Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Aldir Blanc

Aldir Blanc

A volta dos Incríveis

Apesar dos trajes esportivos e dos sorrisos no olhar sente-se que todos envelheceram. Netinho, o mais famoso do grupo – ex-namorado da italiana Rita Pavone, com um elepe—solo gravado, tem até uma ameaça de [calvície] em escalada. Nenê (baixo/vocal), Manito (sax/teclados), Mingo (guitarra/vocal) e Risosonho (guitarrra solo, violão) estão com os cabelos ainda bem pretos, mas é claro que não são os mesmos garotões de 15 anos [passados] – quando fizeram suas primeiras gravações.

Itamara, a nova estrela da MPB

Depois de Jane Duboc e Marisa Gata Mansa, o Paiol apresentará amanhã e domingo mais uma excelente cantora. Uma cantora ainda desconhecida do público e que se não merecer uma boa promoção corre o risco de cantar para um teatro vazio - o que será imerecido haja visto o seu talento: Itamara Koorax.

José Maurício, o cantor que ama (e ajuda) a MPB

Entre as pessoas que mais tem auxiliado a música brasileira nestes últimos anos destaca-se um jovem executivo, que vem canalizando todo seu tempo livre - e muitos recursos - para que nossos talentos encontrem um prestigiamento cada vez mais difícil. Chama-se José Maurício Machline, é vice-presidente de comunicação do grupo Sharp, ama a música desde a infância e, tem mostrado como uma empresa pode manter um grande evento cultural.

DESTAQUES

Compositor: Antônio Carlos Jobim (*) Revelação de compositor: Péricles Cavalcanti Cantor: Emílio Santiago (Lp "Brasileiríssimas - volume 4", Sigla/Som Livre) Revelação de cantor: Edson Cordeiro (**) e Orlando Morais Cantora: Elizeth Cardoso (***) Revelação de cantora: Vangi Leonel (lp "Vangi", Sony Music) Arranjador: Chiquinho de Moraes Revelação de arranjador: Guga Stroetter (lp "Canções") Capa: Elifas Andreato ("Vai meu Samba, vai" e "Carrancas") Produtores: Hermínio Bello de Carvalho e João Carlos Botezelli

The Best of Brazil, a personalidade recondicionada para consumo externo

Durante anos um dos negócios alternativos lucrativos para quem desejava estabelecer-se numa área paralelamente cultural era a de comercializar discos antigos. Afinal, era só nos "sebos" que se poderia encontrar discos editados há 10, 15 ou 30 anos e que, retirados de catálogos, esgotados, tornavam-se "collector's itens". Disto aproveitavam-se alguns donos de "sebos", cotando em somas elevadíssimas as raridades mais procuradas.

Beth, Marina e Leila, as vozes deste final de ano

Entre a choradeira das gravadoras, mais do que nunca queixando-se de uma natural (e até justa) retração dos consumidores frente ao empobrecimento cada vez maior da classe média - que normalmente se constituía numa faixa-alvo dos negócios fonográficos - mesmo os chamados "grandes lançamentos" de final de ano estão sendo repensados. Este ano, não teremos um álbum de prestígio de Chico Buarque ou Edu Lobo, o (ótimo) disco de João Bosco ("Zona da Fronteira", Sony) já saiu em outubro e a esperança, qualitativamente, é o novo álbum acústico de Milton Nascimento.

No campo de batalha

Tonicatto Miranda, ex-assessor do Ministério dos Transportes, animador cultural, poeta e que em 13 de maio de 1989, associado a José de Biasi, havia inaugurado uma simpática livraria na Rua Comendador Araújo - Ipê Amarelo - afastou-se da sociedade. Dedica-se agora em tempo integral à assessoria da vereadora Zélia Passos (PT). Sua competência já ajudou em vários projetos que tem contado pontos para a liderança de Zélia como uma de nossas melhores vereadoras. xxx

Um canto de amizade deu o prêmio a Gereba e Capinam

Tendo a amizade como temática, o poeta (José Carlos) Capinam, baiano da esplanada, 50 anos e violonista e compositor Gereba (Winston Geraldo Guimarães Barceto), baiano de Monte Santo, 48 anos a serem completados no dia 14, criaram um belíssimo samba-canção há seis anos, que só agora será conhecido nacionalmente "Três por Acaso".
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br