Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Airto Moreira

Airto Moreira

Airto, o melhor também para os leitores de DB

Mesmo, sem gravar há quase dois anos – em 1980, rompeu seu contrato com a Warner, descontente com o tratamento que ali estava tendo – o percussionista Airto Guimorvan Moreira, 42 anos, catarinense de Itaiópolis – mas paranaense de formação – continuam a ser o percussionista de maior prestígio nos Estados Unidos.

Observatório

LUÍS Roberto Amaral, 20 anos, inscreveu-se no I Seminário Internacional de Violão, realizado de 11 a 18 de fevereiro, na Escola de música e Belas Artes do Paraná, com humildade. Embora tocando violão há 5 anos, queria aprender com os professores ali reunidos. Mas bastou que mostrasse alguns solos para ser escolhido para fazer o concerto de encerramento aplaudido de pé pelo publico presente.

Artigo em 08.04.1992

Fabiano Carlos Zenin, 18 anos, levou um susto há alguns dias, quando reconheceu num simpático cavalheiro, de bigodes finos, que o aplaudia numa das mesas do La [Cibeles]. Era o violonista que ele mais admira - Paulinho Nogueira. Quis homenageá-lo com "Bachaninha Nº 1 " mas ficou tão nervoso que errou na harmonia, o que não impediu de ganhar elogios de Paulinho e da cantora Alaíde Costa, que à noite, no show que fizeram no Paiol, citaram Fabiano com destaque. xxx

A família Caymmi, o nosso maior patrimônio musical

Artur Xexéo, nosso bom amigo, jornalista do primeiro time do "JB", escreveu um texto preciso, excelente sobre um disco que, seguramente, estará em nossa relação dos dez melhores lançamentos do ano: "Família Caymmi em Montreaux"(Polygram, abril/92).

Tereza Batista traz as novas e maravilhosas músicas dos Caymmis

Depois de excelente álbum da Família Caymmi, gravado em Montreaux, Suiça - lançado pela Polygram (e já entre os candidatos a um dos dez melhores do ano), a trilha sonora de telenovela "Tereza Batista" (Sigla/Som Livre) encarrega-se de tornar mais conhecidos algumas das melhores faixas daquela produção registrado ao vivo, além de catipultuar também "Amazon River", "The Wraith" e "The Desert" de (e com) Dori Caymmi de excelente álbum "Brasilian Serenata" (WEA), lançado apenas em CD e que, produzido nos EUA em 1991, ganhou indicação ao Grammy na categoria de "melhor álbum world music"

"Planet Drum", uma ONU percussiva e criativa

Apesar de Mickey Hart, ex-integrante do histórico Grateful Dead, ter seu nome destacado na capa de "Planet Drum", este álbum - premiado com o Grammy - foi resultado da fusão de talentos vindos da Nigéria a Nova York City, num encontro que ultrapassou a simples arregimentação profissional. O primeiro destaque que Hart faz é para Airto Moreira, seu amigo de muitos anos, com quem já havia trabalhado no histórico "Apocalypse Now Sessions" (*). Da Nigéria, veio Bobatunde Olatunji, com seus instrumentos de nomes estranhos como djémbe.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br