Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1991 - Junho)

Um prédio com jardins suspensos em Curitiba

Um projeto arquitetônico com características inéditas, desenvolvido por um arquiteto italiano radicado em Nova York, Caetano Pesce, será executado na Conectora 5, em Curitiba, num empreendimento de quase US$ 10 milhões.

Artigo em 01.06.1991

Indignação entre professores e alunos dos dois cursos de arquitetura da cidade: ao invés de ter sido programada uma visita dos participantes da 74a União Internacional dos Arquitetos àquelas unidades, o programa social no qual foi o deputado Rafael Greca de Macedo, incluiu um sightseeing pelo setor histórico, com uma ridícula visita ao "Salão dos Altos" dos 300 anos da Cidade, cuja comissão vem servindo para promoção daquele deputado. O próprio prefeito Jaime Lerner irritou-se com a descortesia feita em relação aos cursos de arquitetura.

Rosa, blues à brasileira

Rosa Maria é o exemplo da dificuldade de ser cantora coerente, no Brasil. Com mais de vinte anos de estrada e meia dúzia de gravações, esta crioula bonita, charmosa e, sobretudo, com esplêndida voz, só ao gravar o cover de um antigo sucesso do grupo Mama and the Papas, para um filme publicitário da rede C&A teve um reconhecimento nacional: "California Dreamin" se tornou tão popular via televisão que valeu a sua contratação para um elepê com outras músicas estrangeiras, puxadas por este inesperado revival.

Quem pode esquecer Alves ou Geraldi? Pois esquecem

Produzir álbuns com fonogramas de cantores como Sílvio Caldas, Chico Viola ou Orlando Silva, capitulados por campanhas promocionais via televisão, é fácil. Difícil é desenterrar cantores como Carlos Nunes, Nelson Novaes, Alcides Geraldi ou um acordeonista como Antenógenes Silva, como faz Leon Barg em suas edições, Por isto, palmas a este garimpeiro de canções esquecidas por duas produções que colocou em pontos específicos de vendas (mas atendendo também solicitações pelo reembolso postal, Rua Barão do Rio Branco, 28/36. 2o andar, P.P. 122, CEP 80010, fax (011) 233-4609, Curitiba).

Kirchgassner, um pioneiro da arquitetura que foi esquecido

Poeta, pintor, arquiteto, construtor, urbanista, agrimensor, Frederico Kirchgassner (SC, 12/4/1899 - Ctba, 1988) é uma das personalidades mais fascinantes da arquitetura no Paraná, mas que, estranhamente, até hoje, passados três anos de sua morte, só mereceu uma única homenagem póstuma: a exposição que a arquiteta e professora Maria Luisa Valenti Piermartiri, na época na Coordenadoria do Patrimônio Histórico da Secretaria da Cultura, organizou na Galeria Banestado (29 de março a 21 de abril de 1989).

Cascatinha e Inhana com as guaranias do coração

Nem só de fonogramas de músicas brasileiras vivem etiquetas como a Revivendo e Moto Discos.

[Faisal] e Naif documentam um pouco da história da cidade

Um dos aspectos mais importantes do vídeo - e, infelizmente, até agora pouquíssimo explorado - está em seu aproveitamento, pela praticabilidade e baixo custo, da utilização maciça na documentação visual do Paraná.

Revivendo as grandes duplas

Uma das preocupações de Leon Barg na montagem dos discos da Revivendo é apresentar as grandes duplas de nossa MPB. Duos que, em trabalhos mais consistentes e demorados - ou em curtas experiências - marcaram o nosso cancioneiro. Duas produções recentes são indispensáveis documentos desta proposta. Em "Foi um pedra que rolou" temos Joel e Gaúcho, Zé e Zilda, as irmãs Pagãs a dupla Verde e Amarelo.

O grande retorno de Johnny Alf

Entramos no último mês do primeiro semestre de 91 e as perspectivas musicais continuam limitadas. Difícil será relacionar dez lançamentos de MPB que mereçam destaque feitos nestes cinco primeiros meses do ano e, entre eles, estariam, sem dúvida, apenas gravações de gente já conhecida - até obras póstumas, como os dois belíssimos elepês deixados por Elizeth Cardoso (1920-1990), produzidos pelo incansável Hermínio Bello de Carvalho e que só agora estão chegando às lojas graças a Sony Music (ex-CBS).

Artigo em 02.06.1991

A artista plástica Ana Maria Comodo, viaja para Portugal na terça-feira. Uma das dez artistas do Brasil, convidadas a expor na 3a Bienal Nacional de Obidos (que inaugura dia 14), Ana Maria, única do Paraná que se dedica a colagens, aproveita para fazer um roteiro mais amplo, viajando em companhia da publicitária Silvia Dias. Depois de coordenar mais uma edição do Troféu Colunistas Silvia vai descansar num roteiro europeu. Com muitos toques românticos.

Jamil, o moço que reúne os budistas

Quem espera encontrar no idealizador e organizador do Congresso Brasileiro de Budismo Tibetano / I Congresso Nacional Para Auxílio do Tibete (Templo Amorc da Ordem Rosacruz, Bacacheri, dias 8 e 9 de junho) um monge budista, ou ao menos um tipo místico e envelhecido, com a sabedoria milenar do místico oriente, terá uma surpresa. Quem idealizou estes dois eventos paralelos é um jovem, tranqüilo e sobretudo modesto, filho de pais árabes, nascido e radicado em Ponta Grossa: Jamil Soloum Júnior, 20 anos a serem completados somente em 1o de novembro.

Os filmes de Brazza, o bombeiro, no Morgenau

Bastou Zito Cavalcanti Alves, o mais estimado dos membros da comunidade cinematográfica curitibana, ler a reportagem "O cinema incendiário do bombeiro Brazza" que mereceu a nobre página do Caderno B na edição de domingo, 2, de "O Estado de São Paulo" para surgir a idéia: por que não trazer a Curitiba não só os filmes, mas o próprio bombeiro-diretor-ator-roteirista que, na cidade satélite de Gama, em Brasília é hoje o mais ativo cineasta brasileiro?

Sketches da Espanha ao som de Miles Davis

Um filme que já vale(ria) pela sua trilha sonora (Marcus Miller / Miles Davis). Eis uma definição para "Marcas de Uma Paixão" (cine Bristol, até amanhã em exibição), desperdiçado neste lançamento - inclusive porque simultaneamente saiu em vídeo.

Uma comédia motorizada

Depois da imagem inesquecível do professor, que faz seus alunos descobrirem a intensidade da vida em "Sociedade dos Poetas Mortos" e do rebelde disk-jockey no campo de batalha de "Bom dia Vietnã", pode até ser difícil aceitar Robin Willians como um abilolado vendedor de automóveis e suas complicações triviais - falta de dinheiro, quatro envolvimentos sentimentais e muita confusão.

Em tempos de festivais, Ivan Lins canta dia 9 em Pinhais

Dois festivais com muita organização e, especialmente, premiações das mais atraentes, movimentam o Paraná neste final de semana. Em Foz do Iguaçu, a partir de hoje, acontecem as eliminatórias do Acorde Cataratas, - I Festival Latino-Americano da Canção, que distribuirá nada menos que US$ 50 mil em premiações e ajuda de custo aos 36 concorrentes.

O canto latino-americano reúne-se em Foz do Iguaçu

Seria oportuno, simpático e, por certo produtivo, que o recém-empossado superintendente da Fundação Teatro Guaíra, Oswaldo Loureiro, de preferência acompanhado de seu maior amigo Eduardo Requião, assessor especial do governador Roberto Requião para a área cultural, fossem a Foz do Iguaçu neste final de semana acompanhar de perto o Acorde Cataratas - I Festival Latino americano da Canção.

La Vie em Close (e dois anos sem Paulo)

Há exatamente dois anos morria Paulo Leminski. A cidade perdia seu poeta demolidor - homem se seu tempo, múltiplo criador que viveu intensamente seus dias. Deixou poemas, textos, livros, músicas e sobretudo lições de vida. Muito se falou - e por certo muito se falará - sobre Paulo Leminski, poeta que uniu sempre a uma profunda presença viva a sensibilidade à inteligência.

Uma viagem pela Itália com o diretor de "Cinema Paradiso"

Para os que se emocionaram com [o] mais belo filme de 1990, "Cinema Paradiso", a melhor notícia: novo filme do mesmo diretor Giuseppe Tornatore entra em exibição no Bristol - "Estamos todos Bem", no qual Tornattore faz uma melancólica viagem pela Itália, acompanhando Matteo Scuro (Marcelo Mastroiani) um siciliano aposentado que decide rever seus cinco filhos, espalhados pelo país.

Magella mostra como se fotografa com a sucata

No momento em que a fotografia entra em evidência graças a semana de eventos idealizada e organizada pelo profissional Alberto Viana ("Baiano"), com exposições, workshops e outros eventos que se espalham por vários espaços da cidade, é hora de se falar do trabalho sério e dedicado que um dos melhores profissionais do Paraná vem realizando no mais completo anonimato.

Artigo em 08.06.1991

Finalmente a Fundação Cultural de Curitiba decidiu ajudar nossos cineastas. Assim mesmo aproveitando o que já havia sido feito. Consta que alguns milhões foram liberados para que Fernando Severo ( "Os Desertos Dias", ex- "Longas Sombras no fim da Tarde"), Irmãs Wagner ("A Flor") e Fernanda Morini ( "A Loira Fantasma") possam concluir seus curtas- metragens iniciados há dois anos e paralisados por falta de recursos. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br