Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Festival de Gramado do Cinema Brasileiro

Festival de Gramado do Cinema Brasileiro

No campo de batalha

1) - O próprio Fernando Sabino - que estava sendo aguardado ontem deve estar dividido: afinal, duas de suas estórias inspiraram filmes que estão em competição. Ontem foi exibido "O Grande Mentecapto", com um elenco de nomes famosos - Diogo Vilela, Osmar Prado, Luís Fernando Guimarães, Imara Reis (aliás, competindo em vários outros curtas e longas em exibição no festival), Débora Bloch, Antônio Pedro, Regina Casé, Jofre Soares, Emiliano Queiroz, Maurício do Valle e até Cláudio Correa e Castro.

Sabino na tela ganha torcidas

Gramado - Em termos de júri popular, "O Grande Mentecapto", exibido na quarta-feira, é candidato forte a levar alguns Kikitos. Mas outro filme igualmente adaptado de um texto de Fernando Sabino se impôs como outro dos favoritos ao ser projetado ontem à noite - e que hoje poderá ser visto em nove capitais brasileiras (em Curitiba, Lido II, 5 sessões): "A Faca de Dois Gumes".

Esquenta a competição neste fim de semana

Gramado - É difícil circular no Centro de Convenções do Hotel Serrano. São centenas de pessoas - entre artistas, cineastas, produtores, jornalistas, etc., etc. - que se acotovelam pelo amplo hall, lotam a sala Érico Veríssimo - na qual acontecem as projeções dos filmes em 16mm e os debates dos filmes em competição, espalham-se pelos outros espaços deste moderno local que tem no festival de cinema o seu principal evento anual.

Cinema para ler

A bibliografia de cinema em português tem crescido, conforme aqui registramos na semana passada, em vários setores: biografias, ensaios e mesmo roteiros de filmes. Este último, pela sua própria especificidade, é ainda o que menos entusiasma os editores, pois só os que realmente se interessam por cinema - inclusive com sonhos profissionais de se tornarem roteiristas ou diretores - é que buscam volumes que tenham a transcrição de toda a parte escrita de um filme.

Estão no laboratório os candidatos para Gramado

Dos sete filmes que estão prontos e em lançamento pela Embrafilme neste semestre, apenas dois são inéditos o suficiente para justificar sua participação no XVIII Festival do Cinema Brasileiro de Gramado: "A Faca de Dois Gumes", de Murilo Salles, baseado na novela de Fernando Sabino, com Paulo José, José Lewgoy, Marieta Severo e José de Abreu e "Jardim de Alah", de David Neves.

Um festival como o país (Desanimado e sem luz)

O mais antigo dos festivais de cinema no Brasil, símbolo de resistência democrática nos anos mais duros da Ditadura Militar (e que sofreu suspensão por 4 anos, devido ter se transformado num centro de contestação nos anos 70), o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro vem sofrendo, nos últimos anos, um esvaziamento artístico-político.

Os grandes talentos nos pequenos filmes

No III Festival Internacional de Cinema, Vídeo e Televisão - de cujo júri de curta-metragem fizemos parte - "Frankenstein Punk", de Eliane Fonseca e Cao Hamburger, conseguiu unanimidade imediata: foi o melhor curta daquela mostra.

Festivais mostram cinema que se aprende na escola

Os festivais de cinema estão abrindo-se para uma vitrine dos filmes realizados por uma novíssima geração, saída dos (poucos) cursos existentes no Brasil. Este ano, a maior revelação foi da dupla Paulo Halm e Luiz Campos, da Universidade Federal Fluminense, que com o contundente "PSW - Uma Crônica Subversiva", média metragem de 50 minutos, denunciando o desaparecimento do deputado catarinense Paulo Stuart Wright, em setembro de 1973, nos cárceres do DOI-COI, São Paulo, praticamente revelaram mais um fato trágico dos anos de ditadura e que permanecia esquecido da história oficial.

O discurso amoroso com o marketing de Fagundes

É uma pena que certas promoções culturais não aconteçam com maior planejamento: a temporada de "Fragmentos de um Discurso Amoroso" (Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, 27 a 31 de outubro, 21 horas, ingressos entre Cz$ 2.500,00 a Cz$ 1.500,00) poderia ser uma motivação para que fossem exibidos nesta semana dois interessantíssimos filmes realizados com base também no texto de Roland Barthes - "A Espera", de Maurício Farias e "Carlota / Amorosidade", de Adilson Ruiz - e, por que não!
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br