Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Alan Parker

Alan Parker

Uma amarga decisão (e a desatenção com o público)

Baseado em fatos reais "O Expresso da Meia Noite" (Midnight Express, 1978, de Alan Parker) denunciou a violência sofrida por um jovem norte-americano, Billy Hayes (interpretado por Brad Davis, falecido há poucos meses vítima da Aids), preso na Turquia como traficante de haxixe. O filme - que recebeu várias indicações e o Oscar de melhor roteiro (Oliver Stone) acabou provocando problemas com aquele país - mas ficou como um denúncia dos mal tratos dispensados pela polícia turca a prisioneiros estrangeiros.

1.953 novos títulos colocados nas locadoras do Brasil em 91

Ultrapassou as expectativas! Expertes em vídeo - entre jornalistas especializados, donos de locadoras e distribuidoras, que consultamos em princípios de dezembro último, calcularam em 1.500 os títulos lançados no Brasil em 1991. Agora, graças à competência do editor Oceano Vieira, que há sete anos vem editando a mais completa revista informativa sobre o mercado - "Jornal do Vídeo", temos o número exato de lançamentos ocorridos nos meses entre janeiro/dezembro do ano que passou: nada menos que 1.953.

O velho Cocker retorna sem precisar a ajuda dos amigos

Enquanto no Brasil, os grandes nomes da música do passado são esquecidos precocemente - e só graças a idealistas como Leon Barg é que tantos valores da época de ouro podem ser ouvidos em CDs - no próprio mundo do rock, tão mutável em seu consumismo, veteranos tem sua vez.

Sexo e drogas entre as sete boas estréias

Sete estréias numa mesma semana - das quais pelo menos três dignas de verificação - trazem novamente aquela velha reclamação dos cinéfilos que não podem se "dedicar" em tempo integral aos filmes em exibição - que, muitas vezes, nem chegam a segunda semana.

"A Grande Arte" no Ritz

O nostálgico "Vai Trabalhar Vagabundo", continua no Cine Ritz, mas na sessão da meia-noite de hoje sua tela exibirá o esperado filme de Walter Salles Jr., "A Grande Arte". E amanhã, também mesmo horário, pré-estréia de "Boys'n the Hood - Os Donos da Rua", de John Singleton. Mas tem mais: no domingo, às 20h30, sessão especial de "Pixote - A Lei do mais Fraco", de Hector Babenco, com a presença do roteirista José Loureiro. E na quarta, às 21h, sessão beneficente de "O Ouro de Abraão", de Jorg Gräser.

A "20.20" chega com o "Mississipi em Chamas"

A distribuidora LK-Tel Vídeo - que já representa a RCA / Columbia Pictures - está ampliando sua ação com um novo selo: 20.20 Vision. Começa com um filme de impacto, que há dois anos teve várias indicações ao Oscar (e levou o prêmio de fotografia) - "Mississipi em Chamas", de Alan Parker. Peter Biziou, inglês, fotógrafo premiado com o Oscar por "Mississipi Burning", foi genro do pintor curitibano Fernando Velloso e da professora lapiana (hoje no Rio de Janeiro) Filomena Gebran.

Tempo de guerra e reflexões na tela

Terminou o horário de verão e a época das vacas magras cinematográficas. Antecipando a festa do Oscar (25/03), chegam não só filmes indicados em várias categorias (como "O Poderoso Chefão 3", já programado para o dia 15, no Condor), como obras importantes, com diferentes leituras de temas interessantes.

Uma raça e dois enfoques na tragédia da II Guerra

Em "Bem Vindos ao Paraíso" (Bristol, até amanhã em exibição), o Sr. Kawamura (Sab Shimono), patriarca de uma família nissei, vivendo na "Little Tokyo" de Los Angeles no final dos anos 30, tenta evitar que sua filha Lily (Tamlim Tomita) case-se com o operador de seu cinema, o rebelde irlandês Jack McGurn (Dennis Quaid). Como Romeu & Julieta, enfrentam a oposição paterna e vão viver em Seattle, onde nasce a filha Mini.

Lembranças de Hollywood, sonhos de Akira e memórias da II Guerra

Mais uma boa fornada de bons filmes nesta temporada pré-Oscar - o que significa a época das vacas gordas cinematográficas após a imbecilidade da produção que chega nas férias de dezembro a fevereiro. Quatro estréias importantes, enquanto outros filmes (como "As Montanhas da Lua", de Bob Rafaelson, no Luz; "Black Rain - A Coragem de uma Raça", de Shohei Imamura, no Groff), continuam em cartaz.

"Robocop" chega hoje nas ruas de Curitiba

"Robocop" desembarca hoje, no final da tarde, no aeroporto Afonso Pena. Ao contrário do que acontece na história criada por Frank Miller e que já rendeu dois filmes - o segundo, com lançamento nacional no próximo dia 30 (em Curitiba, Cine Plaza, 5 sessões) - este misto de homem-robot, uma supermáquina lutando contra o crime, sua passagem pela capital será tranqüila - fazendo mais um roteiro parecido com políticos a cata de votos do que de um super-herói.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br