Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1989 - Julho)

Paraná, fora da festa cultural de Brasília

Apesar de tudo que se gasta e se fala em nome da cultura no Paraná, a presença nacional de nossos valores ainda é reduzida - o que dá razão a que se chore a morte prematura do poeta Paulo Leminski.

No campo de batalha

Comentário de um feroz brizolista na saída do auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, quarta-feira à noite: "O Teatro Negro de Praga" é igual o Collor de Melo: bonito, cheio de efeitos especiais mas vazio, sem continuidade". Resposta de um collorista, extasiado pelo espetáculo: "É. Mas o público aplaudiu e gostou. Será que um show-Brizolla conseguiria o mesmo efeito?" xxx

Templo das Musas renasce (mesmo sem ajuda oficial)

Não houve reinauguração oficial. Nem seria o caso. Afinal, foi com ajuda de um pequeno grupo de associados - e doações anônimas (que assim desejam permanecer) - que o Templo das Musas, no bucólico bairro da Vila Isabel, ressurgiu das cinzas.

Rozala, guardião do templo

Gravando um dos mais preciosos documentos para o projeto Memória Histórica do Paraná, o professor Rozala Garzuze não falou apenas do Instituto Neo-Pitagórico - que preside há 52 anos, e da personalidade ímpar, admirável e multifacetada de seu fundador Dario Vellozo.

Maria Creuza voltou (em grande forma)

Um esquema perfeito: uma cantora de belíssima voz, que dois anos ausente dos estúdios não impedem de ter um público fiel; um repertório montado com base em pesquisas junto aos lojistas de discos - que refletem a preferência dos compradores; um excelente produtor (Roberto Menescal, também responsável pelos arranjos e regências) e mais a promoção maciça que os produtos industrializados pela Som Livre/Sigla garantem. Resultado: "Da Cor do Pecado" deve subir entre os discos de maior vendagem neste início de semestre.

Acordeonistas com a música de junho Acordeonistas com a música de junho

Houve época em que junho identificava-se fonograficamente com a edição das chamadas músicas juninas - até o advento do LP, em pesados 78 rpm, depois em elepês com coloridas capas. Repertórios especiais e intérpretes populares faziam o som das festas juninas encantarem o público - depois da fase da música carnavalesca. Hoje, desapareceram os gêneros e música junina nem pensar!

Scheherazade & Pavarotti

Dois lançamentos para faixas mais exigentes de público - consumidores da música lírica e clássica: a Filarmônica de Israel sob regência de Zubin Mehta, em nova gravação da suíte sinfônica "Scheherazade", de Nicolai Rimsky Korsakov (1844-1908) e parte do recital que Luciano Pavarotti fez no Carnegie Hall, Nova Iorque, em 1º de novembro de 1987.

Miúcha e Francis num show que devolve a MPB ao Paiol

A responsabilidade sempre foi enorme. Irmã de um monstro sagrado da MPB - Chico, de família de intelectuais e músicos, mulher por muitos anos do "papa" (perdoem o lugar comum, mas não já jeito de evitá-lo) da Bossa Nova - João Gilberto, e mãe também de uma graciosa cantora - Bebel. Portanto, Miúcha é daquelas pessoas a quem, mais do qualquer outra, se cobra uma performance artística maior. Capaz de inibir mesmo a mais segura das pessoas.

Os belos sorrisos que Miuchinha sabe cantar

Por uma destas (boas) coincidências musicais, dois discos trazem as vozes das irmãs de Chico Buarque. Assim como CBH foi, antes de tudo, sempre, o compositor maior da resistência lírica-política nestes últimos 25 anos, suas irmãs nunca pretenderam a condição de vocalistas maiores. São moças que cantam bonito, afinadamente, dentro de uma linha de brasilidade, de raízes (Christina) ou, especialmente, num espaço maior, com fluídos da Bossa Nova pela própria convivência familiar com João Gilberto (Miúcha).

Cinema ecológico e a participação de Fred

Curitiba, que há um semestre está sendo explorada mercadologicamente como a "Capital Ecológica do Brasil", vai assistir a uma mostra do cinema ecológico. A promoção - ao contrário do que seria natural - não tem o aval do município, mas sim, vai acontecer graças ao patrocínio de suas multinacionais - a Texaco e a Lufthansa - que viabilizaram o I Festival de Cinema Cidade de Curitiba (25 a 30 de setembro).

No campo de batalha

A confusão nos aeroportos de Viracopos e Guarulhos, na chegada dos vôos internacionais no último fim de semana foi tamanha, que centenas de pessoas que retornavam da Europa e Estados Unidos tiveram mil aborrecimentos. Só dos passageiros que se dirigiam para o Paraná, houve nada menos que 50 malas extraviadas. Recuperadas, sem dúvida, mas somente muitas horas depois. xxx

No campo de batalha

Nos pioneiros tempos da televisão do Paraná em que os programas ao vivo eram transmitidos de uma kitchnette do 12º andar do Edifício Tijucas, uma cantora de formação lírica mas que agradava com música folclórica, tornava-se popular perante os poucos curitibanos que possuíam aparelhos de televisão: Rita Eliana. xxx

Um pacote com três clássicos

Três dos mais conhecidos piratas que operam com locadoras em Curitiba - um deles já com vários processos cabeludos e que mais dia, menos dia, acabará tendo sua empresa lacrada, nem vão adquirir os vídeos da MGM que a Vídeo Arte do Brasil lança na próxima semana. É que para evitar a pirataria e orientar o consumidor, esta empresa - que já detém os direitos da National Geography Magazine - criou mecanismos de proteção para suas fitas. Assim, tanto as da National como as da MGM/United Artists terão "flaps" (bordas) coloridos - amarelos e dourados, respectivamente.

"Otelo" não fica somente no palco

Independente dos resultados artísticos obtidos pela montagem de "Otelo" (estréia amanhã, Teatro São João, na Lapa; temporada no Auditório Salvador de Ferrante a partir do dia 21), houve uma salutar preocupação de Constantino Viaro, superintendente da Fundação Teatro Guaíra, idealizador e principal responsável pelo retorno do elenco oficial: cercar a montagem de promoções paralelas capazes de lhe dar um sentido didático.

Fábula de Sérgio sobre um elefante dorminhoco

Sérgio Ricardo poderia ser definido com muitas adjetivações. Compositor e cantor bossa-novista, cineasta, líder político na classe artística, ator de telenovelas nos tempos pioneiros do vídeo paulista, artista plástico, escritor, etc. Para o grande público a imagem lembrada é a do cantor irado, que no palco da TV Record, há 22 anos passados, quebrou o violão quando as vaias de um público idiotizado o impediram de concluir seu "Beto Bom de Bola".

João Joana, o ballet que o Guaíra não soube aproveitar

A última vez a Sérgio Ricardo esteve em Curitiba foi como um dos participantes da mesa redonda sobre a trilha sonora no cinema brasileiro, evento paralelo da mostra do Cinema Latino-Americano (2 a 10 de outubro de 1987). Aqui reencontrou um amigo de muitos anos, o professor Bechara, então assessor especial do governador Álvaro Dias, que se entusiasmou ao saber que Sérgio tinha pronto um ballet, com o libreto baseado no único cordel escrito por Carlos Drummond de Andrade, "Estória de João Joana", de setembro de 1966.

Memórias de Chaplin, "Cocktail" e Vietnã

Como é mês de férias e de poucas opções no circuito comercial, aproveite e leia livros ligados ao cinema. Como sempre, há lançamentos interessantes, ampliando a bibliografia especializada.

Reprises e continuações em semana sem novidades

Que ótimo! Uma semana para se colocar a leitura em dia, visitar amigos e mesmo curtir os filmes na televisão - inclusive aqueles vídeos que não se tinha tempo de ver antes. Afinal, nada de interessante nos cinemas em termos de lançamento - embora para quem ainda não tenha visto na semana passada, existam duas ou três opções noturnas. No mais, a programação é para as crianças. Época de férias. Reprises, filmes de censura livre, por que, afinal, nenhuma distribuidora vai queimar um título atraente nesta temporada de entre-safra.

Coral do UEL no Festival de Música

O Coral da Universidade Estadual de Londrina apresenta-se às 20h30 de hoje no Cine Ouro Verde, encerrando a Mostra Londrinense de Música, evento inicial do IV Festival de Música de Londrina. Amanhã, mesmo horário e local, haverá o esperado concerto da Orquestra de Câmara de Blumenau e o Madrigal Vocale, ambos com regência de Norton Morozowicz, diretor artístico do festival que ele ajudou a criar há dez anos.

Marco levou arte para nossas ruas

Como cresceu entre obras de arte, aprendendo a amar o belo, Marco Francesco Gianatti, 26 anos, filho da artista plástica Adalice Araújo, vem sabendo conciliar o lado artístico com o mundo empresarial. Há alguns anos abriu um restaurante que tinha a mais bela decoração em termos de trabalhos de artistas plásticos - graças ao acervo de sua mãe, professora da Universidade Federal e da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, crítica e pesquisadora, ex-diretora do Museu de Arte Contemporânea.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br