Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1990 - Maio)

Um homem, uma mulher e a amizade colorida

"O tempo, que fortalece as amizades, enfraquece o amor". (La Bruyère)

A trilha perfeita que revela um outro Harry

Bobby Shorter é hoje um pianista-cantor conhecido no Brasil. Privilégio até os anos 80 dos sofisticados piano-bares nova-iorquinos - o do hotel Alconguim - a música canção americana - Richard Rogers, Gershwin, Jerome Kern, Cole Porter e Irving Berlin - ganhou maior popularidade a partir do momento em que esteve no Brasil, no "150" do Maksoud Plaza Hotel. Popularidade que ampliou-se com sua participação numa seqüência especial de "Hannah e suas Irmãs", de Woody Allen.

Uma antologia dos desenhos que valeram Oscars a Disney

Direta ou indiretamente por seus méritos, Walt Disney (1901-1966) acumulou nada menos que 29 Oscars, obtidos especialmente por documentários, desenhos animados e categorias especiais - já que na área de produção de filmes de longa-metragem, com atores, de seus estúdios nunca saiu nenhuma obra prima - embora haja um acervo marcante de filmes tamanho-família.

Festival de Música Colonial em Minas

A música composta e ouvida no Brasil Colônia mantém-se sob um véu de desconhecimento. Pouco se sabe de suas principais escolas, mestres e os períodos por que passou, e em qual conjuntura social foi criada. Mas ignoram-se também os problemas e dificuldades por que passam aqueles que cuidam de sua preservação e divulgação. Para reverter este quadro será realizado em julho - de 8 a 19 - um festival em Juiz de Fora (MG) de Música Colonial Brasileira, com aulas, debates, filmes, concertos tendo sempre como tema este momento artístico brasileiro.

Scherner, quando o ensino era risonho e de muita competência

Ao contrário de muitos poetas, o professor Leopoldo Scherner não tem gavetas repletas de originais inéditos a espera de um editor. Seu processo de criação é lento, demoradamente pensado e, nestes últimos anos, tem sido bissexto, "especialmente devido a meus múltiplos encargos universitários". Aos 70 anos, completados no dia 22 de julho do ano passado, mas sentindo-se "como um jovem de 25 ou 30 anos", este mestre de tantas gerações está mais ocupado do que nunca.

No campo de batalha

Como faz regularmente, o arquiteto e marchand-de-tablaux Waldir Simões de Assis esteve em Paris visitando seu amigo Juarez Machado, que representa artisticamente no Brasil. Dia 29, Juarez encerrou sua participação na London Art Fair, em Londres, e em junho, de 5 a 9 estará expondo em Lisboa, na galeria Alfa-Mixta. xxx A luxuosa revista "Ventura", em sua edição trimestral (março/maio, nº 11) dedica 14 de suas 192 páginas coloridas a Juarez, em ampla (e naturalmente ilustradíssima) reportagem sobre "A Evolução de um Talento". xxx

Veja o filme de estréia de Sheppard como diretor

"Paris Texas", que há seis anos deu a Wim Wenders a Palma de Ouro em Cannes, não consagrou apenas o diretor alemão. Valeu também para que uma parcela de público passasse a se interessar pela obra de Sam Sheppard, co-roteirista daquele lírico filme sobre a solidão e o vazio existencial. Há seis anos, Sheppard já era, entretanto, um autor conhecido, tendo recebido o Pulitzer de Teatro com "Buried Child" - até hoje inéditos nos palcos brasileiros em montagem profissional.

Em cromo, cassete começou a herdar espaço erudito do lp

No Japão e Estados Unidos, os discos em vinil começam a se tornar raros. Poucas lojas os comercializam - e quando fazem, colocam em balcões de ofertas (ou raridades), já que o CD e o cassete digital ou mesmo o videodisco - sem falar no videotape - passaram a opção primeira de uma faixa cada vez mais sofisticada de público exigente.

Um pacote com o som melhor dos clássicos

No pacote de dez fitas-CDs, o lançamento mais interessante é a primeira gravação mundial do musical "Magdalena", que Heitor Villa-Lobos (1887-1959) compôs em Nova Iorque, entre janeiro a março de 1947, durante a segunda viagem do compositor aos EUA. Numa época em que o musical atingia os pináculos na Broadway - especialmente com os trabalhos da dupla Rodgers & Hammerstein ("Carmen Jones", "Carcussel", "Oklahoma"), Villa-Lobos aceitou o convite da Los Angeles Civic Light Opera Association, para produzir aquilo que denominou de uma "aventura musical". Sobre o libreto de H. Brenan e H.

"Magdalena", quando nosso Villa tentou ir à Broadway

Se "Magdalena" é uma peça inédita em gravações no Brasil - e esta se trata, que saibamos, do único registro mundial - os outros nove cassetes-CDs da série "Digital Masters", com os quais a CBS inicia um novo ciclo operacional no Brasil - eliminando o disco tradicional - trazem obras conhecidas de outros registros, mas apropriadamente destinadas a uma faixa de consumidores intermediária.

"Sammy e Rose", a única estréia

Com a inteligente decisão de Aleixo Zonari em manter, por mais uma semana, em exibição, o excelente "Harry e Sally - Feitos um para o Outro" (Cine Astor) e, mesmo não tendo encontrado uma boa bilheteria, a refilmagem de "O Boca de Ouro", continuar no Cine Plaza, praticamente há apenas um lançamento nesta semana: no Cine Ritz, "Sammie & Rose", produção inglesa, 1977, direção de Stephen Frears ("Minha Querida Lavanderia", "Ligações Perigosas"), que teve seu pré-lançamento, há três anos, no FestRio e que só agora está sendo lançado no circuitão.

Catálogo já oferece 1.600 boas ofertas

O catálogo da Microservice - Microfilmagem e Reproduções Técnicas (Rua Jacofer, 479, São Paulo) apontava, em meados de abril, exatamente 1.482 gravações CDs existentes para 18 etiquetas que operam no Brasil.

Em Curitiba, o clube para locação dos CDs

Quatro dias após a edição do Plano Collor, quando o susto era grande e recomendava a máxima prudência em qualquer negócio, três jovens tiveram a ousadia de instalar a primeira loja especializada em venda e locação de compact discs: a CD Club (Rua Comendador Araújo, 268 B, loja CA 36, Shopping Omar Center).

Leon entrou na era do CD reeditando até Celestino

Dando uma mostra de que não se assustou com o Plano Collor e embora tendo feito uma reestruturação em seus projetos para 1990, a "Revivendo" justifica o seu nome e continuará a ressuscitar o que há de melhor em nossa música popular. O produtor Leon Barg não só está lançando mais cinco álbuns com novas jóias de nosso cancioneiro como decidiu ampliar de dois para cinco o primeiro pacote de reedições em CD que fará no Brasil.

Uma hora feliz para o Nosso Som ir aos EUA

Embora só tenha até agora lançado em CD dois álbuns de seu mais famoso contratado - Hermeto Paschoal ("Só não Toca quem não Quer" e "Hermeto Solo por Diferentes Caminhos"), e o primeiro álbum de Adylson Godoy, a Som da Gente terá o melhor de seu catálogo de música instrumental, hoje já com mais de 50 títulos produzidos criteriosamente a partir de 1982, editados, parcimoniosamente nos Estados Unidos - além de, diretamente comercializá-los em diferentes formas na Europa.

Chegou o pássaro azul com o som do bom jazz

Há algumas semanas, em reportagem especial no "Almanaque" dominical, destacamos a importância do pacote do Bluebird, com o qual a BMG/Ariola inicia a tão esperada vinda ao Brasil deste prestigioso selo jazzístico. Realmente, o Bluebird está entre os melhores acervos jazzísticos americanos e até hoje era privilégio de quem se dispunha a enfrentar os dólares da importação para ter acesso as verdadeiras jóias que fazem parte deste label.

Kenny G., o campeão de vendas

Entre as atuais estrelas da música instrumental que fundem o jazz ao pop, r&b e mesmo funk, está Kenny G., considerado o maior vendedor de discos do mercado internacional nos anos 80. Basta dizer que o álbum "Dootones" com os hits "Songbird" e "Don't Make me Wait for Love" ganhou triplo de platina. Em seguida, "Silhoutte" - também já lançado no Brasil - bateu a marca de platina duplo. Kenny G.

Zuza, o homem certo para iluminar a nossa cultura

Luzes acendendo-se no final do túnel da cultura oficial: ontem, em Brasília, tomou posse como diretor do Departamento de Cooperação e Difusão Cultural da Secretaria de Assuntos Culturais, o jornalista José Eduardo Homem de Mello. Em menos de um mês, entre sua apresentação ao secretário da Cultura do governo Collor, Ipojuca Pontes, ao decreto com sua nomeação - publicado no "Diário Oficial da União" no dia 2 do corrente, Zuza - forma afetiva com que José Eduardo é conhecido - teve aprovação imediata de seu nome. E a repercussão pela escolha não poderia ser melhor. xxx

No campo de batalha

O advogado e jornalista Francisco Cunha Pereira Filho, diretor da Rede Paranaense de Televisão e da Gazeta do Povo, recebeu, merecidamente, o título de cidadão honorário de Guaíra. No decreto com esta homenagem, o prefeito Mário Barbosa Rodrigues salientou a participação do Dr. Francisco e de seus veículos na aprovação da lei dos royalties de energia gerada por Itaipu para os municípios da região de Itaipu. xxx

Canção de amor à Enluarada Elizeth, divina Cantadeira

"Das cinzas do meu sonho Um hino então componho Sofrendo a desilusão que me invade Canção de amor" (Chocolate / Elianto de Paula, "Canção de Amor", 1949).
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br