Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1992 - Julho)

Pepino roxo, elepê de Eron

O cantor e compositor paranaense Eron Vianna, radicado há 12 em Recife (PE), espera levar o cômico Tutuca hoje na Boca Maldita e amanhã, para o lançamento do seu novo disco, "Pepino Roxo", às 11h, na Livraria Dario Vellozo (praça Garibaldi, nº7). O disco conta com as participações especiais de Nhá Gabriela, Ivan Graciano e do próprio Tututca.

Pedro Jorge documentou "Vale dos Dinossauros"

Um dos mais ativos cineastas e intelectuais de Brasília, Pedro Jorge de Castro, 48 anos, cearense de Aurora, não se deixa abater pela crise do cinema brasileiro. Radicado há mais de 10 anos em Brasília, onde é um dos mais competentes e estimados professores do departamento de Comunicação Social da Universidade, na área de cinema, Pedro Jorge está sempre em atividade.

Filme de Almodovar estará na competição entre longas

Aberto internacionalmente a participação de filmes latino-americanos e de língua portuguesa nos velhos projetos e que o diretor executivo Esdras Rubim viabilizou este ano como forma de suprir a pobreza da produção de longas no Brasil (menos de 10 filmes inéditos, muitos ainda não finalizados), e que já levou Brasília a transferir o seu XX Festival de Cinema de julho para agosto, a 20ª edição de Gramado (agosto/92) terá participações internacionais.

No campo de batalha

Duas correções em relação ao comentário publicado ontem sobre o início do projeto "Clássicos em Vídeo Laser", patrocinado pelo Banco Real e que será aberto com a ópera "Tosca", de Puccini, com Placido Domingo. Será no dia 7, terça-feira, 18h20 - e não domingo, 5. A boite Marrocos, de Paulo Wendt - que emprestou a vinda de companhias de óperas e operetas em Curitiba, no início dos anos 60, (apresentado no Guairão, então em obras) funcionava num sobrado da Rua Dr. Murici/esquina com o início da Marechal Deodoro, ao lado da Praça Zacarias - e não Carlos Gomes. xxx

Calçadão da Rua das Flores completa vinte primaveras

O jornalista Raul Guilherme Urban, estará lançando na próxima terça-feira, às 18h30, na Galeria Schaffer (Rua XV de Novembro, 424) o boletim Calçadão, Vinte anos Depois. Na ocasião será aberta uma exposição de fotografias sobre a Rua das Flores.

Leitura lúdica

Onde está Wally? - O Livros dos Jogos (editora Martins Fontes, 21 páginas e uma cartela de jogos). Nesta nova e sensacional aventura do engraçado personagem Wally, o leitor vai percorrer, através das páginas, vários cenários diferentes a procura de pessoas e objetos que o nosso desastrado herói perde durante sua viagem.

Novela nas páginas

Lábios que beijei - O romance da Lapa (Editora Siciliano, 211 páginas). O décimo-sexto livro do famoso escritor e autor de telenovelas Aguinaldo Silva, nos leva a percorrer o submundo do bairro carioca da Lapa.

O livro de arte internacional que a Catedral está perdendo

Depois de passar quatro meses em Curitiba e investir US$ 12 mil de recursos próprios para desenvolver um projeto que poderia dar uma projeção visual internacional ao Paraná - especialmente divulgando imagens da nossa Catedral Metropolitana, o fotógrafo Waldir Cruz, 38, Bicho do Paraná focalizado no projeto de valorização promovido pelo Bamerindus há anos, retornou ontem para Nova York.

Imagens de stars, livros de arte e amigo de Lee, Waldir faz a América

A exemplo de outro "Bicho do Paraná", o músico Airto Guimorvan Moreira, 52 anos, hoje um dos percussionistas mais respeitados do mundo, Waldir Cruz, também viajou para Nova York, há muitos anos, com apenas US$ 100 emprestados e uma passagem aérea adquirida com as maiores dificuldades. Se Airto nasceu em Itaiópolis, SC, mas viveu alguns anos em Guarapuava (antes de Ponta Grossa e Curitiba, daqui seguindo para São Paulo), Waldir é guarapuavano do dia 10 de outubro de 1954.

Bahia e o seu samba-reggae para consumo de marketing

Assim como o Rio Grande do Sul, a Bahia é um território fonográfico à parte. Com bons estúdios - como o WER, ocupando um prédio de três andares e produzindo discos para fábricas e etiquetas do Sul, mais de uma dezena de etiquetas e, principalmente, um elenco de artistas de vários gêneros que se espraiam por todo o País, além de ali terem o maior prestigiamento dos veículos de comunicação (especialmente das emissoras AM/FM), ao contrário do que acontece em Curitiba, a Bahia é auto-suficiente fonograficamente.

Os Cariocas, tão maravilhosos hoje como há 40 anos passados

Quando se fala em conjuntos vocais no Brasil, há uma unanimidade entre os que conhecem o mínimo de MPB: nunca houve um melhor do que Os Cariocas.

O grupo pioneiro que fez parte da história da BN

Aos mais jovens, que desconhecem a importância histórica e artística dos Cariocas - e não leram (ainda) "Chega de Saudade", é importante algumas informações sobre este grupo que alcançou seus picos de popularidade entre os anos de 1948/55 e, posteriormente, 61/62.

O R&B tupiniquim de Edmon

Dentro da crise fonográfica a necessidade de renovação de elenco, as gravadoras apostam em quem oferece alguma possibilidade. Por isto, Edmon ganha um álbum-solo pela Sony após ter seu "Coração de Gelo" catapultado na trilha sonora de "O Dono do Mundo". Carioca, 27 anos, morador da Vila Penha, é definido (exageradamente), por Adriano Sanglard, no release promocional, "a maior revelação na 'praia' do R(hytm) & B(lue) nacional - se é que se pode dizer que isso já existe no Brasil".

A estreante Shanice e La Toya, a irmã dos Jacksons

Duas cantoras, de familiares tradições, chegaram em suas gravações no Brasil, para disputar as preferências jovens. Apesar de idades diferentes, tem um público alvo bem definido.

Vale a locação - Alfie, um mito dos anos 60 na "Swinging London"

Em 1966, Lewis Gilbbert, então com 44 anos, realizou um dos melhores filmes ingleses dos anos 60: "Alfie - Como Conquistar as Mulheres". Produção modestíssima (apenas US$ 500 mil, bancada pela Paramount) rendeu uma fortuna, fez do até então pouco conhecido Michael Caine um astro e internacionalizou ainda mais os compositores Burt Bacharach e Hal David, autores da belíssima trilha sonora, cuja canção tema na voz de Dionne Warwick se transformou num hit que, passados, 26 anos, continua a emocionar.

Videolançamentos

A Warner continua nivelando por baixo - mas comercialmente atirando certo - em seus lançamentos. Assim é que colocou nas locadoras a movimentada comédia "Harley Davidson e The Marlboro Man", de Simon Spencer. Nesta máscula comédia - que recebeu o subíitulo de "Caçada sem Tréguas", com ação no futuro (1996), Harley Davidson (Mickey Rourke) é um sonhador e despreocupado que com Marlboro Man (Don Johnson), um cowboy, decidem assaltar um banco para ajudar um amigo. Rodado em Burbank, California, com muita ação e humor, este filme parece um comercial de longa-metragem a partir do título.

Mostre a sua natureza

O Carrefour Pinhais lança o concurso Infantil de Desenho - "Mostre a sua Natureza" movimentando as crianças de Curitiba na preservação do meio ambiente. O melhor desenho será reproduzido no cartão de Natal 92 da loja Carrefour Pinhais. A expectativa para este ano é receber 100 mil inscrições. Para lançar o concurso, aberto às crianças de 5 a 15 anos, o Papai Noel novamente passará suas férias no Carrefour Pinhais durante todo o mês de julho.

Jam session no Aero

Tudo azul nas noites de hoje e amanhã no Aeroanta: no palco a banda paulista Blue Jeans e gaitista Flávio Guimarães, um dos destaques do Blues Etílicos. Jam session à meia-noite, com ingressos a 15.000,00. Esta é a segunda vez que a casa recebe a banda Blue Jeans. E agora com um reforço musical trazendo repertório de gaita. Enquanto Blue Jeans ataca de repertório próprio, como o hit "Cachaceiro", Flávio executa obras de Jonny Winter, Robert Johnson e Stevie Ray Vaughan.

Duo de violino e piano

A Sala Scabi do Solar do Barão (Rua Carlos Cavalcanti, 533), às 20 horas de hoje apresenta o duo Rodolfo Richter (violino) e Vânia Schittenhelm (piano) no programa composições de Schubert e Beethoven. (Ingressos a 2.000,00)

As dicas para candidatos segundo Marisa

Como era previsível, o período pré-eleitoral estimula edições de manuais, ensaios e mesmo teses relacionadas à comunicação, opinião pública, técnicas de marketing eleitoral etc. a bibliografia, em português com títulos traduzidos mas, especialmente obras de autores brasileiros - evidencialmente melhores conhecedores de nossa realidade - amplia-se através de produções de editores ou mesmo trabalhos independentes.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br