Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1990 - Fevereiro)

À beira do "mar doce", nasce uma cidade linear

Entre as propostas concretas que o plano Diretrizes de Desenvolvimento Regional traz para os 8 municípios lindeiros do lago de 1.300 quilômetros de Itaipu, sem dúvida que a idéia de se estimular o nascimento de uma verdadeira cidade linear, voltada basicamente ao lazer e ao turismo, ao longo de uma extensão de 50 dos 1.200 quilômetros de margens fronteiriças do lago, é a mais audaciosa - e mesmo polêmica, embora viável a médio e longo prazo.

No campo de batalha

Continua a exploração nos estacionamentos: Fon-Fon, na Rua Desembargador Westphalen, além de cobrar NCz$ 35,00 por hora, não está admitindo um mínimo sequer de atraso - e já lança mais uma hora para o infeliz que ali deixa o veiculo. Não oferece sequer a gentileza de um garagista para retirar o veículo e a ordem, segundo o gerente, emanada de um certo Sr. Dirceu, proprietário da arapuca, "é não dar colher de chá: cobrar o máximo possível". xxx

Dia 5, Indiana Jones chega agora em vídeo

Quem exibiu, faturou. Quem não exibiu, pode tirar o cavalinho da chuva: "Indiana Jones e a Última Cruzada" tem seu lançamento mundial em vídeo no dia 5 de fevereiro e dentro do marketing mundial que a CIC Vídeo programou para obter nesta nova faixa ao menos 70% dos lucros do que o filme já rendeu, no mesmo dia as primeiras cópias estarão chegando nas principais locadoras do Brasil.

Os problemas que o homem plantou na terra do Oeste

Um dos aspectos cuidadosamente estudados na elaboração das Diretrizes de desenvolvimento regional dos municípios lindeiros ao lago de Itaipu foi a realidade econômica. Com a experiência do economista Costa Carnieri e do agrônomo Ivan Zuateg, se levantaram parâmetros daquela região, suas perspectivas e também problemas que existem em termos de aproveitamento do solo - especialmente a partir dos anos 70, quando a agricultura passou por transformação radical.

Mathias, o jornalista que derrubou o Brasil

Quem diria! Howard Hughes (1905-1976), o lendário produtor cinematográfico, construtor de aviões, pousou no aeroporto do Bacacheri, há mais de 50 anos, para reabastecer o seu Lowheed com o qual bateu o recorde de volta ao mundo, até então, percorrendo o planeta em apenas 3 dias, 19 horas e 12 minutos. Na mesma época, por um pane no avião que os conduzia em direção a Buenos Aires, o ator Henry Fonda (1905-1982), o cantor Pedro Vargas e a cantora Bidu Sayão, passaram um noite no Grande Hotel Moderno.

Ótimos filmes em exibição

A programação continua a esquentar com lançamentos para diferentes faixas: os filmes-revelações de Cannes-89 estão chegando - "Sexo, mentiras e videotapes", de Steven Sondenberg, previsto para os próximos dias no Ritz (pré-estréia amanhã, 24 horas), enquanto "Faça a Coisa Certa", de Spike Lee, substituirá "Chuva Negra", de Ridley Scott - que apesar de seus méritos e marketing estreou com público abaixo do esperado: pouco mais de 5 mil espectadores na primeira semana (apesar disto continua no Condor).

As grandes mudanças que estão chegando

Ao se pensar numa série de projetos e/ou programas, em andamento ou em intenção, em relação à região de Itaipu - e mais especificamente em relação aos 8 municípios lindeiros ao lago - a equipe de consultores contratada pelo Instituto Iguaçu de Pesquisa e Preservação Ambiental, analisou, cuidadosamente, as intervenções que estão ocorrendo - ou a ocorrer até o final do milênio - numa imensa área.

De mulheres, poesia & romances

Mulheres & poesia, Gladys Gama França, 40 anos, entra na idade da razão com "Sedução", seu quinto livro. Fluminense de Campos, há 20 anos em Curitiba, esposa do psiquiatra Olimpio França, dois filhos, Gladys vem mantendo uma produção lírica - entre a poesia romântica e a reflexão do dia-a-dia. Em 1983, foi "É Necessário que Haja", ao qual se seguiram "De repente..." (84), "Apenas Uma Mulher" (85) e "Afeto Sem Retoques" (87). Como sempre faz em seus livros, Gladys busca palavras amigas de seus psiquiatras de plantão: o ex-padre Emir Calluf a apresentava em "Afeto Sem Retoques".

O velho olhos azuis está de volta!

Você já viu este filme. Ou leu esta manchete: Aos 73 (ou 75, há discussões a respeito) anos completados no último dia 12 de setembro, the old blue eyes está de volta. E tem mais: já se anuncia que na excursão mundial iniciada há meses e que até agora já passou pelas maiores metrópoles do mundo estará incluída, ainda neste trimestre, uma única apresentação no Maracanã, no Rio de Janeiro. Há uma razão sentimental para que The Voice deseje, pela primeira vez, voltar a pisar em solo brasileiro.

Essas jovens mulheres em sua criatividade musical

Revisando-se o ano com vistas a indicação dos destaques em discos e músicas, não deixa de impressionar a presença marcante de mulheres talentosas. Mais uma vez o óbvio ululante repete-se - embora, haja também uma significativa participação de compositoras e instrumentistas. Há algumas semanas já estamos falando de discos de mulheres e considerando ainda alguns recém-lançados, que ainda não tivemos tempo de registrar - como os de Beth Carvalho e Gal Costa, há de se convir que o saldo foi altamente positivo.

As perspectivas que se abrem para a economia

Dentro de algum tempo - difícil prever datas, na dinâmica com que as coisas podem modificarem-se e acontecerem - não está fora de cogitação uma etapa de transformação turística dos 8 municípios lindeiros de Itaipu como o chamariz de um novo litoral paranaense.

A Gráfica cada vez mais internacional

Não é sem razão que a cada número amplia-se o prestígio internacional de "Gráfica", a revista que mais do que o interesse aos homens de criação publicitária, amplia seu circuito de leitores e vem crescendo em sua circulação. A associação da Casa das Idéias, de Curitiba, inicialmente com o paulista Luís Carlos Burti - em cujo parque gráfico a publicação é produzida - e, posteriormente, a um grupo italiano, trouxe condições da revista ter uma regularidade e partir para vôos maiores.

Ahu, sai o presídio e a cidade ganha espaço

Agora é para valer! No decorrer desta semana, deverá ser assinado o convênio entre a Prefeitura e a Secretaria da Justiça, Trabalho e Bem Estar Social que vai transformar mais uma área da cidade: a transferência da prisão Provisória do Ahu e a ocupação da área por um conjunto de edificações, mas preservando a construção central - destinada a múltiplo centro de atividades culturais e comerciais.

Um plano para atender reivindicações gerais

O projeto para o desenvolvimento regional dos municípios lindeiros do lago de Itaipu nasceu da necessidade de disciplinar as dezenas de solicitações que, com toda razão, as comunidades atingidas pelo lago de 1.350 quilômetros quadrados vinham fazendo há anos a administração da Binacional. Tendo perdido áreas férteis, sete municípios lindeiros - Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Missal, Santa Helena, Santa Terezinha do Itaipu e São Miguel do Iguaçu (correspondente a três por cento da área do Paraná) passaram a fazer reivindicações diversas.

No início do século, a troca dos loucos pelos presidiários

A construção cinzenta no então distante Bairro do Ahu no alvorecer do século destinava-se a ser o Asilo para Alienados N. S. da Luz, iniciativa da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia que tinha como provedor o então arcebispo Dom Alberto José Gonçalves (Palmeiras, 20/7/1859 - Ribeirão Preto, SP - 6/5/1945). Só que o então presidente do Paraná, Francisco Xavier da Silva entendeu que o seu aproveitamento seria melhor para a prisão provisória - já que a criminalidade começava a encher a cadeia pública da cidade.

O Vagão do Armistício nos trilhos da memória

Das coincidências da vida: Isaac Lazarotto falecia exatamente há 18 anos, 7 de fevereiro de 1972. O velho rodoviário nascido aqui mesmo, em Curitiba, em 6 de setembro de 1984, será sempre lembrado pelo seu "Vagão do Armistício" e por ser o pai do artista plástico de maior expressão do Paraná - Poty - no registro civil, Napoleão Potyguara Lazarotto, curitibano do Capanema, nascido no mesmo dia do aniversário de Curitiba - 29 de março - há 66 anos.

Pesquisas e estudos nas margens do lago

Em maio de 1985, quando o ex-governador Ney Braga assumiu a presidência da Itaipu, haviam apenas duas máquinas instaladas (1.400.000 Kv) e supria menos de 5,0% da energia que era consumida nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Hoje Itaipu tem 15 máquinas funcionando, totalizando 10.500.000 Kv instaladas e suprindo sozinha 28% de todo o consumo das regiões Sul/Sudeste.

A rainha soja pode perder o seu trono

Com a experiência de 20 anos na área do planejamento econômico e urbanístico, os técnicos Alceu Carnieri, 42, e Alberto Paranhos, 41, ambos da turma de 1969 da Universidade Federal do Paraná, vivência em projetos internacionais como consultores do Banco Mundial em vários países (Colômbia, Honduras e, mais demoradamente, na Bolívia) preocuparam-se em fazer nas diretrizes para o desenvolvimento dos municípios lindeiros de Itaipu algumas observações que soam como verdadeiras advertências que merecem reflexões dos que têm o poder político-administrativo.

"Raoni" voltou com presença de Brando

Marlon Brando, 66 anos, volta em evidência: dentro de algumas semanas a CIC lança "Assassinato sob Custódia" (A Dry White Season), de Euzhan Palcy - um sério drama denunciando (mais uma vez) o appartheid na África do Sul, filme que encerrou o VI FestRio (Fortaleza, 2/12/89). Paralelamente no Auvicom 90, a feira de vídeo e som que se realiza nesta semana no Anhembi, em São Paulo, a Alvorada Vídeo tem como maior atração de seu pacote de lançamentos o documentário "Raoni", que é narrado por Marlon Brando.

O Consórcio para evitar que royalties iluminem "Fontes"

Apesar de toda sua dimensão, a Itaipu Binacional não pretende - nem seria sua função - ficar como gerenciadora ou promotora direta dos múltiplos aspectos desenvolvimentistas da região. Assim, embora tenha sido a empresa que modificou o panorama da região - e, agora, oferece com este primeiro grande projeto para o seu desenvolvimento - a filosofia chinesa de que ensinando a pescar, o homem terá alimentação para sempre - ao invés de se alimentar por um dia, quando ganha o peixe.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br