Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Fernanda Morini

Fernanda Morini

Valêncio documenta em vídeo as pinturas pré-colombianas

Numa prova de competência, agilidade e talento, Valêncio Xavier, idealizador e coordenador do projeto Americanicidade ,realizou em menos de 60 dias úteis - e com um custo inferior a Cr$ 3 milhões - um documentário em vídeo que poderá ter grande impacto na programação audiovisual paralela da eco 92, em junho próximo no Rio de Janeiro, além de, com legendas em português, espanhol e inglês merecer projeções internacionais.

Um projeto para que se possa ver o Paranpa AC

Com seu fato jornalístico em que se soma a sensibilidade de homens de imagens - fotógrafo, cineasta e profissional da televisão - com uma sempre imensa preocupação cultural, Valêncio Xavier, 55 anos, ao idealizar o projeto Americanicidad - iniciado em outubro do ano passado e que se estenderá pelos próximos 10 meses, identificado as comemorações dos 500 anos da chegada de Colombo à América - lembrou-se de que há anos o professor Blasi e alguns poucos outros idealistas vêm pesquisando as pinturas rupestres em algumas regiões do Paraná - especialmente no município de Piraí do Sul.

Um projeto para que se possa ver o Paranpa AC

Com seu fato jornalístico em que se soma a sensibilidade de homens de imagens - fotógrafo, cineasta e profissional da televisão - com uma sempre imensa preocupação cultural, Valêncio Xavier, 55 anos, ao idealizar o projeto Americanicidad - iniciado em outubro do ano passado e que se estenderá pelos próximos 10 meses, identificado as comemorações dos 500 anos da chegada de Colombo à América - lembrou-se de que há anos o professor Blasi e alguns poucos outros idealistas vêm pesquisando as pinturas rupestres em algumas regiões do Paraná - especialmente no município de Piraí do Sul.

"Sampaku" encerra hoje a competição do festival

Dentro das diferentes temáticas vistas nos 30 filmes que competem nesta 19ª edição do Festival, "Sampaku - O Olho da Ambição", está sendo aguardado com muita expectativa. Rodado originalmente em 16mm - com transposição para 35mm graças a associação do laboratório Líder como co-produtora - e um orçamento modesto (ao redor de Cr$ 140 milhões), tem a credenciá-lo o talento de José Joffily Filho, 45 anos, um dos melhores roteiristas do cinema brasileiro e que estreou com a comédia "Urubus e Papagaios".

"Cortesia" demagógica com filmes alheios

Se não fosse a dignidade e coerência dos realizadores Fernando Severo e Fernanda Morini, a "coordenadoria" (sic) de cinema da Fucucu teria criado um constrangedor atrito entre o prefeito Jaime Lerner e a secretária Gilda Poli.

Direito de resposta

Reportando-me ao que foi veiculado, terça-feira, na coluna, sob o título CORTESIA DEMAGÓGICA COM FILMES ALHEIOS, apreciaria imensamente, a bem da verdade, esclarecer o que segue:

Cortesia demagógica com filmes alheios

Apesar das 144 linhas ocupadas em nossa coluna de ontem pelo "Direito de Resposta" do sr. Francisco Carlos Nogueira, Coordenador de Cinema da Fundação Cultural de Curitiba, nenhuma das colocações feitas na edição de 10 do corrente ("Cortesia demagógica com filmes alheios) foi contestada. Ao contrário, o coordenador (sic) reconhece que a ajuda que a FCC liberou foi realmente "irrisória" frente aos valores atualizados dos filmes e que a Mostra Internacional de Curta-metragens só veio a Curitiba graças a sra.

Nas imagens de "Michaud", a busca do paraíso ecológico

A raquítica filmografia sobre as artes plásticas no Paraná ganhou uma excelente contribuição graças ao talento de um cineasta paulista, Roberto H. D'Ávila: "Michaud", curta de 10 minutos, 16mm, rodado no Litoral faz com que um dos mais sensíveis pintores de paisagem paranaense seja praticamente redescoberto.

Paisagem do Litoral paranaense abre o 19º Festival de Gramado

Pela primeira vez nos 19 anos do Festival de Gramado, as primeiras imagens a serem projetadas na ampla tela do cine Embaixador, amanhã à noite, serão de um filme totalmente feito no Paraná: "Os Desertos Dias", ex-"Longas Sombras no Fim da Tarde", que Fernando Severo rodou entre abril/maio de 1989 em Antonina, Morretes e Ilha do Mel foi o curta programado para abrir ao mais badalado evento cinematográfico do país.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br