Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu

JG, cada vez melhor

Primeira crítica: amanhã, logo cedo, Jorge Cavaco, o simpático representante territorial da WEA Discos, começa a vender nas lojas da cidade aquele que pode ser o melhor disco do ano: "Amoroso" com João Gilberto. Gravado nos estúdios Rosebud, em Nova Iorque, nos dias 17 a 19 de novembro do ano passado e complementado nos estúdios da Capital, em Hollywwod, de 3 a 7 de janeiro de 77, o novo disco de Gilberto é , como não poderia deixar de ser, um evento todo especial.

No campo de batalha

Aleixo Zonari decidiu que "Pelle, o Conquistador", de Bille August, deve ser visto por mais gente. Assim, mesmo com a pequena renda obtida no Bristol, este filme - premiado com o Oscar-89 e Palma de Ouro (Cannes-88) volta a ser exibido a partir de quinta-feira no Cinema I. xxx Mais uma técnica da Suhrema no Exterior: viajou dia 1o. de janeiro, para Madrid, a Sra. Laura de Jesus de Moura e Costa, que durante 3 meses fará curso de mestrado em contaminação ambiental na capital espanhola. xxx

Mais uma vez, talentos dos "ratões" vence em Cascavel

Repensar meu mundo Por onde ele irá E todos sonhos loucos que eu puder sonhar Ter o som das matas No meu violão E assim descobrir sem medo outra canção. ("América dos Nus", de José Alexandre; primeira classificada no XVII Fercapo, Cascavel, 29/07/89). xxx

Dinheiro italiano para autonomia da "Gráfica"

Miran (Oswaldo Miranda Jr.), nome maior do designer no Paraná - e hoje com projeção internacional - está se dando a um prazer que buscava há 6 anos: dedicar-se "full time" a sua maior criação, a Revista "Gráfica". Este sonho que teve início no segundo semestre de 1983, quando apresentou o primeiro número da mais sofisticada publicação já produzida no Paraná, tornou-se possível com o ingresso em sua empresa - Casa de Idéias - Editora de Vídeo e Gráfica Ltda.

Bons tempos do Paraná - 24 (II)

O Paraná, por sua formação étnica com imigrantes de vários países, que chegaram em sucessivas levas, oferece amplo campo para estudos demográficos e de interação sócio-cultural. E folheando-se relatórios como o que há, 56 anos, o então secretário geral do Estado. Alcides Munhoz, encaminhou ao governador Caetano Munhoz da Rocha, observa-se, entretanto, que ao menos entre 1923/24, não havia muita preocupação em naturalização dos imigrantes.

Observatório

Fiel a uma posição oposicionista que chega este ano a maioridade - 18 anos que tem continuidade agora no PMDB - o advogado Francisco Brito de Lacerda, o único da numerosa clã lapeana, famíliar e afetivamente ligado ao governador Ney Braga a ter rompido, em termos policiais, com o chefe do Executivo estadual, esta revisando os originais de um novo livro de crônicas, que, a julgar pelo título, promete ter algumas farpas: << Espadas de Mentiras >> .

Observatório

INICIADO dia 28 de abril e estendendo-se até domingo, dia 4, realiza-se em Bonn o << Begenung Mit Brasilian >> (Encontro com o Brasil), Eneida Newman, ex-vice-consulesa da República Federal da Alemanha no Paraná, agora em Bonn, onde o vice-cônsul Karl Newmann já reassumiu novas funções no Ministério das Relações Exteriores, conta que doa 28, segunda-feira os bailarinos Clyde Morgan e Lais Góes, de Salvador, abriram no Kultur Forun uma série de apresentações de danças afro-brasileiras.

Imagens coloridas de um Paraná para estrangeiros

"Ser paranaense é, até certo ponto, um acidente: ser PARANISTA é uma glória". (Romário Martins, 1874-1948).

Muita política no novo cineclubismo

Dentro das intensas atividades cinematográficas que movimentarão Curitiba a partir de hoje, com a realização do Fórum do Cinema Documentário, encontro de dezenas de documentaristas para discussão de problemas de produção e distribuição dos curtas-metragens e exibição de importantíssimos filmes deste gênero, haverá também muito debate político. Mas a questão vai esquentar, mesmo, no final da próxima semana, quando na Cinemateca do Museu Guido Viaro estará acontecendo o I Encontro de Cineclubes da Região Sul.

Requião, o mestre do Direito e as frustrações da política

Se como professor de Direito Comercial, autor de 8 obras que já atingiram, em conjunto, mais de 50 edições, sente-se plenamente realizado, com reconhecimento nacional, em termos políticos, de quem deu alguns dos melhores anos de sua vida naquilo que acreditava, Rubens Requião, 71 anos, não deixa de transparecer uma certa frustração.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br