Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Cidade Industrial

Cidade Industrial

Ligeirinho, Jaime iria para os EUA, segundo os inimigos

Duas notas de 15 linhas, na coluna "Painel", da "folha de são Paulo", edição de sábado, 18/04/1992, trouxeram euforia ao staff do politiqueiro Grecca de Macedo. Sob o título "Marca Registrada", a primeira notícia disse: "A exposição sobre Curitiba nos EUA pode render mais do que prestígio para o Prefeito Jaime Lerner e seu sócio Cassio Taniguchi. Eles patentearam a estação em formato de tubo usada na cidade e que pode ser "exportada".

As dicas para candidatos segundo Marisa

Como era previsível, o período pré-eleitoral estimula edições de manuais, ensaios e mesmo teses relacionadas à comunicação, opinião pública, técnicas de marketing eleitoral etc. a bibliografia, em português com títulos traduzidos mas, especialmente obras de autores brasileiros - evidencialmente melhores conhecedores de nossa realidade - amplia-se através de produções de editores ou mesmo trabalhos independentes.

Os secretários de Requião que trabalharam com Jaime

Apesar de todas as dificuldades que ameaçam a Prefeitura de Curitiba em relação ao governo do Estado - especialmente no caso da questão da dívida advinda da Cidade Industrial, negada pelo município, mas que o governador Roberto Requião está disposto a não perdoar - em termos pessoais o alcaide curitibano deve ter ótimo relacionamento com pelo menos dois comandantes das finanças do Estado.

Ligando bairros, uma nova área se aproxima

Mais do que a abertura de ruas de ligação entre algumas avenidas na Zona Leste da cidade, o prosseguimento da Rua Ostoja Roguski, em 700 metros, a partir do final da Rua Agamenon Magalhães / cruzamento com a Avenida Centenário - e ultrapassando a linha férrea - abrirá uma nova área da cinema, até hoje preservada pela falta de acesso. O trecho concluído - e que será oficialmente inaugurado no aniversário de Curitiba - já está permitindo alcançar a Avenida Afonso Camargo de uma forma mais rápida.

Marx quer a República do Pampa Gaúcho, Tchê!

Luiz Groff, 54 anos, um bem sucedido engenheiro civil que se tornou executivo em vários setores, ex-presidente da Cidade Industrial, idealizador e coordenador do "Programa Nosso" (de apoio às microempresas), hoje também diretor de marketing do grupo Olsen é, antes de tudo, um homem bem humorado.

No campo de batalha

A vereadora Rosa Maria Chiamulera, que apesar de ser pedetista, nunca escondeu sua paixão collorida, sorrindo muito: além da vitória de Collor de Mello, está tendo as emoções de ser mãe - "mesmo que postiça". É que adotou há 90 dias um garotão, Rafael Valentim, que a está obrigando a reduzir sua intensa vida social - especialmente nas circuladas noturnas. Mas quarta-feira conseguiu uma boa babá para o filho e foi ao jantar de Charles Degula. xxx

A "orientação" da nova equipe municipal

O engenheiro Hitoshi Nakamura, secretário municipal do Meio Ambiente, já se encontra no Japão há quatro dias. Como Jaime Lerner, ele também foi convidado oficial para as comemorações do centenário de Himeji. Afinal, além de filhos japoneses, Hitoshi estudou em universidades japonesas e tem amigos em todo o país.

Itaiópolis, terra de Airto, tem seus artistas regionais

Sempre que vem a Curitiba para visitar sua mãe, dona Zelinda, irmã e sobrinhos, que residem no bairro do Boqueirão, Airto acaba levando alguns discos de música brasileira. Geralmente são trabalhos instrumentais ou dos compositores e cantores mais famosos. Desta vez, Airto - que ao lado da esposa Flora Purim, se apresenta somente hoje a noite no auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - estará levando um disco diferente: o elepê "Artistas de Itaiópolis".

O sopro renovador de amélia na Pró-Música

Maria Amélia faz juz ao seu nome: é uma mulher de verdade. Inquieta criativa e ativíssima, esta morena mingnon sempre gostou de inovar. Há mais de duas décadas, aluna do colégio Estadual do Paraná, foi quem armou com sua colega de bancos escolares, a hoje internacional Denise Stocklos, uma brincadeira que marcou época do Paz e amor e Maria Amélia, Denise e mais algumas amigas decidiram sair pela cidade, como hippies americanas, distribuindo beijos e flores. Fizeram sensação.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br