Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Fundação Teatro Guaíra

Fundação Teatro Guaíra

No campo de batalha

Um destaque que deve ser feito em relação aos músicos que estiveram no Paiol, no último fim de semana, acompanhando Johnny Alf: o saxofonista Idris Boudrioun (Nancy, França, 05/01/1958), radicado há 8 anos no Brasil e que já fez dois esplêndidos elepês como solista. Junto com Idris, vieram o baterista Ivo Caldas, 43 anos e o baixista Lúcio Maciel, 34. xxx

Viaro deixa Teatro Guaíra por excesso de burocracia

Enquanto pessoas incompetentes e despreparadas agarram-se ao poder na área cultural do município, o governo Roberto Requião registra sua primeira perda: sexta-feira, às 16h45, o advogado Constantino Baptista Viaro, 51 anos, entregou nas mãos da secretária Gilda Poli, da Cultura, a sua carta com pedido de demissão, irrevogável, da Superintendência da Fundação Teatro Guaíra.

Mário Celso contra os "picaretas" artísticos

Em sua tríplice condição de homem de comunicação - produtor-apresentador de "A Simpatia Está no Ar", na Rádio Independência, um dos programas de maior audiência à tarde - político e vereador, Mário Celso Cunha, 46 anos, preocupa-se com a imagem negativa que Curitiba vem ganhando quando acontecem escândalos e golpes no meio artístico-cultural.

O concerto gravado do Duo Carrasqueira

Mesmo as maiores gravadoras na área dos clássicos - como a Polygram, CBS e EMI/Odeon - são relutantes na produção de alguns álbuns com música erudita com artistas brasileiros. Poucos são os nossos virtuoses que conseguem gravar regularmente - e só quando um artista consegue atingir a popularidade do pianista Arthur Moreira Lima as coisas tornam-se mais fáceis.

Bruxas que fazem pensar estão reunidas no Guaíra

Paulo Gorgulho, o novo "darling" das telenovelas brasileiras que foi catapultado a superstar por seu personagem José Lucas de Nada em "Pantanal" - afinal terminada na Rede Manchete, deverá estar hoje na platéia do Auditório Salvador de Ferrante. No final, entre abraços e cumprimentos - e muitos pedidos de autógrafos, naturalmente no fundo, no fundo, por certo estará amargando uma frustração: a de não ter feito o personagem John Proctor, em "As Bruxas de Salém".

Os bons cajus de Peter para internacionalizar nosso som

Mesmo sem qualquer promoção - ao contrário, não constou nem sequer do boletim informativo editado pela Fundação Teatro Guaíra - a participação do violonista Turíbio Santos como solista da Orquestra Sinfônica do Paraná, na última segunda-feira, teve um público interessado e participativo, que aplaudiu delirantemente o maior intérprete da obra violonística de Villa-Lobos - cujo museu, no Rio de Janeiro, dirige com a maior eficiência há quase cinco anos. Em todas as cidades em que Turíbio, 47 anos, se apresenta sempre encontra platéias fascinadas.

No campo de batalha

Apesar da produção de livros de arte cair mais de 80% com o fim da Lei Sarney, alguns projetos conseguem se concretizar. É o caso de "Volpi: 90 anos", com texto do crítico Jacob Klintowitz e projeto editorial da Ladi Biezus (256 páginas, circulação dirigida). Biezus, 56, diretor da Logos Engenharia, pretendia lançá-lo através de sua firma mas com as reduções financeiras teve que passar o projeto para o Sesc. O livro traz 240 reproduções cobrindo 75 anos de produção do artista. O texto de Klintowitz ocupa apenas seis páginas da edição. xxx

Arthur Miller não vem porque não há dinheiro para convite

Se o orçamento da Fundação Teatro Guaíra não tivesse sofrido cortes e as montagens de várias óperas e dos últimos espetáculos teatrais ("Mistérios de Curitiba e "New York Segundo Will Eisner") não tivessem exaurido as finanças, uma idéia surgida há alguns meses poderia ter sido levada adiante: convidar Arthur Miller a vir ao Brasil para assistir à montagem de "As Feiticeiras de Salém".
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br