Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Álvaro Dias

Álvaro Dias

Fucucu vai gastar milhões para trazer os filmes estrangeiros

Está confirmado: a 14ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo inicia dia 17 de outubro e virá, ao que consta, completa - com 170 filmes - a Curitiba. Custará US$ 700 mil e entre os financiadores está a Fundação Cultural/Secretaria Municipal de Cultura, conforme a imprensa paulista vem divulgando.

O padre "comunista" que dá sorte nos casamentos

Em seus 80 anos, 30 dos quais em Curitiba, o padre Gustavo Pereira Filho já se acostumou com as mais diferentes designações. Desde o de "padre que dá sorte nos casamentos" - entre as centenas de casais que uniu (incluindo o candidato a governador José Richa e dona Arlete) poucos foram os que se separaram - a de padre comunista, que lhe valeram perseguições e acusações por parte de militares radicais, especialmente do coronel Haroldo Carvalhinho, no período 1964/70.

Afinal, Guaíra tem agora seu elevador

Na noite de quarta-feira, 10, na estréia da ópera "Helka", pela primeira vez os espectadores que por idade ou problemas físicos nunca puderam assistir espetáculos no primeiro e segundo balcão, não terão mais este problema. Finalmente, um amplo elevador estará funcionando, atendendo uma reivindicação que se fazia desde que o auditório Bento Munhoz da Rocha Neto foi inaugurado - completando assim, uma obra cujo projeto foi elaborado há mais de 40 anos - e cuja construção arrastou-se por mais de duas décadas e cinco diferentes governos.

Uma lição do mestre Francis na imprensa

Existem textos que merecem ser afixados defronte nossos olhares pela carga de verdade que trazem. Durante anos, o jornalista Mussa José Assis, 47 anos, ex-secretário de Comunicação Social do governo Álvaro Dias e que, esperamos, retorne agora à nossa redação - cujo comando teve sua marca desde 1965 - manteve sobre o vidro de sua mesa de trabalho um antológico texto de Ernest Hemingway (1899-1961), no qual o autor de "Adeus às Armas" fala sobre a profissão de repórter.

São Paulo terá 11 "teatros Barracão"

As boas idéias fazem escola: Na última terça-feira, 5, numa viagem ultra-rápida a São Paulo, o secretário René Dotti, da Cultura, e o superintendente da Fundação Teatro Guaíra, Constantino Viaro, ouviram da secretária da Cultura do município, professora e filósofa Marilena Chauí, a confirmação de que não apenas o Teatro Barracão, proposto informalmente por Viaro, será erguido numa praça na Vila Mariana, como a Prefeitura, entusiasmada com o projeto, decidiu, por sua conta, bancar o projeto para fazer 10 outras unidades semelhantes em diferentes pontos da cidade.

No campo de batalha

Mais uma escola de música na cidade: a pianista Márcia Gomes Silva reuniu seus trocados, alugou um conjunto num prédio na Avenida N. S. da Luz, 17, e inaugurou dia 6 o Mozarteum. Agora é ver se há professores a altura do nome escolhido. xxx No hall do Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, uma didática mostra de 102 fotografias organizadas pelo Goethe e o Museu Alemão do Teatro de Munique sobre as grandes montagens cênicas feitas na Alemanha. xxx

Mulheres II: uma noite de abraços para a grande Inge

Ingeborg Rust teve uma prova de quanto é estimada nesta cidade que ela, alemã da Floresta Negra, "descendente de vikings" - como gosta de dizer, adotou em 1951, na noite da última sexta-feira: o seu Humel-Humel, na praça da Ordem, foi pequeno para o número de amigos que foram cumprimentá-lo pelo seu aniversário. xxx

No campo de batalha

O químico paranaense Marcelo Schwaab Casemiro, 32 anos, de Ponta Grossa - atualmente na Antártica, em Getúlio Vargas, RS, viaja para a Alemanha em busca de um novo título: o de mestre-cervejeiro. Fará curso de doutoramento numa das três universidades que oferecem cursos superiores na arte de se fazer o melhor chopp. Em Munique, naturalmente. Prost! xxx

Uma casa de muito trabalho

Embora só agora divulgado oficialmente no "Diário Oficial do Estado" (09/05/90), o relatório de atividade da Casa Civil referente a 1989 traz informações curiosas em relação ao governo. Por exemplo, ao sintetizar seus recursos humanos, há uma explicação indireta porque é difícil passar um dia sem que o "Diário Oficial" publique alguma nomeação, substituição ou transferência em cargos de confiança. É que cabe a Chefia da Casa Civil encaminhar pessoal de assessoramento para várias unidades especiais. Assim, em 1989, de sua folha, nada menos que 208 estavam "à disposição de outros órgãos".

Vídeo, leituras e cursos de Débora, nossa Primeira Dama

Na próxima visita a sua avó paterna, dona Mercedes Amaral de Almeida, em Ponta Grossa, a Sra. Débora Almeida Dias, Primeira Dama do Paraná, estará fazendo uma experiência de vídeo-maker. Utilizando uma moderna filmadora que possui há algum tempo, vai documentar, demoradamente, não só a sua idosa avó - 94 anos, mas com excelente saúde e muito bom humor - mas, principalmente, a casa em que ela reside.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br