Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Hermínio Bello de Carvalho

Hermínio Bello de Carvalho

Sharp faz a maior premiação musical

Mais do que uma grande promoção em favor da música brasileira, o Prêmio Sharp de Música Popular - Troféu Vinícius de Moraes, que chega ao seu final, na noite de terça-feira, 31, com a entrega dos troféus aos escolhidos nas categorias (Teatro D. Pedro I, Hotel Nacional, Rio de Janeiro) é um (primeiro) passo para que se possa ter, no Brasil, uma distinção anual com a mesma dignidade que faz do Grammy ter hoje, para a música, o mesmo peso, que o sexagenário Oscar tem para o cinema.

Gente bonita para o evento da Sharp

Com a classe que a idade e a experiência de mais de 10 anos de vida artística lhe trouxeram, Eva Wilma foi a corretíssima apresentadora dos escolhidos para receberam o troféu Vinícius de Moraes. Em cada um dos oito blocos, uma das belas atrizes jovens do elenco da Globo. Uma forma bonita, elegante e prática - com todos os premiados reunidos no palco, facilitando a entrega dos troféus - já que não havia surpresas, com o anúncio prévio dos premiados na semana passada. xxx

Hermínio, bendita agitação musical!

Hermínio Bello de Carvalho fica uma fera quando o chamam de pesquisador. Insiste em dizer que não é pesquisador. No máximo aceita a adjetivação de animador cultural. Ou melhor, agitador cultural. E que agitador!

No campo de batalha

O empresário Mozart Primo divide hoje com Verinha Walflor a liderança das promoções artísticas de melhor bilheteria na cidade. Cada um na sua, profissionalmente, buscam trazer espetáculos de público certo. Agora, Mozart coordena a única apresentação que Manolo Otero fará no dia 28, quarta-feira, no Guaíra (ingressos entre Cz$ 300,00 a Cz$ 350,00). Manolo tem um público seguro, nas pegadas de Julio Iglesias e comprova que o bolero romântico sempre emociona uma imensa faixa de consumo. xxx

Zezé e Olga, as vozes para Villa

Zezé (Maria José) Gonzaga, mineira de Manguaçu, é conhecida e admirada por muitos. Filha de músicos, cantora desde os 13 anos, participou da fase de ouro do rádio carioca (Mayrink Veiga, Clube do Brasil e Nacional), sempre foi considerada uma das mais belas vozes do Brasil, "A cantora dos músicos".

Hermínio e os seus três novos livros

Poeta, letrista, produtor de discos e shows antológicos, idealizador de grandes projetos voltados a preservar e difundir a cultura brasileira (Seis e Meia, Pixinguinha, Ary Barroso, Projeto Lúcio Rangel de Monografias etc.), Hermínio Bello de Carvalho após a publicação de dois livros enfeixando textos avulsos que constituem uma espécie de panorâmica de sua vida cultural, tem um projeto maior: um romance, "a primeira tentativa que farei no gênero".

Olga, o canto brasileiro que correu todo o mundo

A última vez em que havia vindo a Curitiba, há 31 anos, para um recital na Sociedade Thalia - quando Simão Mafra Pedroso a presidia e ali promovia eventos culturais - Olga Praguer Coelho teve uma anfitriã muito especial: Didi Caillet, nome dos mais conhecidos da sociedade paranaense, primeira Miss Paraná a participar de um concurso nacional de beleza nos anos 30 e que inspirou até canções.

Leon vai reeditar disco de Stelinha

Stelinha Egg, a cantora paranaense que teve maior prestígio nacional (160 discos 78 rpm, 15 elepês, mais de 20 compactos gravados entre 1943/75) viveu um sábado de muitas alegrias e emoções. De princípio, a felicidade de rever uma das mais queridas amigas, sua colega dos tempos da rádio Nacional, Zezé Gonzaga, que não via há muitos anos. Foi um longo abraço, que provocou lágrimas nas duas amigas, e também emoção nos animadores culturais Hermínio Bello de Carvalho e Cláudio Ribeiro, que presenciaram o encontro.

As cordas de Rafael no ballet do Iguaçu

Independentemente dos méritos da apresentação do bailado "Lendas do Iguaçu" (Parque Nacional de Foz do Iguaçu, hoje, 17,30 horas), esta original produção idealizada pelo diretor da Fundação Teatro Guaíra, Constantino Viaro - é viabilizada graças ao Bamerindus - tem um ponto especial que merece destaque: a participação, como solista convidado, do violonista Rafael Rabello.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br