Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Fernando Solanas

Fernando Solanas

"Sampaku" encerra hoje a competição do festival

Dentro das diferentes temáticas vistas nos 30 filmes que competem nesta 19ª edição do Festival, "Sampaku - O Olho da Ambição", está sendo aguardado com muita expectativa. Rodado originalmente em 16mm - com transposição para 35mm graças a associação do laboratório Líder como co-produtora - e um orçamento modesto (ao redor de Cr$ 140 milhões), tem a credenciá-lo o talento de José Joffily Filho, 45 anos, um dos melhores roteiristas do cinema brasileiro e que estreou com a comédia "Urubus e Papagaios".

Um fórum para debater porque o cinema latino-americano vai mal

Salvador - A presença de realizadores de países como o Chile - com uma delegação liderada pelo cineasta Silvio Caiozzi, Argentina, Peru e Cuba, no encontro com brasileiros que, direta ou indiretamente estão ligados ao cinema e vídeo proporcionou que uma das mais produtivas conseqüências desta XVIII Jornada de Cinema fosse o Fórum Latino-americano de Cinema e Vídeo, que aconteceu durante três dias, na sede da Associação Baiana de Imprensa, com debates esclarecedores.

Pornôs remontando o sexo já filmado

Organismo responsável pela legislação e fiscalização do cinema e vídeo no Brasil, o conselho do Cinema Nacional - CONCINE, expediu 75 certificados de produtos brasileiros em 1989. Neste total estão incluídos 39 filmes pornográficos (não considerados no comentário acima), 8 filmes antigos (reapresentados como novos), um latino-americano com certificado brasileiro para cumprimento da lei de reserva do mercado ("Sur-Amor e Liberdade", Argentina, 1987, de Fernando Solanas) e três recensurados ("O Ébrio", "A Virgem de Colina" e "Severina Xique Xique").

No campo de batalha

1) - Dois dos mais belos rostos internacionais presentes no festival não estão nas telas, mas sim no júri de longa-metragens. A espanhola Assumpta Serna, que Pedro Almodovar lançou em "O matador", (e que há três anos esteve no Rio, quando aquele filme disputou pela Espanha) e que recentemente participou das filmagens, na Bahia, da produção americana "Wild orchide". Já a francesa Helena Bonham Carter, cabelos pretos, pele branquíssima, apesar dos conselhos para não se expor ao sol fortíssimo, na manhã de quarta-feira, já parecia queimadinha.

Sendero Luminoso e assassinato de dom Romero nas telas do IV FestRio

Fortaleza São dois os temas dos seminários que estão sendo realizados paralelamente ao FestRio-Fortaleza: "O Cinema e a Questão Social" e "A Revolução Francesa e o Cinema". Dentro destas temáticas mais de 20 filmes especiais foram selecionados pela coordenadora do evento, a jornalista e videomaker Cláudia Furiati, para permitirem ao público interessado em ver grandes momentos do cinema como elemento vivo e eterno de reflexão sobre a sociedade, sua questão social e aspectos da revolução francesa - cujo bicentenário comemorou-se este ano.

Ótimos filmes em exibição

A programação continua a esquentar com lançamentos para diferentes faixas: os filmes-revelações de Cannes-89 estão chegando - "Sexo, mentiras e videotapes", de Steven Sondenberg, previsto para os próximos dias no Ritz (pré-estréia amanhã, 24 horas), enquanto "Faça a Coisa Certa", de Spike Lee, substituirá "Chuva Negra", de Ridley Scott - que apesar de seus méritos e marketing estreou com público abaixo do esperado: pouco mais de 5 mil espectadores na primeira semana (apesar disto continua no Condor).

Faça a coisa certa vendo o excelente filme de Lee

Bastaria a estréia de "Faça a Coisa Certa" (Condor, 5 sessões) para fazer desta uma das semanas mais importantes do ano, o polêmico, irreverente, crítico, atualíssimo e inteligente filme de Spike Lee, que desde maio do ano passado - quando teve sua apresentação mundial em Cannes - é daquelas obras que fazem renascer a confiança no cinema.

Quatro boas estréias nas telas de Curitiba

Os bons filmes estão chegando! Apesar das férias que estimulam programações de filmes caça-níqueis, raramente acima do nível de entretenimento descartável, estréias mais consistentes começam a chegar. Só nesta semana há quatro programas indispensáveis de serem conferidos: "Chuva Negra", de Riddley Scott (Condor), "Quando Me Apaixono", de Taylor Hackford (Bristol), "Gente Diferente", de Andrei Konchalovsky (Palace Itália) e "Na Trilha dos Assassinos", de John Frankenheimer (São João).
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br