Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Chico Botelho

Chico Botelho

16 mm revela presença de uma nova geração

Opção econômica e que a própria Kodak se preocupa em revitalizar, o cinema em 16mm terá um vigorosa presença no próximo XX Festival de Cinema Brasileiro de Gramado.

Artigo em 14.03.1992

Valencio Xavier será o próximo presidente da Associação Brasileira dos Pesquisadores de Cinema. A decisão é por unanimidade em reconhecimento ao muito que ele vem fazendo na pesquisa, preservação e divulgação do cinema brasileiro, em especial do paranaense, desde quando idealizou e fundou a Cinemateca do Museu Guido Viaro. A eleição oficial será durante o encontro informal de vários pesquisadores que virão a Curitiba para os exames dos candidatos a Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antônio de Los Baños, em Cuba, no próximo dia 24 de abril. xxx

Em Brasília, a discussão de pólos cinematográficos

Brasília - Tão importante quanto o fato de contrariando as mais pessimistas previsões estar sendo realizado um festival de cinema brasileiro que teve inscritos quase 50 filmes - entre longas, médias e curtas - concluídos nos últimos meses com todas as dificuldades - é a preocupação da Fundação Cultural do Distrito Federal em fazer desta oportunidade do encontro da categoria cinematográfica - dispersa e [desmotivada] desde março do ano passado - num [fórum] em que se possa discutir, na real, os (des) caminhos do cinema brasileiro - e as (poucas) veredas para que se consiga a recuperação d

Mesmo sem mercado, os curtas-metragens mostram qualidade

Brasília - Amir Labaki, crítico da "Folha de São Paulo", formado em cinema pela ECA-USP, abordará na terça-feira ao encerrar o curso "Aspectos da Linguagem Cinematográfica", um tema que se torna cada vez mais fascinante: o crescimento - em quantidade e qualidade - do curta-metragem no Brasil. Apesar de totalmente desprotegido - a lei que obrigava os cinemas comerciais a exibir curtas deixou de existir e mesmo salas teoricamente voltadas a programação cultural (como as mantidas pela Fucucu em Curitiba) passaram a hostilizar os curtas, este tipo de produção continua a crescer.

Os premiados do 24o. Festival de Brasília

LONGA-METRAGEM: filme - O CORPO; melhor filme - júri popular: "[Ameríndia], Memória e Compromisso no V Centenário"; diretor: Neville de Almeida ("Matou a família e foi ao cinema"); ATOR: Hugo Carvana ("Vai Trabalhar Vagabundo II: A Volta"); atriz ; Marieta Severo ("O Corpo"); ator coadjuvante: Eurico Martins ("Sua Excelência, o Candidato"); atriz coadjuvante: Andréa Beltrão ("Vai Trabalhar..."); roteiro: Alfredo Oroz ("O Corpo"); cenografia: Felipe Crescente ("O Corpo"); trilha sonora: Paulo Barnabé ("O Corpo");montagem: Danilo Tadeu/Eder Mazzini ("O Corpo"); e Idê Lecre

Brasília, a capital da esperança para o cinema brasileiro renascer

Na noite de 9 de julho, quando o cineasta Rogério Sganzerla, 45 anos, subiu ao palco do Cine Brasília, para receber um retrato emoldurado com a imagem de José Mojica Marinz ("Zé do Caixão") defronte o túmulo de Carmen Miranda - oferta de seu amigo Ivan Cardoso, em nome da Associação Brasileira de Cineastas, como prêmio pelo seu média-metragem "Assim é Noel", houve a única manifestação político-cinematográfica da noite - excluída às vaias dadas a Neville de Almeida (e a atriz Claudia Raia) por sua premiação como melhor diretor ("Matou a família e foi ao cinema").

De filmes, vídeos & gente que (ainda) crê na arte

Reflexo mais do que evidente da situação de penúria de quem faz cinema no Brasil: ao contrário dos anos anteriores, a delegação brasileira no Festival de Cinema Livre de Havana, que inicia no próximo dia 4 prolongando-se até 17, será reduzidíssima.

Um filme de Costa-Gravas sobre racismo na América

A mais impressionante estréia da semana chega inesperadamente, de surpresa: "Atraiçoados" (Betrayed) de Costa-Gravas, 56 anos, o mais corajoso cineasta político contemporâneo - e que desde 1968, quando "Z" ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro se dedica a um cinema de denúncia. "Betrayed" aborda a questão do racismo nos EUA e, especialmente dos grupos radicais - a partir do assassinato de um radialista em Denver, há 5 anos, com Debra Winger e Tom Berenger na frente do elenco deste filme que é de visão obrigatória e merecerá atenção especial. Em exibição no Lido II, desde ontem.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br