Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Billie Holiday

Billie Holiday

As cantoras que fazem a grande noite do Aluada

Apesar das reduzidíssimas chances de profissionalização musical no Paraná, uma nova safra de cantoras vem se revelando graças a abertura de um dos mais agradáveis espaços noturnos - o Aluada Café Concerto (Rua Mateus Leme, 1201). Tendo a felicidade de ter escolhido como diretor musical de sua casa um dos mais competentes músicos da cidade, Gerson Bietinez, 44 anos, o empresário Hamilton Marquês vê, há 3 meses, sua casa com todas as 20 mesas lotadas todas as noites, "Mesmo com as férias e os feriadões" comenta sua esposa, a poeta Ana Cristina. xxx

Noite Vazia (IV) - Quando o endereço ajuda matar os bares musicais

Ao decidir fechar o Crystal, em 7 de novembro de 1991, Eduardo de Almeida, 33 anos, o fez não apenas pelo movimento cada vez menor que vinha inviabilizando seu projeto de manter uma casa com boa música instrumental ao vivo. É que se cansou de responder a processos junto a Prefeitura e delegacias movidos por vizinhos dos 48 apartamentos do edifício Flamingo (Rua Amintas de Barros, 36), em cuja loja o estabelecimento funcionava.

Conheça melhor outros mestres da época da música orquestral

A música das Big Bands era feita para dançar. Mesmo no caso de criadores da maior voltagem como Duke Ellington (1899-1974) a meta era produzir um som bailável, que fizesse os americanos esquecerem os problemas do crack de Wall Street (1929) e a grande depressão econômica que se seguiu - pois foi nos anos 30 que o swing fez multiplicarem-se as orquestras.

O velho Flash e as heroínas que sabem usar sensualidade

Pioneiro nos quadrinhos no Brasil, Adolfo Aizen (1905-1991) fez da Editora Brasil Americana a mais importante casa publicadora do HQs por mais de 30 anos. Hoje, voltada a área de livros infantis e especialmente a revista "Cinemim", a EBAL deixou praticamente a área dos quadrinhos tradicionais, mas foi quem lançou os grandes heróis dos anos 30 a 50 em revistas inesquecíveis.

A quinta essência dos anos de ouro de Billie Holiday

Arnaldo Fontana (1945-1982), inesquecível amigo, cinéfilo e grande apaixonado pelo melhor jazz, quando a CBS lançou no Brasil o primeiro elepê de Billie Holiday, comentava conosco: "Rezo para que este disco venda o suficiente que estimule a CBS a editar toda a obra de Lady Day!"

Conheça a pioneira Bessie agora em CD

Nem só de Ella Fitzgerald vive o jazz vocal. São dezenas as cantoras que marcaram a música americana, com interpretações notáveis. Hoje, já chega a uma dezena os CDs que trazem a pureza e perfeição daquela que foi, reconhecidamente, a mais sofredora e pungente das jazz-singers - Billie Holiday. Entretanto, em CDs, desconhecíamos até agora o registro de outra cantora negra, vigorosa e que igualmente teve vida curta: Bessie Smith (1894-1937), vítima de um acidente automobilístico, ao não ser atendida num hospital do Mississipi porque era preta.

O essencial de Billie

Há quase 20 anos, quando pouquíssimos brasileiros conheciam a voz da maior cantora de jazz de todos os tempos - Billie Holiday, o bom amigo Arnaldo Fontana - tão precocemente falecido - se entusiasmou quando a CBS lançou o primeiro elepê com Lady Day no Brasil. Extasiado, nos dizia Arnaldo: "Tomara que este disco venda bastante para que tenhamos outros em seguida!".

Ella & Louis, em dois momentos históricos

Um dos maiores prazeres que o CD/fita cromo dá aos que curtem a melhor música é de ouvir, novamente, gravações antológicas, por iluminados criadores já falecidos - ou então envelhecidos e praticamente aposentados - criaram no auge de suas carreiras. Uma dupla satisfação a quem reconhece em Ella Fitzgerald (às vésperas de seu 73º aniversário a ser completado no dia 25 de abril) - com gravíssimos problemas de saúde, em dois momentos históricos registrados com aquele que foi o popular e conhecido pistonista, cantor e compositor de todos os tempos, Louis Armstrong (1900-1971).

Clássicos e jazz agora só em edição CD/cromo

Definitivamente a era do laser chegou. Quem duvidava de que o novo processo demoraria a emplacar pelo seu custo enganou-se. Duas fábricas de CDs - a Microservice, em São Paulo e a VAT, em Manaus, estão com produção a toda para atender as várias gravadoras seja na área de reedições - desde trabalhos originais como a que Leon Barg, da Revivendo, está fazendo com antigos 78 rpm até discos dos mais comerciais - ou em lançamentos inéditos, alguns, inclusive, só saindo em CD e fita cromo.

Brenda, Lita e Vanessa, o novo som das mulheres

Mais um punhado de discos de cantoras - desde veteranas como Ella Fitzgerald, mitos como Billie Holiday (1915-1959) até gente nova, buscando seus espaços. Comecemos falando das new voices.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br