Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Apocalypse Now

Apocalypse Now

"Planet Drum", uma ONU percussiva e criativa

Apesar de Mickey Hart, ex-integrante do histórico Grateful Dead, ter seu nome destacado na capa de "Planet Drum", este álbum - premiado com o Grammy - foi resultado da fusão de talentos vindos da Nigéria a Nova York City, num encontro que ultrapassou a simples arregimentação profissional. O primeiro destaque que Hart faz é para Airto Moreira, seu amigo de muitos anos, com quem já havia trabalhado no histórico "Apocalypse Now Sessions" (*). Da Nigéria, veio Bobatunde Olatunji, com seus instrumentos de nomes estranhos como djémbe.

Jardins de Pedra e Lobos são os melhores programas

Depois de tantos lançamentos uma semana tranqüila. Continuam em cartaz filmes que atraem bom público e entre as estréias apenas dois destaques: "Jardins de Pedra", de Francis Coppola e "Com o Diabo no Corpo", de Marco Bellocchio.

Soldadinhos de Chumbo

12 anos depois de "Apocalypse Now", Francis Coppola revisita o Vietnã em "Jardins de Pedras" (Cinema I, 4 sessões). Só que ao invés do explícito naquela superprodução que levou a Zoetrop à uma do suas falências, desta vez ele faz um filme implícito sobre a mais cruel das guerras deste século. Em "Apocalypse Now", partindo da idéia de um dos mais densos romances do polaco-inglês Jerome Conrad (1857-1924), "O Coração nas Trevas" (1906), Ford mergulhava seus personagens no inferno do Sudeste da Ásia, numa viagem delirante de um oficial em busca de um coronel que havia enlouquecido.

A Columbia aproveita a vitrine do FestRio

Rio de Janeiro - Há quatro anos, quando da primeira edição do FestRio falava-se até em boicote organizado do cinema americano contra o festival brasileiro. Afinal a representação americana era pequena em proporção ao poderio da industria cinematográfica e alegava-se que não interessaria as tycoons da Usina dos Sonhos fortalecer um evento que nascia já declaradamente favorável as pobres, esquecidas e desconhecidas cinematográficas do Terceiro Mundo.

O Oscar ajudará ainda mais a atração maior para o público

A surpreendente indicação de "Atração Fatal" ao Oscar de melhor filme - valendo também a Glen Close a disputa pelo troféu de melhor atriz (anteriormente já concorreu por três vezes), fará com que a carreira deste filme moralista e conservador, mas de grande empatia para o público classe média, estoure nas bilheterias do Condor, cinema em que estreou na semana do Carnaval. Apesar do esvaziamento da cidade durante o reinado do Momo, "Fatal Attraction" já fez ótima bilheteria nos primeiros sete dias de exibição - e agora, com as férias acabando, o público vai lotar todas as sessões noturnas.

Os nominados para o "Oscar" do vídeo

O vídeo no Brasil também terá sua noite de Oscar. Um júri formado por seis críticos de cinema e vídeo do eixo Rio-São Paulo já selecionou, entre mais de mil títulos, os melhores do vídeo selado lançados em 1987 no mercado brasileiro. São os finalistas do II Troféu Vídeo News, que Rubens Ewald Filho, editor-assistente da revista "Vídeo" está coordenando para a publicação da editora Sigla.

Videonotas

A CIC Vídeo botou pra quebrar neste final de ano, fazendo lançamentos dos mais interessantes. Começa com o musical "Natal Branco" (White Christimas, 1954, de Michael Curtiz) e prossegue com o desenho "Fievel, um Conto Americano", de Don Bluth; o clássico "Festim Diabólico" (The Rope), 1948, de Alfred Hitchcook (para muitos, o ponto alto de sua carreira) e inclui ainda dois sucessos de bilheteria: "Ases Indomáveis" (Top Gun), 1986, de Tony Scott e "Apocalypse Now", de Francis Ford Coppola. xxx

Os melhores filmes das últimas décadas

A escolha dos melhores filmes do ano transcende a simples vaidade crítica e reflete, antes de tudo, uma visão sintética do ano cinematográfico. Assim como os "Conselhos de Cinema" - criados a partir do pioneirismo do "Cahiers du Cinema", nos anos 50, se mantém atuais e a prova disso está no destaque que ocupam nas mais importantes revistas especializadas (e mesmo algumas de atualidades) de vários países (e, no "Jornal do Brasil", Rio, ultrapassando também para outras áreas culturais) - também as listagens anuais são significativas.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br