Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Besame Mucho

Besame Mucho

As trilhas de "Wild at Heart", Ninjas e Ana Raio e Zé Trovão

Mesmo atrasando-se no lançamento do filme - exibido no ano passado, logo após ter sido premiado com a Palma de Ouro em Cannes - a Polygram marcou um tento ao editar no Brasil a interessantíssima trilha sonora de "Coração Selvagem" (Wild at Heart), de David Lynch - o cineasta cult de maior evidência nestes últimos anos.

Nas trilhas de Faustão e Salomé

É lamentável que enquanto trilhas sonoras marcantes como as que Paulo Barnabé e Sérgio Sarraceni compuseram para filmes como "O Corpo" (o grande vencedor do 24º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro) e "Vai Trabalhar Vagabundo - II - A Volta", respectivamente, não tenham chances de serem editadas, bobagens caça-níqueis - como as trilhas dos filmes dos Trapalhões, Xuxa, "O Gaúcho Negro" e "Inspetor Faustão e Malandro em A Missão" sejam lançadas na praça.

Digestivo som das telenovelas

Tendo nas trilhas sonoras de suas telenovelas a razão maior do super-faturamento que obtém desde que foi criada, a Som Livre, vez por outra anima-se até a fazer projetos de qualidade. Já gravou álbuns com poetas, fez antologias e mesmo trilhas sonoras de filmes marcantes. Mas isto no passado.

Academia de Dança trouxe a grande Orquestra Tabajara

Anualmente, um item que se torna difícil preencher na escolha dos melhores do ano é "melhor lp de orquestra de música popular brasileira". Isto porque raramente as nossas - também raras - orquestras que se dedicam a música popular têm chances de fazerem discos. Por isto o aparecimento de um álbum como "Academia de Dança - as músicas mais tocadas nas academias de dança"(Sigla/ Som Livre) merece ser saudada auspiciosamente.

As 5 décadas na voz daquele que tudo sabe sobre coisas musicais

João Gilberto sempre foi único na seleção de seus repertórios. Ao longo dos 10 elepês que gravou em quase 40 anos de carreira, pode-se notar sempre que esteve antenado com o que existe de melhor, mais importante e bem feito em termos de música. Mais do que isto!

Agora, os melhores do jazz em edições laser

Se faz lançamentos na área mais popular - como o álbum The Cleebanoff Strings & Orquestra ("Besame Mucho"), com 20 hits de várias épocas, abre uma série para Blues com diferentes intérpretes - que merecerá registro posterior - o forte da Imagem, além dos clássicos, são os discos de jazz. Desde a música das big bands - como a de Harry James, (1916-1983), com seus 14 standards mais conhecidos a partir do prefixo "Ciribiribin" - ao raro álbum com Chet Baker (1929-1988) cantando - o catálogo da Imagem é rico e diversificado.

O som das imagens com a inspiração de Wagner

A situação crítica do cinema brasileiro, com a quase completa paralisação das atividades cinematográficas e problemas diretos ou indiretos que afligem toda a comunidade artística estarão em discussão em Gramado. Não só nas reuniões em que jornalistas, cineastas, artistas, técnicos, produtores, exibidores etc., examinarão os filmes em competição, mas, principalmente, nos debates paralelos e mesmo em conversas informais.

Abba & Vaughan

Ao lado de discos-marketing montados com fonogramas de diversas fontes - e identificados apenas pelo consumo fácil - a Sigla/Som Livre também é habilidosa em colocar num mercado popular discos com "maiores sucessos" de artistas do passado ou do presente.

Pesos pesados nas telas enfraquece outras opções

A força com que "Uma Cilada Para Roger Rabbit" chega é tamanha que pode ameaçar até os dois outros pesos-pesados em termos de bilheteria que estão em exibição: "O Casamento dos Trapalhões" (Plaza/São João/Lido I) e "Willow - A Terra da Magia" (Condor). Estes, também com ótimas rendas, vão dobrar o ano - e as perspectivas de Roger Rabbit é que permaneça ao menos dois meses em cartaz.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br