Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Festival de Gramado do Cinema Brasileiro

Festival de Gramado do Cinema Brasileiro

Festival de Gramado em exibição nacional

Desde ontem o Festival de Cinema de Gramado deixou de ser um privilégio dos que vão à paradisíaca (e gelada) cidade serrana gaúcha. Numa iniciativa inédita em termos de festivais cinematográficos, a Embrafilme e a comissão organizadora daquele evento decidiram democratizar os longas em competição: assim, os filmes estão sendo apresentados simultaneamente em cinemas de nove capitais (Curitiba, Cine Lido II, 5 sessões), para que o público interessado possa, também em primeira mão, analisar a produção selecionada para disputar os Kikitos - o troféu que simboliza o festival.

Giorgetti, o grande vencedor de Gramado

Ugo Giorgetti, 47 anos, bem sucedido diretor de filmes publicitários (mais de 50 prêmios no Brasil e Exterior), após uma estréia num documentário sofre Eder Jofre ("Quebrando a Cara", 1985) e um primeiro longa no qual se voltou a um grupo de deserdados da sorte, ironicamente vivendo numa mansão vazia num dos mais sofisticados bairros de São Paulo ("Jogo Duro", em exibição no Luz) em "Festa" continua a mostrar, com ironia e crítica, o outro lado de personagens marginalizados: um músico, um jogador de sinuca e um velho artista decadente são contratados para atuar numa festa suntuosa, no qu

Apesar de tudo, há gente otimista com nosso cinema

Na entrada do Salão de Convenções do Hotel Serrano, um painel anuncia, com fotos coloridas, quatro novas produções nacionais co-produzidas pela Embrafilme mas que não estão concorrendo nesta 17ª edição do Festival: "Forever", de Walter Hugo Khouri (esta realizada com fartos recursos internacionais); "Lua Cheia", de Alain Fresnot (que terá uma mostra hors concours, na tarde de hoje, quarta-feira), "Sonhei com Você", de Ney Sant'Anna (filho de Nelson Pereira dos Santos), com a dupla Milionário e Zé Rico (com quem Nelson Pereira dos Santos já havia feito "Na Estrada da Vida", sucesso até

No campo de batalha

1) - O próprio Fernando Sabino - que estava sendo aguardado ontem deve estar dividido: afinal, duas de suas estórias inspiraram filmes que estão em competição. Ontem foi exibido "O Grande Mentecapto", com um elenco de nomes famosos - Diogo Vilela, Osmar Prado, Luís Fernando Guimarães, Imara Reis (aliás, competindo em vários outros curtas e longas em exibição no festival), Débora Bloch, Antônio Pedro, Regina Casé, Jofre Soares, Emiliano Queiroz, Maurício do Valle e até Cláudio Correa e Castro.

Sabino na tela ganha torcidas

Gramado - Em termos de júri popular, "O Grande Mentecapto", exibido na quarta-feira, é candidato forte a levar alguns Kikitos. Mas outro filme igualmente adaptado de um texto de Fernando Sabino se impôs como outro dos favoritos ao ser projetado ontem à noite - e que hoje poderá ser visto em nove capitais brasileiras (em Curitiba, Lido II, 5 sessões): "A Faca de Dois Gumes".

Esquenta a competição neste fim de semana

Gramado - É difícil circular no Centro de Convenções do Hotel Serrano. São centenas de pessoas - entre artistas, cineastas, produtores, jornalistas, etc., etc. - que se acotovelam pelo amplo hall, lotam a sala Érico Veríssimo - na qual acontecem as projeções dos filmes em 16mm e os debates dos filmes em competição, espalham-se pelos outros espaços deste moderno local que tem no festival de cinema o seu principal evento anual.

No campo de batalha

1) - Difícil, com antecipação, fazer previsões das premiações de hoje à noite. Após a exibição hors concours de "Lili, a Estrela do Crime", de Lui Farias (que representou o Brasil no último FestRio, ao lado de "O Mentiroso", de Werner Schulmann), serão anunciados os vitoriosos desta 17ª edição do Festival de Gramado. Em termos de voto popular, os preferidos são "O Grande Mentecapto", entre os longas, e "A Garota das Telas", de Cao Hamburger - filme de animação que fascina o público (é até covardia colocá-lo em competição após já ter sido premiado em outros festivais). xxx

No campo de batalha

Dom Fernando Henrique Figueiredo, 49 anos, que assume no próximo dia 27 a diocese de Santo Amaro, em São Paulo, tem muitas ligações curitibanas. Mineiro de Muzambinho, ordenou-se em Curitiba, 1960. Aqui residem duas irmãs - Maria de Lourdes Figueiredo Braga e Bulina Figueiredo, um irmão, Antônio e sua mãe, dona Josefina. xxx Uma das sobrinhas de Dom Fernando é a cantora e editora Olenka Figueiredo Braga, que há 8 anos edita a revista "Coro de Cordas". xxx

"Ilha das Flores", o sôco na consciência dos espectadores

Comparar o impacto que "Ilha das Flores" causou ao ter a sua primeira exibição pública, na noite de quinta-feira, 15, no Cine Embaixador, em Gramado, aquele que a apresentação de "Cidadão Kane", de Orson Welles motivou há quase 50 anos, é exagero. Mas não há dúvida de que raras vezes um curta-metragem trouxe tanto entusiasmo junto ao público e à crítica, quanto este curta do gaúcho Jorge Furtado, que, merecidamente, ficou com nada menos que nove Kikitos na 17ª edição do Festival do Cinema Brasileiro de Gramado.

Morre mais um pioneiro de nossa TV: Romualdo

O programa de prêmio-estímulo para a área de vídeo, já anunciado na tarde de quinta-feira, poderá ter o nome de PROJETO ROMUALDO OASALUK. Será uma maneira de se homenagear um dos pioneiros da televisão no Paraná, sepultado na tarde de terça-feira, 18, no cemitério da Água Verde. Pouquíssimos amigos de Romualdo souberam de sua morte, ocorrida em Gramado, Rio Grande do Sul, onde residiu nos últimos 10 anos. Seu corpo foi transladado para Curitiba. xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br