Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Cine Luz

Cine Luz

Ciranda de amores frustrados

João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém. João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história. ("Quadrilha", Carlos Drummond de Andrade)

Em sua data, o filme sobre N. S. Aparecida

Para coincidir com a data em que o Brasil reverencia sua padroeira, N. S. Aparecida (12 de outubro), o ex-seminarista e hoje programador dos cinemas da Fucucu, Francisco Alves dos Santos, interrompe a carreira de "Setembro" (1988, de Woody Allen) e lança hoje (Cine Luz, 5 sessões) "O Milagre das Águas".

Uma semana que lembra Gramado

Na programação extra do circuito comercial, um filme da maior importância: o documentário "Açúcar Negro", do canadense Michel Regnier, 55 minutos, denunciando a situação de escravidão a que são submetidos os negros do Haiti, explorados nos canaviais das multinacionais da República Dominicana. Terá apenas três exibições na Cinemateca (hoje a domingo, 20h30), se constituindo em programação obrigatória por quem se interessa pelo cinema do real.

Imagens do Inconsciente para visão e reflexões

"A finalidade não é a obtenção do prazer estético que é o objetivo final da arte cinematográfica. Esse filme pretende ser educativo, servir de base a uma discussão embora não exclua o campo da estética". (Leon Hirzmann, em 1986, a propósito de "Imagens do Inconsciente"). xxx

Filme com Barbra é a melhor estréia nesta semana gelada

Estréias e relançamentos oportunos constituem um estímulo para enfrentar a temperatura polar e, mesmo com riscos de uma gripe, trocar o calor doméstico (e os vídeos) por filmes que estão sendo programados nesta semana. Com a temperatura caindo cada vez mais terá que haver muita imaginação dos ilustres responsáveis pelas programações dos cinemas para evitar salas vazias - e o mais grave é que o filé-mignon dos lançamentos está acabando, com o esgotamento dos filmes oscarizáveis - mesmo aqueles que não conseguiram levar os troféus.

Cinco estréias mas nada de importante

Mais uma semana de poucas atrações. Realmente, para quem gosta de cinema a programação tem sido fraca, apesar de uma outra reprise que pode atingir alguns segmentos. É o caso do emocionante "Esperança e Glória (Hope and Glory)", de John Boorman, que teve sua pré-estréia no IV FestRio, concorreu a vários Oscars, tem a mais bela trilha sonora do ano (já editada no Brasil pela SBK Songs) e que, certamente, estará entre os melhores filmes do ano. Está em exibição no Cine Luz, que anteriormente havia anunciado a reprise de "O Selvagem da Motocicleta" ("Rumble Fish"), de Francis Coppola.

O cinema cearense que está chegando

"O Caldeirão da Santa Cruz do Deserto", um longa-metragem, em 16mm, realizado pelo cineasta Rosemberg Cariry, foi o vencedor da última Jornada do Documentário, organizada por Guido Araujo. "Tana's Take", curta-metragem do alagoano Almir Guilherme e "Evocações... Nelson Ferreira" dos pernambucanos Flávio Rodrigues e Fernando Spencer e "Quem Matou Elias Zi?", do maranhense Murilo Santos estão entre os curtas mais interessantes exibidos paralelamente à I Mostra do Cinema Latino-Americano (Curitiba, 4 a 10 de outubro).

Malle faz seu belo filme com memórias da infância

Rio de Janeiro - O mergulho na memória, a sinceridade das emoções vividas produz filmes da maior empatia. Assim Louis Malle ao voltar aos seus anos de aluno de um colégio religioso, na França ocupada de 1943/44, em "Au Revoir, Les Enfants" (Adeus, Meninos) ou inglês John Boorman recordar os dias do bombardeio de Londres em "Esperança e Glória" (Home and Glory, já com previsão de lançamento comercial pela Columbia Pictures), foram os dois primeiros momentos de sensibilidade do FestRio.

Ficção e documentário estréiam nesta semana

Enquanto dois excelentes filmes continuam em cartaz neste início de semana, "Ramble Fish", de Francis Ford Coppola, no Cine Lido 2 e "Os Intocáveis", de William A Elliot, no Cine Condor, a partir de quinta-feira dois bons filmes nacionais, com a mais recomendada crítica chegam a Curitiba.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br