Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Governo do Estado

Governo do Estado

As cidades e o meio ambiente nos documentários da Jornada

Salvador - Encerrada a XVIII Jornada Internacional de Cinema da Bahia, com uma programação que incluiu mais de 150 filmes e vídeos - 106 dos quais em competição - uma constatação óbvia: mesmo com todas as limitações que a produção alternativa (e mesmo marginal) que este evento reúne desde 1971, de realizadores de vários países do terceiro mundo - comprova que as imagens possuem uma força de documentação, denúncia e mesmo promoção que nenhum outro veículo garante.

Mussa, o amigo e o profissional

A espontaneidade nas manifestações de solidariedade e apoio que vem recebendo desde que houve o registro de que está sendo processado pelo senador José Richa, comprova um fato simples: poucos profissionais da comunicação merecem tanto respeito e admiração como Mussa José Assis, diretor-redator-chefe de O Estado do Paraná.

No campo de batalha

Marco Aurélio Marcondes, ex-diretor de comercialização da EMBRAFILME e agora braço direito do poderoso Ugo Sorrentino (Art Filmes), esteve na cidade, acertando com João Aracheski, executivo da Fama, o lançamento de produções importantes que estão chegando ao Brasil. Entre outros filmes, "A Manhã Seguinte", de Sidney Lumet com Jane Fonda e "A Companhia dos Lobos", de Neil Jordan (o mesmo diretor de "Monalisa", prometido para breve no Palace Itália). xxx

Marcus, o Sr. RP, diz por que quer a BR-101

Quando relações públicas ainda se confundia com picaretagem, Marcus Aurélio de Castro já se preocupava em dignificar esta profissão que só viria a ser regulamentada há poucos anos. Foi, por exemplo, o primeiro profissional a criar um setor de RP numa rádio paranaense - a antiga Cultura, onde com apoio do pioneiro Abílio Holzmann, introduziu uma série de novidades - inclusive a comemoração do "Dia da música popular brasileira", em homenagem ao cantor Francisco Alves, (1898-1952) no dia de sua trágica morte - 27 de setembro.

Paraná perdeu de ser a "Terra da Mônica"

Aconteceu o que prevíamos nesta coluna, há vários meses: cansado de esperar por uma definição executiva do Governo do Paraná em relação à implantação da Terra da Mônica, no município de Cornélio Procópio, o desenhista e hoje empresário Maurício de Souza desistiu, de vez, em fazer o grande projeto no Paraná. Com isto, não só Cornélio Procópio - mas toda a região - perdeu um projeto que significaria a futura presença de milhões de turistas.

A FCC quer mesmo o Rui. Mas não é por moralismo

- Quem, eu? Moralista? Surpreso diante das alegações de que uma das razões pelas quais a Fundação Cultural de Curitiba teria solicitado o cine Rui Barbosa seria a sua programação com filmes pornográficos, o advogado Carlos Frederico Marés de Souza, secretário municipal da Cultura, fala de sua surpresa ante tal acusação, acrescentando: - "No ano passado fui criticado por ter realizado o seminário sobre Arte & Erotismo. Aliás, como dirigente cultural eu tenho sido pró-erotismo muito mais do que seria desejável por muitos."

A bela Maria nas últimas projeções do Cine Vitória

Se houver boa resposta de público para "Os Amantes de Maria", este drama do diretor russo (radicado nos Estados Unidos) Andrei Konchalovsky será o último filme a ser exibido no cine Vitória, inaugurado há 24 anos e que foi a mais luxuosa e maior sala de projeção da cidade. As belas imagens da alemã Nastassja Kinski - amada e desejada por Keith Carradine, Vincent Spano e Robert Mitchum neste "Maria's Lovers" (em exibição a partir de hoje) - serão as últimas que, no próximo dia 28, estarão na enegrecida e encardida tela panorâmica do Vitória.

As faíscas contra as posições de Zé Maria

Faíscas e trovões assustaram muitas pessoas que estavam próximas do vereador José Maria Corrêa, na noite de sexta-feira no Curitibano. O líder do prefeito Roberto Requião na Câmara chegou no clube - do qual é o orador oficial - para a solenidade de abertura da I Olimpic - Jogos Internos Globais - quando vários peemedebistas integrantes do primeiro escalão do Governo do Estado, o cercaram para lhe cobrar a posição que havia tomado, horas antes, na solenidade de posse do governador João Elísio Ferraz de Campos.

Teatro Paranaense: mudanças já?

A Classe Teatral Paranaense tem feito, nos últimos anos, um grande esforço no sentido de se organizar e tornar mais dignas as profissões ligadas ás Artes Cênicas, através da criação do seu Sindicato e outras medidas não menos importantes.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br