sobre estudos da colonização e influências do povo italiano em nosso país.

No campo de batalha

Nasce uma estrela do tênis brasileiro: a curitibana Antonella Macedo, l4 anos, que vem colecionando premiações nacionais, internacionaliza-se. Participando do Orange Bowl, em Miami, foi a 5ª classificada - e a campeã de duplas (com Silmara Passos, de São Paulo). Em Nova Iorque, no campeonato de Port Washington, ficou em 9º lugar. Considerando sua idade - e a dedicação ao tênis tem tudo para chegar a campeã mundial em sua modalidade. xxx

"A cor púrpura" da emoção de Spielberg

Steven Spielberg decidiu levar à tela o romance "A Cor Púrpura", de Alice Walker - ganhadora do Prêmio Pulitzer - porque desejava provar que não sabia fazer apenas filmes "para crianças" - leves e digestivos. Assim, com toda a competência, fez um dos mais belos filmes desta década, que começa numa pequena cidade da Georgia, em 1906, quando a jovem Celie, ela mesmo pouco mais que uma criança, dá a luz a duas crianças, geradas pelo homem que ela chama de Pa - o qual afasta dela os recém-nascidos, e não lhe dirá mais nada sobre os seus destinos.

"A encruzilhada", um reencontro do blues

Numa das primeiras sequências de "A Encruzilhada" (Cine Ritz, desde ontem), quando o jovem Eugene Martone (Ralph Macchio) vai conseguir [?] o velho blueman Willie Brown (Joe Seneca) no modesto quarto em que ele se encontra, a imagem pode parecer conhecida de quem se liga aos blues: sentado numa cadeira, ao lado de um primitivo gravador que faz registro musical. A mesma imagem, em forma de desenho, está na capa do único lp do lendário blueman Robert Johnson que a CBS lançou no Brasil há três anos em sua Collector's Serie Jazz.

Em livros, o som da melhor música

Não há motivos para queixas! Pouco a pouco a bibliografia de nossa música vai se ampliando com lançamentos que vão desde contribuições modestas até projetos ambiciosos e caros como os patrocinados pela Construtora Carioca (livro e disco sobre Vinícius de Moraes) e o Banco Chase Manhattan ("Brasil Musical - Viagem pelos Sons e Ritmos Populares"), que merecerão futuros (e detalhados) registros.

No campo de batalha

Mulher ativíssima, atuando em várias áreas - assessoria de congressos, restaurantes, galeria de arte, além de também cometer seus trabalhos em artes plásticas, a sensual Ceres Cristina da Fonseca está ao lado dos empresários Henrique Lenz César Filho (Hotel Lancaster), Jonel Chede (Hotel Universo), José Carlos Gomes Carvalho (ex-secretário da Indústria e Comércio) e Jayme Canet Júnior (grupo hoteleiro Deville) como a única acionista (com 430 quotas) do Centro de Convenções de Curitiba.

O exemplo do festival feito com competência

A Secretaria da Cultura está procurando, desesperadamente, alguns mecenas que tornem possível a continuidade do Festival de Música de Londrina para evitar que, às vésperas do evento, repita-se o que tem acontecido em anos anteriores: falta de recursos, improvisações e muitas divergências. No próximo dia 15, inicia no Solar do Barão um curso de verão de música, que de proporções modestas vem tentando crescer - embora limitado em suas dificuldades financeiras.

No campo de batalha

O secretário René Dotti, da Cultura, até no último sábado ainda não tinha uma decisão sobre quem vai colocar no cargo de diretora de arte e programação da fundação Teatro Guaíra, vago desde que Lúcia Camargo, foi nomeada pelo prefeito Jaime Lerner para a Secretaria Municipal de Cultura/Fucucu. xxx Um dos candidatos mais fortes é o simpático advogado Paulo Roberto Ferreira Motta, que ontem à noite foi um dos 12 diplomados no curso de Artes Cênicas da FTG/ Pontifícia Universidade Católica. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br