Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Gilberto Gil

Gilberto Gil

Mautner, livros e movimento da Figa

A cronista Margarita Elisabeth Pericás Sansone teve uma grande alegria no sábado: pode conhecer melhor um escritor do qual ela foi a primeira curitibana a se apaixonar pela sua linguagem vanguardista. Há 25 anos, quando a então adolescente Margarita procurava editor para o seu livro de poemas ("O Dentro Da Gente", Martins, 1964), esteve com o caprichoso Massao Ohno, que a presenteou com um dos primeiros exemplares de "Deus Da Chuva E Da Morte" (Martins, 1962).

Toquinho, Gal e Gil abrem o ano musical do Guaíra!

Após quase cinco meses de vacas magras, nos quais as salas de espetáculo da cidade estiveram paralisadas, a temporada inicia com grandes atrações: Toquinho mostra suas novas composições em "Coisas do Coração" (auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, 20 e 21, ingressos a Cz$ 200,00 e Cz$ 150,00).

Geléia Geral

Dentro da música religiosa, os cantos gregorianos constituem um gênero muito especial. Com uma tradição milenar, esta forma de expressão religiosa-musical tem ampla bibliografia e extensa discografia, infelizmente pouco editada no Brasil. No Paraná, possivelmente um dos maiores estudiosos e conhecedores de cantos gregorianos é o jornalista Aroldo Murá Gomes Heygert, homem de profundas convicções religiosas e que, com bom gosto, vem construindo uma discoteca especializada.

Gil, voz e violão, um momento maravilhoso de grande talento

"Se eu lançar um disco sem qualquer música, apenas o acetato, pelo menos 50 mil colecionadores vão comprá-lo, só porque foi produzido por Gil" (Gilberto Gil, em entrevista a Leonor Amarante, de "O Estado de São Paulo", 13/3/87).

O cinema (muito) falado de Caetano

Horas após assistirmos, em sua estréia mundial, ao filme "O Cinema Falado", em exibição hors concours durante o III FestRio (novembro/86), e relatando em O Estado do Paraná a polêmica que se seguiu, provocada pelas (justas) vaias que o cineasta Arthur Omar ("Tristes Trópicos", "O Som") estimulou durante a projeção na Sala Glauber Rocha (Hotel Nacional, RJ), escrevíamos que este seria o filme que mais discussões provocaria e ganharia os melhores espaços na imprensa nacional. E não deu outra!

Obina Shok dá início à grande invasão africana

No final do ano passado foram dados os primeiros toques mas a grande invasão começa agora: a música africana devidamente reciclada e empacotada para consumo.

No campo de batalha

Os aeromodelistas da cidade estão editando em house-organ interessante: "Decolando". Um dos entusiastas é Jair Cerquiera Leite, ex-industrial da área de relógios decorativos, hoje dono de agradável restaurante vegetariano ("Ao Executivo") e que também colabora em "Esporte-Modelismo", publicação nacional. xxx Jair e mais alguns amigos estão construindo um modelo tão sofisticado, com asas de três metros e que exigirá condução especial para ser levado ao campo onde, nos fins-de-semana, os aeromodelistas da cidade praticam seu caro Hobby. xxx

Moraes, o som mestiço para as três Américas

É verão. É fevereiro. O sol brilha mais do que nunca no Nordeste e portanto a época é da música quente desta rapaziada que faz uma música que mistura origens afro com outras tendências. Um exemplo desta geléia geral é o novo disco de Morais Moreira ("Mestiço É Isso", CBS), que em seu lançamento, há mais de um mês, na Praça Castro Alves, em Salvador, reuniu mais de 50 mil pessoas.

As produções para a freqüência nacional

Há uma semana - desde o dia 24 de janeiro, sábado, a Rádio Estação Primeira está oficialmente no ar. A mais nova FM de Curitiba - pertencente aos empresários Carlos e Henrique Rêgo e Almeida e o jovem executivo Hélio Pimentel, este o diretor geral da emissora - começou a operar no dia 29 de novembro do ano passado, em caráter experimental. Em menos de dois meses conseguiu um relativo posicionamento no competitivo mercado radiofônico, procurando o segmento específico junto ao público jovem, mas buscando uma programação dosada, sem cair apenas no rock supérfluo.

Gil, Baby, Evandro, Mu, Cazuza, vozes para a Estação Primeira

Conseguindo a participação de nomes de grande popularidade junto ao público jovem como Gilberto Gil, Baby Consuelo, Evandro Mesquita, Cazuza, Mu e Dadi, Hélio Pimentel vai tentar exportar os programas gerados inicialmente pela Estação Primeira para outras FMs do Brasil. Não deixa de ser uma fórmula prática de marketing e remuneração para os apresentadores e produtores destes especiais, capazes de serem veiculados nacionalmente.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br