Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1990 - Outubro)

Os 80 anos do padre Gustavo

Como faz há 30 anos, domingo pela manhã o padre Gustavo Pereira Filho oficiou sua tradicional missa na Igreja do Rosário.

O padre "comunista" que dá sorte nos casamentos

Em seus 80 anos, 30 dos quais em Curitiba, o padre Gustavo Pereira Filho já se acostumou com as mais diferentes designações. Desde o de "padre que dá sorte nos casamentos" - entre as centenas de casais que uniu (incluindo o candidato a governador José Richa e dona Arlete) poucos foram os que se separaram - a de padre comunista, que lhe valeram perseguições e acusações por parte de militares radicais, especialmente do coronel Haroldo Carvalhinho, no período 1964/70.

Aplauso ajuda a ganhar eleição?

Popularidade e estima no meio artístico dá voto?

No campo de batalha

Com a transferência da jornalista Adélia Maria Lopes para a assessoria da Fundação Rádio e TV Educativa do Paraná, assumiu a coordenação de imprensa da Secretaria da Comunicação da Secretaria da Cultura a experiente Celina Silva.

Astrid, a Joana que deixou nosso teatro

Por onde andará Astrid Rudneger, aquela jovem atriz que, no verão de 1958, emocionava os espectadores do auditório Salvador de Ferrante, interpretando com garra e amor a Donzela de Orleans em "Seu Nome Era Joana", uma das primeiras peças escritas pelo jovem Eddy Antônio Franciosi?

Vozes de Montenegro homenagearam Glauco

Possivelmente o último trabalho profissional que o jornalista Eddy Antônio Franciosi (1930-1990) desenvolveu foi a preparação da programação, redação de convites, placas etc., para a homenagem a um de seus grandes amigos, o poeta, escritor e diretor Glauco Flores de Sá Brito.

Afinal, Guaíra tem agora seu elevador

Na noite de quarta-feira, 10, na estréia da ópera "Helka", pela primeira vez os espectadores que por idade ou problemas físicos nunca puderam assistir espetáculos no primeiro e segundo balcão, não terão mais este problema. Finalmente, um amplo elevador estará funcionando, atendendo uma reivindicação que se fazia desde que o auditório Bento Munhoz da Rocha Neto foi inaugurado - completando assim, uma obra cujo projeto foi elaborado há mais de 40 anos - e cuja construção arrastou-se por mais de duas décadas e cinco diferentes governos.

Os animais sem teto desta nossa Capital

Durante mais de 30 anos, a única referência pública que se tinha da Sociedade Protetora dos Animais era uma placa azul pregada numa das paredes das lojas Edith, na Praça Generoso Marques. Embora colocada discretamente naquele estabelecimento comercial rumeno-curitibano Virgilio Terner era um apelo surdo para uma colaboração - que nunca existiu - ao idealístico trabalho que um grupo de pessoas há mais de 40 anos faz para combater o maltrato aos animais.

De Blumenau para a Europa, Norton rege hoje em Praga

Neste sábado, quando a Orquestra de Câmara de Blumenau iniciar seu programa no Konzert in der Zerotin Place, em Praga, apresentando peças de Tchaikovsky, Martinu, Hayden e dos brasileiros Alberto Nepomuceno e Villa-Lobos (Bachianas Brasileiras nº 9) haverá um grande significado para a nossa música. Trata-se da primeira vez que uma orquestra brasileira participa de um dos mais famosos festivais da Europa.

Os importantes songbooks que Chediak vem editando

Almir Chediak, professor de música e editor, apostou num projeto audacioso que está dando certo: "songbooks", com as obras de compositores brasileiros. Depois de lançar volumes dedicados à Caetano Veloso e à Bossa Nova (3 volumes), prepara-se agora para mais sete álbuns de canções: Cazuza, Tom Jobim e Rita Lee. Além das partituras de suas músicas mais conhecidas, cada "songbook" trará textos biográficos e análises críticas, em edições da editora Lumiar. Em novembro devem chegar às livrarias e outros pontos selecionados de vendas. Já o songbook de Gilberto Gil fica para 1991. xxx

Cezar luta para que o Atuba ganhe o seu parque histórico

Enquanto aguarda que o prefeito Jaime Lerner se disponha a sancionar o projeto que apresentou na Câmara e, aprovado em segunda discussão, dispõe sobre a exploração dos estacionamentos de veículos, o vereador Jair Cezar está tentando sensibilizar o alcaide para uma outra importante questão: fazer com que o Parque Histórico de Curitiba criado pelo mesmo prefeito Lerner, há 23 anos, deixe de ser um matagal abandonado e se transforme num centro de recreação ecológica, beneficiando vários bairros da cidade.

A lembrança dos anos de fogo no livro póstumo de Sra. Malka

Embora não exista uma atividade regular na área da resenha de livros - (em termos de crítica mais profunda, nem pensar) - alguns intelectuais e jornalistas que acompanham o movimento editorial no Paraná, como o professor Hélio de Freitas Puglielli, colaborador de O Estado do Paraná, poderão, no final do ano, para a 25ª edição do suplemento dos melhores na área artística-cultural, fazer apreciações em conjunto do que se vem publicando - em iniciativas oficiais ou privadas.

As bandas do rock tupiniquim

O sucesso que as bandas de rock estão alcançando em apresentações ao vivo, lotando grandes espaços (como o ginásio do círculo Militar, no caso dos Engenheiros do Hawai; fazendo a abertura do super show do Wallers no último domingo, na Pedreira/Espaço Cultural Paulo Leminski), confirma, como se preciso fosse, a existência de um público jovem, de grande facilidade de conquista e que absorve conjuntos que, a rigor, nos tempos de maior exigência musical não teriam tanta aprovação.

Angélica deliciosa em termos visuais

Xuxa que se cuide! Angélica está subindo com seu programa de televisão, fazendo filmes e emplacando discos de platina. Esta bela loirinha pode não ter nenhuma voz maravilhosa mas sua simpatia agrada os seus baixinhos (e também adultos, por que não) e em seu disco anterior chegou até a incluir uma faixa dentro da campanha promocional de um produto do Boticário. Agora, Angélica tem novo disco na praça, que começa pela música de trabalho, "Me Dá um Beijinho", no qual teve a participação do grupo Kaoma. A vocalista do grupo, Loalwa Barz, diz:

Canto foi feminino no II Troféu Elis

O canto foi das mulheres: As cinco premiações do II Concurso Troféu Elis, com sua finalista na última sexta-feira, 13, foram para jovens que, inesperadamente acabaram levando a melhor - vencendo os quatro candidatos. Eram dez mulheres e, se na primeira peneirada, há três semanas, algumas decepcionaram, a seleção subiu na segunda e, no final, as premiações ficaram para estas jovens que, saindo agora do anonimato buscam espaços maiores - embora as chances de profissionalização sejam reduzidas em nossa cidade.

Ouça Selma, uma nova e bela voz brasileira

Mesmo que em menor número do que o boom do canto feminino de anos anteriores, mas na busca de encontrar novas cantoras capazes de se destacarem, várias etiquetas continuam lançando mulheres afinadas, sensíveis e de talento. A grande revelação de 1990 está sendo Itamara Kooraz, cujos primeiros shows no Rio de Janeiro (como o que faz no "Mistura Up", com o violonista e compositor Guinga, de 8 a 11 de agosto), ganhou os maiores elogios e o convite para fazer seu elepê pela Velas que, saindo este ano, a coloca como candidata de grande revelação.

Festival de Brasília começa hoje com estrutura enxugada

Brasília

Debates sobre relações do cinema e a televisão

Os debates sobre a questão do cinema e suas relações com o vídeo - em termos de produção e comercialização - e exibição na televisão, programados para mesas-redondas nos dias 12 e 13, aqui em Brasília representarão, de certa forma, um segundo tempo nas discussões que movimentaram paralelamente o último festival de Gramado.

"Césio 137", o filme sobre a tragédia radiativa de 87

Brasília Mesmo que não saia premiado deste 23º Festival de Cinema Brasileiro, dificilmente "Césio 137", o longa programado para hoje a noite estará entre os mais discutidos filmes em competição. No ano passado, durante o 22º Festival (1º a 7 de novembro), quando Roberto Pires havia recém-encerrado as filmagens deste misto de ficção e documentário sobre a tragédia do incidente de contaminação radiativa acontecido em Goiânia, há três anos, já se falava na atualidade da obra que aborda um aspecto preocupante - e que poucas vezes tem sido tratado no cinema brasileiro.

Um diário de viagem nos desenhos de Poty

Rejuvenescido, com ótimo humor e cheio de planos, o querido Poty Lazarotto voltou a toda de sua viagem a Suíça e Alemanha e está trabalhando em tempo integral para no próximo dia 24, quarta-feira fazer uma individual na galeria Banestado. Durante os dias que passou na Suiça, Poty fez questão de visitar pequenas cidades medievais, fazendo anotações em desenhos que, agora transforma em obras definitivas - de grande beleza - para esta exposição que nos mostrará uma espécie de "diário de viagem".
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br