Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS FestRio

FestRio

17 países mostram o que há de novo para o cinema

Como na maioria dos festivais de chamada classe A - isto é, os que tem apenas filmes inéditos, recém-produzidos, em competição - de princípio, há ainda pouca informação sobre os longas e curtas que estarão disputando as premiações. Há muitos filmes de realizadores jovens ou vindo de países cuja cinematografia ainda são desconhecidas entre nós. Pouco a pouco, porém, com a projeção dos filmes e a grande cobertura que recebem se descobrem novos talentos e também, naturalmente, as frustrações, muitas vezes de nomes até conhecidos.

Noite de abertura com poetas mortos

Peter Weir, 45 anos, diretor australiano "Pic-nic na Montanha Misteriosa", 75; "Galipoli", 82), consagrado a partir de "O Ano em que Vivemos em Perigo" (1982) e que posteriormente realizou "A Testemunha" (85) e "Mosquito Coast" (86, ainda inédito no Brasil), é o diretor de "Sociedade dos Poetas Mortos", filme de ambições literárias, estrelado por Robin Williams ("Popeye", "Good Morning, Vietnã"), que interpreta seus alunos a viverem vidas extraordinárias.

Do barquinho ao avião, uma história por especialistas

A Bossa Nova, pelo seu significado cultural, pela permanência que trouxe à MPB - rompendo tabus e dando bases a toda uma geração que nela soube beber as melhores influências - até hoje mereceu mínima bibliografia. Ramalho Neto, na época diretor artístico da RCA (hoje BMG/Ariola), foi o primeiro a tentar uma biografia do movimento chamado "Historinha do Desafinado" - obra há muito esgotada. Alguns outros pesquisadores e ensaístas voltaram-se bissextamente ao tema, mas sem um estudo de maior fôlego.

O FestRio em Fortaleza

Fortaleza De Aramis Millarch, enviado especial - Pela primeira vez nas seis edições do FestRio, o catálogo ficou pronto antes do evento começar - e um volume de 128 páginas contendo informações básicas sobre os 159 filmes entre longas e curtas - e dos 120 diferentes programas de vídeo e televisão, que estão sendo apresentados nos diferentes espaços ocupados por esta promoção que trouxe o mais importante festival de cinema do Hemisfério Sul para a ensolarada capital cearense.

Uma visão mundial do vídeo de todo o mundo

Fortaleza A multiplicidade dos programas oferecidos nas edições do FestRio, em suas cinco primeiras edições (1984/88) sempre foi tão ampla, que nunca houve condições, nem para a imprensa e muito menos para o público, de acompanhar e valorizar, na medida do necessário, as mostras de vídeo (e programas de televisão) que são apresentados, em exibições informativas ou concorrentes. Hamilton Costa Pinto, responsável pela área, sabendo sentir a grandeza destes novos veículos audiovisuais, através de contatos em todo o mundo, a cada ano supera-se em trazer o que há de mais interessante.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br