Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS IPPUC

IPPUC

Artigo em 02.06.1992

O arquiteto Lubomir Ficinski, que por duas vezes presidiu o IPPUC e hoje é consultor especial do Banco Mundial, retorna na próxima semana de uma viagem de 45 dias a vários países. A partir de agora, Lubomir não deverá deixar mais Curitiba até outubro, já que é o coordenador do grupo de planejamento técnico para planejar a administração do candidato Luciano Pizatto, seu genro. xxx

Ligeirinho, Jaime iria para os EUA, segundo os inimigos

Duas notas de 15 linhas, na coluna "Painel", da "folha de são Paulo", edição de sábado, 18/04/1992, trouxeram euforia ao staff do politiqueiro Grecca de Macedo. Sob o título "Marca Registrada", a primeira notícia disse: "A exposição sobre Curitiba nos EUA pode render mais do que prestígio para o Prefeito Jaime Lerner e seu sócio Cassio Taniguchi. Eles patentearam a estação em formato de tubo usada na cidade e que pode ser "exportada".

Escuridão na Praça Osório, que já teve dias melhores

---- Nota: Este artigo escrito por Aramis Millarch para sua coluna Tablóide de 05 de maio de 1992 não foi publicado devido a re-diagramação da página ocasionada pela censura ao artigo "Um livro sobre Lerner e a autobiografia que Anibal censurou". ----

No campo de batalha

Já que começamos falando na arte de beber vinho, mais um registro editorial sobre cozinha & mesa: István e Janes Wessel publicam "Segredos da Família Wessel" (Edições Melhoramentos, 124 páginas). Em linguagem coloquial, o casal oferece mais de 50 receitas relacionadas a arte de preparar carne e, especialmente churrasco, área no qual os Wessel são profissionais com mais de um quarto de século de experiência. Bom apetite! xxx

Artigo em 07.06.1992

Ex-presidente do IPPUC e ex-diretor técnico da COHAB-CT, dono de um dos melhores currículos na área de planejamento, o arquiteto Omar Akel comandou uma equipe de 17 profissionais que elaborou um novo Plano Diretor para Cascavel, já entregue ao prefeito Salazar. O plano espalha-se ao longo de um volume de 160 páginas, com mapas, gráficos e projeções para disciplinar o desenvolvimento da Cascavel - hoje com população ao redor de 200 mil habitantes, 95% dos quais na área urbana. xxx

Reinhold, a competência de um bom administrador

Há 26 anos, quando deslanchava uma administração que, na época, mudou a fisionomia urbana de Curitiba, o prefeito Ivo Arzua Pereira esbarrava com um problema que até há dois anos era o calcanhar-de-aquiles do município: dificuldades orçamentárias (hoje, com os altíssimos índices do IPTU, a administração Lerner dispõe de recursos milionários).

Oficialmente, até agora politicagem e badalação

Transcorrido mais de um ano de existência oficial da comissão que, oficialmente, deveria desenvolver um sério trabalho de coordenação e aglutinamento de pessoas e instituições para as comemorações que devem marcar os 300 anos de Curitiba, os resultados têm sido dos mais lamentáveis.

No setor da desordem, clima é de desespero

A carta-denúncia que o artista plástico e marchand-de-tablaux Jorge Carlos Sade, estabelecido há 18 anos na Praça Garibaldi, com a galeria de arte Acaiaca, denunciando o abandono e violência em que foi transformado o Setor Histórico de Curitiba teve a maior repercussão.

Noite Vazia (III) - Nilo chorando com a morte da casa pela desordem na Ordem

Entre vários aspectos que o fechamento de endereços noturnos - como o Habeas Coppus e o Crystal - podem justificar numa apreciação mais ampla do que o simples registro está o da própria localização dos chamados eixos-de-animação da cidade. Desde quando presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, na gestão do prefeito Omar Sabbag - com o qual viria a romper por razões técnicas (*), o então modesto arquiteto já se preocupava em que Curitiba tivesse espaços capazes de concentrar comércios específicos, inclusive o da noite.

A carta do dr. Ivo sobre técnicos x politiqueiros

Do engenheiro Ivo Arzua Pereira, ex-prefeito de Curitiba, e hoje provedor da Santa Casa de Misericórdia, recebemos a seguinte carta: "Meu caro Aramis: Cumprimentando-o, com maior prazer, valho-me da presente para, cumprimentá-lo efusivamente e, ao mesmo tempo, agradecer-lhe penhoradamente pelo artigo "Quando o técnico vale mais que o politiqueiro demagogo" (Tablóide", O Estado [do] Paraná , 25/3/1992).
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br