Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Belas Artes

Belas Artes

O moinho de Ivens

Ivens de Jesus Fontoura poderia preencher o item "profissão" nas fichas que assina com quase uma dúzia de palavras. Afinal, se basicamente é professor universitário – na Escola de Música e Belas Artes e no curso de Comunicação Visual da Universidade Federal do Paraná – sua criatividade nunca o permitiu ficar apenas no simples magistério.

Pacote de novidades nos bons lançamentos da VTI

Roberto Bebará, diretor da Vídeo Interamericana Ltda. - uma das distribuidoras mais organizadas do mercado - comunica que "Uma História de Amor", após lançamento no circuito Belas Artes em São Paulo e Roxy no Rio (em Curitiba), chega agora em vídeo. Também "Vivo ou Morto", já programado para vídeo, teve sucesso no circuito carioca.

Franceses assistem filmes brasileiros inéditos aqui

Enquanto no Brasil a produção cinematográfica, em longa-metragens, continua paralisada - e para que os dois principais festivais competitivos do país (Gramado, Rs, agosto; Brasília, outubro) não fossem cancelados seus coordenadores tiveram que privilegiar os curtas e médias-metragens - e criar eventos paralelos (em Gramado, abrindo-o competitivamente a outros países), no exterior o Brasil ainda vive de glórias visuais do passado.

Refilmagem de "Stella Dallas" é o cartaz

Apenas três estréias na semana - e a que parece ser mais interessante - "Stella, Uma Prova de Amor" - em solitária sessão das 20h30 no distante, frio e quase sempre vazio cine Guarani, no bairro do portão. "Um Estranho Muito Íntimo" (Intimate Stranger), do americano Allan Halzmann (cine Palace Itália) e "A Vingança de Uma Mulher", do francês Jacques Deillon (Luz) são os outros lançamentos.

Gabi vai agora trazer o novo cinema italiano

Há dois anos e meio, o cineasta e executivo cultural Jean-Gabriel Albicoco, 55 anos, mais de 20 de Brasil, coordenava o mais importante projeto para divulgação e valorização do cinema francês entre nós: o lançamento da Distribuidora Belas Artes.

Uma amarga decisão (e a desatenção com o público)

Baseado em fatos reais "O Expresso da Meia Noite" (Midnight Express, 1978, de Alan Parker) denunciou a violência sofrida por um jovem norte-americano, Billy Hayes (interpretado por Brad Davis, falecido há poucos meses vítima da Aids), preso na Turquia como traficante de haxixe. O filme - que recebeu várias indicações e o Oscar de melhor roteiro (Oliver Stone) acabou provocando problemas com aquele país - mas ficou como um denúncia dos mal tratos dispensados pela polícia turca a prisioneiros estrangeiros.

Lerner intervém para ordenar os horários dos cinemas da FUCUCU

O compromisso é agora oficial. Já na noite de quarta-feira, 19 - e formalizando-o na manhã de ontem, com determinação à sua assessoria, o prefeito Jaime Lerner quer ver resolvida, de uma vez por todas, uma irresponsabilidade que lhe tem trazido muitos aborrecimentos: a falta de critérios na programação e horários do circuito de exibição mantido pelo município através da Fundação Cultural.

Vídeo 91 - Os melhores e os mais comerciais

Assim como na fonografia - que teve uma redução de 44% nas vendas o sofisticado CD - mesmo custando a partir de Cr$ 15 mil a unidade - marcou uma ascensão (7 milhões de cópias comercializadas em 1991), o vídeo continuou a prosperar enquanto seu pai, o cinema, cada vez mais abandonado, teve um público decrescente, o que leva cada vez mais a repetirem-se últimas sessões de cinema.
Tags:

No campo de batalha

Mais uma vez, "Bric a Brac" homenageia Paulo Leminski: o número seis desta publicação cultural editada em Brasília pelos poetas Luís Turíbia e Lúcia Leão e Roza, traz um poema manuscrito que Leminski deixou inédito sobre o Distrito Federal. "Bric a Brac" - neste número impresso em papel reciclado, "como uma contribuição ecológica" - traz um importante depoimento de Caetano Veloso à Augusto de Campos, gravado no Rio de Janeiro. Além de uma série de poemas arte-finalizados em computador, apresenta também o imaginário riquíssimo da dra.

Hamlet de Zefirelli e leitora particular são as boas estréias

São cinco as estréias do circuito, com ao menos duas atrações especiais: "Hamlet", na versão de Franco Zefirelli (Itália) e "Uma Leitora Bem Particular", de Michel Deville (Luz). Para quem gosta do gênero, "A Profecia IV: O Despertar", desta vez com a direção dividida entre Jorge Montesi e Dominique Othenin Girard e um elenco de nomes desconhecidos.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br