Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Encontro Marcado

Encontro Marcado

Araken, um homem que amava o mundo

Paraná, abril de 1971, Haroldo Leon Perez substitui Paulo Pimentel no Governo e inicia uma administração de ódio e perseguições. O ESTADO é o único jornal a enfrentar o udenista que se julga dono do mundo. Poucos jornalistas se acorajaram a assinar colunas críticas denunciando as irregularidades da nova administração - que poucos meses depois levaram o então presidente Médici a obrigar a sua "renúncia".

No campo de batalha

Maria Luiza Dornas, coordenadora-executiva da comissão organizadora do festival, vem merecendo elogios: tudo está funcionando a contento, com o público prestigiando desde quarta-feira as sessões no cine Brasília - superlotado em suas sessões; os filmes de 16mm apresentados na Sala Alberto Nepomuceno e uma programação interna dentro do Kubitschek Plaza que ocupa o tempo de todos: debates com os realizadores dos filmes em competição; mesas-redondas sobre mercado de vídeo, cinema & TV (hoje à tarde) e indústria cinematográfica (amanhã). xxx

No campo de batalha

Não poderia ter sido mais proveitosa a passagem de Ziraldo por Curitiba no último fim-de-semana: além do prazer de assistir a estréia de "Flics" pelo Ballet Guaíra, fez duas concorridas palestras dentro do projeto Encontro Marcado, coordenado por Araken Távora, e no Solar dos Leões participou de uma "Tarde de Criação" com as crianças. xxx

No campo de batalha

Dono de belo texto, o jornalista Jaime Lechinski, secretário de Comunicação Social da Prefeitura de Curitiba, colocou toda sua sensibilidade para fazer o texto-apresentação de sua musa inspiradora, a artista plástica Leila Pugnaloni, para a mostra "Tudo de Novo" (sede da Fundação Cultural, Praça Garibaldi, até o dia 26). Com Leila, generosamente, dividiu a exposição com Rogério Moura Dias, o artista de Jacarezinho também ganhou palavras afetuosas de Lechinski. xxx

Vem até astrônomo para ajudar peça de Galileu

Homem de grandes idéias e muita voltagem para realizações, Araken Távora, 52 anos, tem sido um colaborador espontâneo e salutar nos eventos culturais do Paraná. Por exemplo, com sua iniciativa em promover um ciclo de palestras em torno de Shakespeare, há algumas semanas, compensou a frustração artística que foi a lamentável montagem de "Otelo", que agora está sendo levada ao Interior. Se no palco, o clássico texto de Shakespeare fracassou, ao menos na promoção paralela houve um bom nível, com exibição de vídeos e palestras de especialistas na obra do autor inglês.

No campo de batalha

O jornalista Arakem Távora vai reiniciar o programa "Encontro Marcado", patrocinado pela IBM e através do qual tem aproximado escritores junto a platéias universitárias. Em outubro trará Ziraldo Alves Pinto, que no dia 3 estará na Universidade de Londrina. Depois, em Curitiba, a programação se estende - coincidindo com a estréia do ballet inspirado em "Flicts", com música de Sérgio Ricardo. xxx

No campo de batalha

O cineasta e ecologista Frederico Fullgraf não pára. Acaba de chegar de longa viagem a Alemanha, com retorno via Nova Iorque, trazendo muitas novidades. Uma delas é um embasamento internacional para a recém criada Fundação Terra de Pesquisas Ecológicas e Educação Ambiental. Para expor os projetos desta nova instituição - mais do que simples preservacionista, também operacionalmente ativa em vários setores - Fullgraf chega a Curitiba na próxima semana. xxx

No campo de batalha

Vicente de Paula Athayde, 46 anos, professor, escritor e editor, perdeu a direção do Colégio Estadual Loureiro Fernandes, devido a sua participação na greve dos professores. Houve manifestações de solidariedade. Tranqüilo, Vicente diz que o episódio "enriqueceu meu currículo e é mais uma experiência pessoal". Um bom gancho para seu próximo livro. xxx Como editor, Vicente está lançando "E não Foi Deus quem Fez o Homem", de Delmir de Andrade, escritor de Cascavel que, em sua opinião, é "uma grande revelação". xxx

Os combates literários do experiente Quintella

A edição praticamente simultânea de dois romances - "Combati o bom combate" (relançado pelo Clube do Livro, 172 páginas) e "Amor às Vezes" (contos, Record) está animando ao escritor Ary Quintella, normalmente avesso às viagens, a aceitar alguns convites para fazer palestras e debates. Hoje, com as novas regras do marketing cultural, os autores têm que deixar a privacidade de suas bibliotecas e encontrarem o público, especialmente os jovens, interessados em conhecer o homem antes da obra.

Araken, criatividade em mil rotações por minuto

Araken Távora é um dos mais conhecidos jornalistas brasileiros. Ao longo de mais de três décadas de atividades profissionais passou por redações das mais importantes publicações, fez um histórico programa na FTE ("Os Mágicos") que lhe valeu um Golfinho de Ouro do Museu da Imagem e do Som, do Rio de Janeiro e, antecipado-se aquilo que se tornaria um modismo na imprensa americana - a publicação de livros-reportagens up to date, também escreveria livros-reportagens com a agilidade do jornal.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br