Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Álvaro Dias

Álvaro Dias

No campo de batalha

Não procede a notícia de que a Secretaria da Cultura vá patrocinar integralmente uma excursão do grupo Os Titãs pelo Paraná. Até agora, a colaboração oficial está na divulgação do grupo de rock nas páginas do "Nicolau", jornal da pasta da Cultura que dedicou duas páginas de seu último número para falar daquele grupo. Desconhece-se se haverá seqüência para outros conjuntos de rock em próximas edições, embora um grupo de jovens roqueiros da cidade vá pedir matérias sobre as bandas Camisa de Vênus e Legião Urbana. xxx

No campo de batalha

Airto Moreira e Flora Purim estão no Havaí desde o dia 26 de dezembro. Desta vez não foram para trabalhar, mas para merecido repouso. Airto voou direto do Rio para o Havaí, com escala técnica em Los Angeles. Dia 3, de volta a Santa Bárbara, retoma compromissos musicais em vários países. xxx

Uma diretoria que pode ser extinta

Uma boa sugestão levada ao secretário René Dotti, da Cultura, e que se tiver sua boa vontade poderá fazer com que o governador Álvaro Dias enxuge a administração da Fundação Teatro Guaíra sem causar maiores traumas: a eliminação do cargo de Diretor de Programação e Artes. Vago desde o dia 1 de janeiro, quando a jornalista Lúcia Camargo, que ali se encontrava desde abril de 1987, tomou posse como Secretária Municipal de Cultura, o cargo pode ser suprido, perfeitamente, por uma ágil assessoria, diretamente subordinada ao diretor superintendente.

38 projetos estão a procura de Mecenas

Começou a circular na segunda feira, 23, uma publicação muito especial: "38 Projetos Culturais". É um volume sofisticadíssimo, 98 páginas, papel couchê, excelente apresentação gráfica - méritos à designer Teresa Cristina Montecelli - destinado a tentar sensibilizar executivos de empresas médias, grandes e mesmo multinacionais a financiarem a cultura no Paraná. O secretário René Dotti entendeu que se deveria fazer um volume enfeixando as mais variadas propostas em busca de financiamento e encarregou seu assessor especial Sebastião De França, a organizar o trabalho.

A Sanepar explica viagem do técnico. E as outras?

Pela primeira vez um órgão público tem a dignidade de encaminhar um esclarescimento sobre a razão pela qual um de seus técnicos viajou ao Exterior com mordomias oficiais. Normalmente não há o menor comentário oficial em relação às viagens de servidores do Estado que, com mais ou menos vantagens, saem do país, para participarem de cursos, seminários congressos, etc. - muitos dos quais de discutível necessidade.

Os programas que já estão comprometidos

Há projetos em busca de mecenato da Lei Sarney mas que já estão sendo desenvolvidos - ou comprometidos no calendário oficial, de forma que independente de aparecerem patrocinadores terão que ser realizados. É o caso do IX Festival de Música de Londrina, programado para julho de 1989 e que tem um custo mínimo de 25.000 OTNs.

Salvar a Biblioteca, a prioridade básica

Seria arriscado (e mesmo leviano) fazer destaques de quais os projetos prioritários dentre os 38 inventariados pela Secretaria da Cultura e que estão a procura de mecenas. Afinal, cada um tem sua justificativa e, por certo, os responsáveis pelas suas idealizações possuem argumentos para justificá-los. Entretanto, em alguns casos deverá haver maior concentração de esforços.

MIS sai do "pombal" e ganha um palácio

Apesar do carnaval - o que sempre é desculpa para adiar novos projetos - Valêncio Xavier promete que começa a ocupar a nova sede do Museu da Imagem e do Som na próxima semana. Afinal, não há tempo a perder: uma reivindicação de anos, finalmente atendida pelo governador Álvaro Dias, poderá dar um local definitivo para a mais enjeitada das instituições culturais do Estado.

O filho enjeitado de nossa memória

Idealizado e fundado por Maurício Quadrio, um dos mais admiráveis pesquisadores e produtores culturais do Brasil, o Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro - instalado na administração de Carlos Lacerda, surgiu numa época em que mais do que nunca era grave a perda da memória da música, cinema e fotografia no Brasil. Quadrio idealizou o primeiro MIS no Brasil mas não chegou a permanecer em sua direção por muito tempo.

No campo de batalha

Finalmente um bom programa de jazz no rádio curitibano - estreou domingo, às 19 horas, "Jazz In Time", pela FM Ouro Verde - com produção em gravações CD (digital), exclusivamente com lançamentos internacionais. O programa é uma produção do milionário Caetano Cerqueira Rodrigues, 51 anos, que a exemplo de seu amigo (e também milionário) Jorginho Guinle, se dedica hoje exclusivamente a curtir a melhor música internacional. A coleção de Caetano é uma das maiores do país, formada por mais de mil CDs, exclusivamente de jazz.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br