Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Chick Corea

Chick Corea

"Oriente", afinal o LP solo de Hugo Fatturoso

Beverly Hills, Los Angeles, janeiro de 1978. Na belíssima mansão de Airto e Flora, passo um inesquecível sábado californiano. A Flora havia me apanhado ainda cedo no hotel em que estava hospedado, em Westwood, próximo a U.C.A, e eu tinha reservado o dia para rever os bons amigos brasileiros. Só que, assim que entrei no Thunderbird-78 de Flora, desculpou-se: - "Apareceu uma nova excursão e o Airto está ensaiando com o grupo e preparando também a finalização de um elepê".

Um Fênix que voa alto

O primeiro disco do duo Fenix, formado por Cláudio Daueslberg e Délia Fischer, pianistas de formação eclética - mas com profunda base, passou despercebido, não encontrando a divulgação merecida. Agora, com o segundo álbum, realizado através da Dell'Arte Produções Artísticas (Praia do Flamengo, 66, bloco B/317, Rio de Janeiro, CEP 22210) mas distribuído pela Barclay, a repercussão tem sido um pouco maior - embora abaixo do que este duo instrumental merece.

Airto e Flora virão com Gillespie para Free Jazz

No domingo, Airto Moreira telefonou de Los Angeles, para a casa de sua mãe, dona Zelinda, 75 anos, contando que estava retornando de uma nova tournée, desta vez de três semanas na Inglaterra e mais uma em Cuba. Segunda-feira, 21, Beatriz Alessi, correspondente da "Folha de São Paulo" em Londres, relatava sobre a temporada de três semanas que Airto e Flora Purim haviam feito no Ronnie Scott's - a mais famosa casa de jazz da Capital inglesa - com lotação esgotada todas as noites.

Mingus, Evans, Herbie e Coleman em bons momentos

Ao lado da CBS, a WEA é a gravadora que tem investido mais maciçamente no jazz (e trazendo também blues e country), embora não se possa esquecer os bravos esforços de Jonas Silva, da Imagem - há 21 anos no mercado, a Bradisco (embora sem qualquer divulgação e critérios em suas produções e, finalmente, a BMG/Ariola, que dispondo ao acervo da RCA, começa a aproveitar melhor o tesouro sonoro que dispõe em seu arquivo.

O jazz saboroso que Cuba exporta

Cuba não é apenas sinônimo do (melhor) charuto e socialismo tropical mas, sim, sonoramente, um ilha de grande riqueza como se prova através dos gêneros & talentos musicais que ali surgiram. Se a Nova Trova Cubana - com Sílvio Rodriguez e Pablo Milanez - explodiu na última década, graças à ponte cultural que Chico Buarque (e outros intelectuais do primeiro time) souberam construir - há também outros criadores notáveis da música cubana, sem folclorismos & concessões que começam a acontecer mundialmente.

Uma geral do múltiplo talento de Miles Davis

Miles Davis seria a estrela maior do Free Jazz 88. Na última hora, cancelou sua vinda, oficialmente por razões de saúde. Aos 62 anos, completados no dia 25 de maio último, há muito tempo enfrenta problemas físicos seríssimos. Também pudera: já consumiu tudo que tinha direito.

Do passado e de agora, o jazz de melhor qualidade

Mais uma esplêndida fornada do melhor jazz para que ninguém que se interesse pelo gênero deixe de ter oportunidade de conhecer momentos iluminados - passados e recentes. Como sempre, a CBS é quem mantém a liderança - em que pese o belo trabalho que Léo de Barros faz pela Polygram e a diversificada linha de lançamentos da WEA - sem contar o catálogo da Imagem.

Os melhores do jazz em 87 (segundo a "Down Beat")

José Maurício Machline não é apenas um grande executivo e naturalmente o braço-direito de seu pai, Mathias, comandante do grupo Sharp. José Maurício é também um homem apaixonado pela música brasileira, letrista e poeta inclusive, e que há alguns anos criou uma etiqueta - a Pontier - que fez mais de trinta discos interessantíssimos com gente do melhor nível da MPB. Embora tendo desativado a Pointer e assumido funções executivas na Sharp, José Maurício não deixou de lado a sua sensibilidade artística.

No campo de batalha

Pretensão não custa nada. Por isto mesmo o prefeito José Fedrigo, de Verê, adotou como slogan para seu município a frase: "O futuro centro turístico do Sudoeste do Paraná". O impresso está em toda a correspondência oficial do município. xxx

Airto internacional vem para temporada em abril

Ao embarcar já na manhã de sexta-feira, dia 1o, para o Rio de Janeiro - de onde seguiu, à noite, para Los Angeles, Airto Guimorvan Moreira estava feliz. Passou apenas cinco dias em Curitiba e praticamente não deixou a casa de sua mãe, dona Zelinda, na Planta Avenida, no Uberaba, como faz todos os fins de ano, quando vem rever sua família.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br