Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Clube Curitibano

Clube Curitibano

Depois da morte na Serra, Barão pode ser atropelado

Como o mais conhecido, em termos políticos dos descendentes do Barão do Cerro Azul, o empresário Fernando Fontana, ex-secretário da Indústria e Comércio, ex-candidato a vice-prefeito de Curitiba, já foi contatado por alguns parentes para ser porta-voz junto ao alcaide Roberto Requião, da preocupação da família: uma segunda tragédia com aquele vulto de nossa história.

A homenagem a Viaro, o melhor dos presidentes

Emotivo como bom filho de pais italianos, o advogado Constantino Viaro quase chegou às lágrimas no quente entardecer de terça-feira, 6 de janeiro - 105º aniversário do Clube Curitibano. Como ápice da série de homenagens que vem recebendo pela sua esplêndida gestão - que se encerra nesta sexta-feira, 9, com a transmissão da presidência a Fabiano Campello - Constantino foi surpreendido com a inauguração de uma placa de bronze com uma simpática mas tocante inscrição: "Viaro, você foi um presidente digno das melhores tradições do Clube Curitibano."

E o prefeito quer se tornar golfista

Sem dúvida o prefeito Roberto Requião é um homem de atitudes inesperadas. Quando iniciou sua campanha eleitoral, pela televisão, o seu primeiro ataque foi contra a Cidade Industrial, mostrando as áreas verdes bem cuidadas defronte as empresas ali localizadas e, com seu humor cáustico, comparando-as, maldosamente, a "um campo de golfe". A reação a infeliz colocação foi grande e a equipe de comunicação do jovem Requião teve que dar tratos a bola para reconquistar a simpatia dos empresários que, naturalmente, sentiram-se ofendidos. xxx

Mais do que modismo, é o samba de muita categoria

Há um mês, fazendo um dos melhores shows já vistos no Clube Curitibano, Beth Carvalho insistiu em falar em pagode antes de cantar algumas de suas melhores músicas. Para um público classe A, pouco habituado a modismos musicais, a palavra até poderia parecer estranha. Há dez quadras do Curitibano, na avenida Marechal Floriano, um antigo forró é agora o Carangueijão II - A Casa do Pagode, onde nos fins de semana, o pagode come solto.

Barulho, sexo e humor na pouca música do Rock-1986

No sábado passado, o consumo de energia cresceu durante algumas horas no Ginásio Almir de Almeida, o Tarumã e, horas depois no Clube Curitibano, grupos como Camisa de Vênus e Marca Registrada estouraram tímpanos ao som de suas guitarras e parafernália eletrônica - fazendo vibrar milhares de adolescentes. Nesta semana; outros conjuntos de rock estarão exibindo na cidade - em ginásios, clubes e mesmo teatros, já que pouco a pouco, todos os espaços vão sendo conquistados por esta garotada eletrificada.

As faíscas contra as posições de Zé Maria

Faíscas e trovões assustaram muitas pessoas que estavam próximas do vereador José Maria Corrêa, na noite de sexta-feira no Curitibano. O líder do prefeito Roberto Requião na Câmara chegou no clube - do qual é o orador oficial - para a solenidade de abertura da I Olimpic - Jogos Internos Globais - quando vários peemedebistas integrantes do primeiro escalão do Governo do Estado, o cercaram para lhe cobrar a posição que havia tomado, horas antes, na solenidade de posse do governador João Elísio Ferraz de Campos.

No Campo de Batalha

Cortaram as asas do pintor João Osório Brzezinski, 44 anos, o primeiro e mais entusiasta adepto da Asa Delta no Paraná. Como evoluiu para um sofisticado Ultra-Leve e no dia do jogo do Brasil com o Chile, insistiu em sobrevoar o Pinheirão, a infração lhe valeu um processo e a cassação, temporariamente por 30 dias, da licença de imitar os pássaros. xxx

Agora, o painel de Poty no Curitibano

Pory Lazarotto esteve na cidade e desta vez trouxe um novo projeto para mural. A pedido de seu amigo, o advogado Constantino Viaro, presidente do Clube Curitibano, o nosso mais famoso artista plástico desenvolveu o projeto de um grande mural para o hall de entrada na sede da Avenida 7 de Setembro. xxx

No repicar dos tamborins

O arquiteto Fernando Popp, 30 anos, folião de larga quilometragem na noite, foi quem fez a decoração para o Clube Curitibano. A homenagem maior é ao palhaço Chic-Chic (Otelo Queirolo), uma das figuras mais queridas da cidade e lembrado sempre com saudades pelos que têm mais de 30 anos. xxx Bento Chimelli decidiu investir em marketing carnavalesco: através de suas empresas liberou 50 milhões para ajudar algumas escolas. xxx Já a firma Faureto, que explora o ramo de out-doors, liberou 40 espaços para a Mocidade Azul vender o seu peixe, digo, o seu samba. xxx

Afinal, o anuário estatístico atual

Como o Departamento Estadual de Estatística está sendo dirigido por profissional da área - a professora Zélia Milleo Pavão - os resultados positivos nesta área fundamental para o planejamento do Estado estão aparecendo.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br