Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Clementina de Jesus

Clementina de Jesus

O modificado som do Carnaval brasileiro

Há mais de quinze anos que os registros musicais do Carnaval são melancólicos. A lamúria é sempre a mesma: só se canta as marchinhas e (alguns) sambas do passado, especialmente dos grandes mestres – como Lamartine Babo e João de Barro.

Uma aula de Brasil com a "Memória Viva" de Aloísio

"Porque, na verdade, o verdadeiro cinema, no seu sentido completo e no seu sentido verdadeiro e íntegro, é o que os senhores fazem. É a aproximação do fenômeno em qualquer direção, na direção científica, na direção didática, na direção puramente lúdica. O documentário é, por natureza, o verdadeiro cinema". (Aloísio Magalhães, no discurso de abertura do Encontro Nacional de Documentarista Cinematográficos, em Brasília, 16 de novembro de 1981).

Vera, uma bela mulher na "cozinha" da boa música

Excetuando-se os brasileiros que procuraram a saída dos aeroportos de Viracopos (depois Cumbica), e, principalmente, o Galeão, para fazer nos Estados Unidos as suas carreiras, podem-se contar nos dedos os bateristas-percussionistas que, no Brasil, conseguiram chegar aos seus discos-solos.

A grande família Queirolo

Nos (bons) tempos em que Hermínio Bello de Carvalho dirigia a divisão de Música Popular da Fundação Nacional das Artes, uma de suas preocupações era marcar as efemérides ligadas a nossa cultura popular na área musical com eventos alusivos.

Paulinho da Viola, a arte de ser o melhor da música

Entre tantos programas musicais que tem inundado Curitiba nas últimas semanas, um que adquire especial significado é a apresentação de Paulinho da Viola & Christina (de hoje a domingo, Paiol, 21h), com a participação de um grupo de instrumentistas do melhor nível.

A travessia pelo talento de Bituca em cinco fases

Por várias razões - mas que podem ser resumidas na questão econômica, que desistimula investimentos maiores em áreas de riscos - a maioria das gravadoras vem fazendo relançamentos às mãos-cheias. Desde as multinacionais com seus acervos históricos até pequenas etiquetas, com público específico - como a Revivendo, do bravo Leon Barg, em Curitiba, já com mais de 60 títulos na praça e preparando-se para os três primeiros Cds (Carmem Miranda, Orlando Silva e Francisco Alves).

Portela e Clementina, os documentos indispensáveis

Apesar de ter deixado a direção da Divisão de Música Popular da Funarte há um mês, Hermínio Bello de Carvalho ainda mostra sua competência: além de estarem saindo mais dois livros e elepês com a Velha Guarda da Portela e Clementina de Jesus, projetos que pessoalmente haviam merecido seu empenho, HBC, no Recife, supervisiona a produção de um livro, "Pernoite", com crônicas de Antônio Maria (Araújo Morais, 1921-1964), acompanhado de um álbum, no qual vários intérpretes rememoram as mais belas canções do autor de "O Amor é a Rosa".
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br