Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1989 - Março)

Chacina de Carambeí a espera de nosso Capote

Se existisse no Brasil o interesse de uma grande editora financiar um jornalismo de investigação, pelo menos dois conhecidos profissionais de renome nacional já estariam há duas semanas no Paraná para mergulhar a fundo no crime mais violento ocorrido nos últimos anos: a chamada chacina de Carambeí, ocorrida na terça-feira de Carnaval, 7 de fevereiro, em Carambeí, na qual três pessoas foram assassinadas, enquanto quatro outras sobreviveram com gravíssimos ferimentos.

"A Sangue Frio", o romance sem ficção

Em novembro de 1959, o escritor Truman Capote trocou o sofisticado ambiente que sempre freqüentou na Nova York por ele glamurizada em contos, peças e artigos para, deixando o inverno que começava com uma sessão de muitos sociais eventos-artísticos, iniciar o projeto mais trabalhoso de sua vida: uma reportagem sobre o massacre de uma família de fazendeiros na pequena cidadezinha de Holcombe, situada nas altas planícies de trigo do Oeste do Rio Kansas, área desolada que os outros habitantes do Estado chamam de "lá longe".

Renato que foi Reinaldo deixa os ecos da saudade

"Depois que os anos vieram trazer a velhice, que os passos seguiram pelas noites caladas, vi-me frente a esta mesa, escrevendo coisas, fazendo notícias e dizendo que os homens mataram por ciúmes. Um drama brotou pela madrugada quente, e nas horas de trabalho a realidade converteu-se em manchete de letras azuis e termos comuns. Tudo é motivo, é furo de jornal que sempre acolhi na hora do destino nômade, seguido por aí, cansado das luzes e fraco em assunto para a crônica de segunda-feira." (Reinaldo Egas na coluna 'Ecos da Madrugada', Tribuna do Paraná, edição de 21-11-1957) xxx

Vale a locação - Um inédito com Ingrid Bergman. Feito em 73

Curiosamente, os últimos filmes estrelados pelas grandes damas do cinema - algumas já falecidas, outras octogenárias - só estão chegando ao público através de cópias em vídeo. Numa prova de como é curta a memória do público e desumanos os esquemas da distribuição, filmes que reúnem divas dos anos 30 a 50 são esquecidos nos circuitos normais. Assim aconteceu com "The Whales of August", rodado há dois anos pelo inglês Lindsay Anderson, com as veteraníssimas Bette Davis e Lilian Gish - que somadas ao ator Vincent Price, perfazem quase 300 anos.

"Bird" voa e chegam comédias e o terror

Lamentavelmente "Bird", de Clint Eastwood, a profunda biografia do saxofonista Charlie Parker (1920-1955), não resistiu a mais do que 7 dias em exibição no Bristol. Teve a mesma sorte (?) que "O Amor Não Tem Sexo", do inglês Stephen Frears, cinebiografia do dramaturgo Joe Orton (1937-1967), que também ficou apenas uma semana em cartaz. Pelo visto, o público não está sabendo prestigiar filmes importantes, de idéias e que mereceriam permanecer de duas a três semanas em exibição. E ainda os que apontam Curitiba como exemplo de cidade de público culto e civilizado...

No campo de batalha

Inri Cristo, o místico criador da Soust - Templo e Sede Provisória do Reino de Deus, decidiu acertar suas pontarias também sobre a questão paraguaia. De sua "sede universal" (Rua Danilo Pedro Schreiner, 29, Alto Boqueirão), está distribuindo uma "carta aberta ao povo brasileiro", protestando contra o asilo político do ex-presidente Stroessner - especialmente sua vinda para Guaratuba. xxx

O caso de Brasílio

Do sr. Erickson Diotalevi, diretor geral da Secretaria da Administração, recebemos a carta abaixo, contendo esclarecimentos sobre o fato do professor Brasílio Starepravo, deficiente visual, um dos primeiros professores cegos do Paraná, ter sido incluído entre os mestres ameaçados de demissão do serviço público devido a abandono de cargo. xxx

Elsie, a pintura com os espíritos

Entre outras adjetivações que caberiam num perfil da sra. Elsie Dubugras estaria esta curiosidade: nos anos 20, foi uma das três primeiras mulheres a exercer uma função importante - a de secretária executiva - junto a um grande grupo empresarial paulista. Claro que, na época, mesmo com toda a transformação que já se prenunciava na sociedade paulista, a admissão de uma mulher para uma função importante numa empresa tradicional causava sempre polêmicas. Ainda mais se jovem, bonita e... inglesa.

Arte sem modismos de Bracher vem ao museu

Quando um evento cultural tem gente competente e, sobretudo, bons recursos à disposição, o projeto flui normalmente. É o que acontece com a primeira grande exposição que vai movimentar um pouco o Museu de Arte Contemporânea, Carlos Bracher (inauguração no dia 8, 20 horas), com o nome de "Pintura Sempre", reunindo trabalhos no período entre 1961/1988 do artista plástico mineiro. xxx

Os bons filmes que voam na programação

São curiosos os caminhos da programação cinematográfica. Enquanto uma comédia limitada, com um tema ingênuo e que se apropria, no máximo, para lançamento em dezembro, às vésperas de Natal, como "Os fantasmas contra-atacam" - idiota título que "Scrooged", o famoso conto de Charles Dickens, recebeu numa adaptação modernosa, ganhou três semanas de exibição no cine Lido 1 (só quinta-feira ali foi substituído por "U2 - Rattle and Hum"), no Astor, nas últimas três semanas, foram queimados três dos filmes mais interessantes do ano.

No campo de batalha

Tem toda razão o colega César Setti em abrir cada vez mais espaços ao nativismo em sua página dominical no O Estado. Aquilo que, há 6 ou 7 anos era uma exclusividade gaúcha, se impôs rapidamente no Paraná e hoje multiplicam-se os eventos nativistas - a exemplo do que há 20 anos vem acontecendo no Rio Grande do Sul. xxx

O mistério do centro do Paraná na terra carioca

Na próxima reunião do Conselho do Patrimônio Histórico-Artístico do Paraná, o professor Oldemar Blasi, 69 anos, desde 1954 integrante daquele colegiado e seu atual vice-presidente, vai devolver, sem parecer, um processo que lhe foi entregue há alguns meses. Se não fosse uma pessoa educada e cordial, o respeitado antropólogo e ex-diretor do Museu Paranaense poderia até fazer um despacho irônico, escrevendo que "não se sente em condições de emitir o julgamento porque em sua formação não está a de detetive da Scotland Yard, CIA ou mesmo Polícia Federal".

No campo de batalha

A revista Gráfica ganha nova estrutura legal, conforme registro feito em cartório. Creso Luiz de Moraes, 39 anos, dono da Enfoque, passa a ser oficialmente o redator-chefe da mais sofisticada publicação das artes gráficas do continente. Evidentemente, que a publicação continua a ser de seu idealizador e editor de arte, Miran (Osvaldo Walter Miranda, 41 anos, residente à Rua Jesuíno Lopes, 390), sócio do publicitário Carlos Alberto Ferreira da Costa, na Casa de Idéias - Editora de Vídeo e Gráfica (Rua Dom Alberto Gonçalves, 47), que é, legalmente a editora da publicação.

Alegria musical: Paulinho da Viola voltou a gravar

Rejubilai-vos, irmãos! Soltai fogos que tragam cores às noites brasileiras. Entoai cantos de alegria e gratidão! Paulinho da Viola faz, de novo, se ouvir nos corações e mentes.

A percussão criativa

Pouco a pouco os percussionistas vão obtendo seu espaço. Há 25 anos, os executantes destes instrumentos que produzem o som mais enraizado da cultura musical brasileira eram obrigados a buscar os portões do Galeão para conseguirem uma carreira solo (Hirto Moreira, Naná Vasconcelos, Paulinho Costa, Dom Um Romão etc.), pois, aqui as chances eram mínimas. Criadores da voltagem do mineiro Djalma Corrêa são mais valorizados pelos superstars estrangeiros que por aqui passam do que pelas gravadoras, pois até hoje só fez um lp-solo, num projeto-testes da Polygram ("MPBC").

O melhor de "Turandot"

A faixa de "operários" - como eles próprios se autodenominam, ou seja os apaixonados pelo bel-canto, continua a crescer. Seja no requinte do vídeo e do laser, agrupando os fanáticos pela ópera que dispõem de maiores rendimentos (e em Curitiba há pelo menos dois atuantes grupos, um deles liderado por José Moura Falcão) ou, mais modestamente, os que ainda ficam nos elepês convencionais. Maurício Quadrio, que há 15 anos deslanchava a operação "Quem tem medo de música clássica?

Eldorado diversificado

Diversificando seu acervo, a Eldorado pretende conquistar este ano pelo menos 5% do mercado (até agora se contentava com pouco mais de um por cento) e assim os lançamentos vêm atingindo vários segmentos. Tanto é que paralelamente saíram álbuns desde o erudito - com o pianista Antônio Guedes Barbosa interpretando as sonatas nº 2 e 3 de Chopin - até o baiano Carlinhos Axé e sua banda Odara ("Pra Vadiar"), com execução assegurada na Bahia, cada vez mais identificada ao reggae.

Tina ao vivo

O público de Tina Turner aumenta cada vez mais. Depois da excursão feita ao Brasil - e ter gravado até um comercial - esta crioula sensual passou a atrair uma faixa bem mais ampla que se identifica ao seu estilo vibrante. Tina é um show especialmente ao vivo - embora os discos tragam um pouco de sua energia.

Uma saga de amizade estradeira

A primeira - e maior - validade de "Jorge, um brasileiro" (cines Palace Itália e Condor, 5 sessões) é voltar-se a uma temática popular, de personagens simples, estabelecendo - ou buscando ao menos - aquele vínculo necessário, capaz de ampliar as platéias e que, infelizmente, raras vezes é alcançado.

A bela música que Túlio fez e Nascimento cantou

Mais do que defeitos, deve-se procurar ver as virtudes em "Jorge, Um Brasileiro", primeira produção nacional com lançamento em 1989 - ano que se afigura dramático para o nosso cinema (há apenas 11 longas em condições de entrarem no mercado, o que se refletirá na pobreza artística dos festivais), e que, coincidentemente, chegou em Curitiba ao mesmo tempo em que está em exibição (Ritz, 5 sessões), outro filme brasileiro voltado para nossas raízes, o atualíssimo "Fronteira das Almas", de Hermano Penna.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br