Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS CIC

CIC

Os apressadinhos pelos vídeos superinéditos

Há muito que o vídeo passou a antecipar o lançamento dos filmes. No princípio, eram os piratas. Agora, mesmo em lançamentos selados, muitos dos filmes mais importantes estão chegando com semanas - muitas vezes, meses - nas locadoras, para entusiasmo daquela faixa de consumidores que busca, ansiosamente, "ser o primeiro a ver" o filme a respeito do qual está falando na imprensa internacional.

Programação desfocada prejudica espectadores

Existe uma lei municipal que prevê a canalização de um percentual sobre a renda líquida das salas de exibição exploradas pela Fundação Cultural de Curitiba para um Fundo Municipal de Cinema - destinado a financiar projetos de cineastas paranaenses ou radicados em Curitiba. Acontece que o todo poderoso presidente da Fundação Cultural/Secretaria Municipal da Cultura, advogado Carlos Frederico Marés de Souza, sempre se recusou a permitir a regulamentação desta lei, alegando que a renda dos cines Groff , Ritz e Luz constituem uma das boas fontes da Fucucu.

Uma longa espera para o Mico chegar à tela

Ipojuca Pontes telefonou na segunda-feira para o atencioso Levi Salgado - gerente do escritório da Embrafilme, avisando que não poderá estar na cidade nesta semana, para ajudar a caitituar o lançamento de "Pedro Mico" (Lido II, 5 sessões, a partir de amanhã).

Filmes para melhorar rendas

Ufa! Os exibidores, parecem respirar aliviados: chegou julho trazendo os filmes para férias, promessas de gordíssimas bilheterias após uma temporada de salas vazias - não só por poucos programas atraentes em termos de qualidade, como, principalmente pelo clima polar que desanima mesmo os mais apaixonados cinéfilos a enfrentarem sessões geladas.

No campo de batalha

Outro lançamento primoroso da CIC: "O Sol é para todos" (To Kill a Mockingbird) que, em 1962, deu o Oscar de melhor ator a Gregory Peck. Concorrendo com Burt Lancaster ("O Homem de Alcatraz"), Jack Lemmon, ("Vício Maldito ) Marcelo Mastroianni ("Divórcio à Italiana") e Peter O' Toole ("Lawrence da Arábia"). Peck mereceu a premiação por sua interpretação como Abacus Finch, o afável advogado de uma pequena cidade do Alabama, a quem é dada a responsabilidade de defender Tom Robinson (Brock Peters), um negro injustamente acusado de estupro.

Sairam agora três dos melhores vídeos de 87

A cada mês melhora a qualidade dos lançamentos em vídeo. Tanto distribuidoras de São Paulo - como a Pole Vídeo, como as majors do mercado - Globo e CIC - estão esmerando-se em colocar nas locadoras (e também aos colecionadores, que se dispõem a pagar Cz$ 5 mil a unidade), alguns títulos marcantes - entre inéditos nas telas ou clássicos que valem a pena serem revistos.

Vídeonews

Há filmes que perdem muito no vídeo: "Ases Indomáveis" (The Top Gun), um dos maiores sucessos de bilheteria nos EUA em 1986, é um exemplo. Com longas seqüências aéreas, é o exemplo da produção destinada a tela ampla. De qualquer forma a CIC Vídeo lançou este produto em vídeo selado. xxx Outro lançamento da CIC, funcionando para as platéias infantis: o desenho animado "Fievel - Um Conto Americano", de Don Bluth, produção de Steven Spielberg. xxx

Temporada de fitas gordas com os indicados ao Oscar

Chegou a época das vacas gordas cinematográficas. A aproximação da noite do Oscar (11 e abril) faz com que desovem os melhores filmes do ano - coincidentemente com lançamentos de qualidade e inesperadas, boas reprises e até promoções especiais - como a excelente retrospectiva Ernest Lubitsch, que faz desaguar na Cinemateca, neste fim de semana, filmes importantíssimos da fase alemã do sofisticado cineasta. Enfim, programas múltiplos e que obrigam a organização de um esquema para dar conta das várias opções.

Os nominados para o "Oscar" do vídeo

O vídeo no Brasil também terá sua noite de Oscar. Um júri formado por seis críticos de cinema e vídeo do eixo Rio-São Paulo já selecionou, entre mais de mil títulos, os melhores do vídeo selado lançados em 1987 no mercado brasileiro. São os finalistas do II Troféu Vídeo News, que Rubens Ewald Filho, editor-assistente da revista "Vídeo" está coordenando para a publicação da editora Sigla.

O Oscar ajudará ainda mais a atração maior para o público

A surpreendente indicação de "Atração Fatal" ao Oscar de melhor filme - valendo também a Glen Close a disputa pelo troféu de melhor atriz (anteriormente já concorreu por três vezes), fará com que a carreira deste filme moralista e conservador, mas de grande empatia para o público classe média, estoure nas bilheterias do Condor, cinema em que estreou na semana do Carnaval. Apesar do esvaziamento da cidade durante o reinado do Momo, "Fatal Attraction" já fez ótima bilheteria nos primeiros sete dias de exibição - e agora, com as férias acabando, o público vai lotar todas as sessões noturnas.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br