Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Jean Luc Godard

Jean Luc Godard

''À Procura do Destino"

Vencedor de dois prêmios no Festival de Berlim de 1991 e muito elogiado pela crítica quando exibido na III Mostra Banco Nacional de Cinema, "À Procura do Destino" é o sexto filme de Neil Jordan, diretor irlandês, um dos mais premiados na Grã-Bretanha. Esta sua nova produção mostra a fantasia do garoto Jimmy, que vive numa pequena cidade à beira mar e se apaixona por uma mulher mais velha, com idade para ser sua mãe. O relacionamento entre os dois é condenado pelo pai de Jimmy, um alcoólatra.

1.953 novos títulos colocados nas locadoras do Brasil em 91

Ultrapassou as expectativas! Expertes em vídeo - entre jornalistas especializados, donos de locadoras e distribuidoras, que consultamos em princípios de dezembro último, calcularam em 1.500 os títulos lançados no Brasil em 1991. Agora, graças à competência do editor Oceano Vieira, que há sete anos vem editando a mais completa revista informativa sobre o mercado - "Jornal do Vídeo", temos o número exato de lançamentos ocorridos nos meses entre janeiro/dezembro do ano que passou: nada menos que 1.953.

Artigo em 08.03.1992

A exemplo da Paris, a Mundial Filmes também criou uma publicação bem editada para anunciar seus lançamentos. Em papel couche, ilustrações bem escolhidas, a edição de fevereiro anuncia o lançamento no Brasil de pelo menos dois clássicos: "Alphaville", 65, de Jean Luc Godard - já nas locadoras e do famoso - mas pouquíssimo visto - "As Estranhas Coisas de Paris" (Elena et les Hommes) que o mestre Jean Renoir (1894-1979) dirigiu em 1956, com Ingrid Bergman e Jean Marais. xxx

E chega o filme que discute morte de JFK

Desde que a Igreja condenou "Je Vous Salue, Marie" (1984, de Jean Luc Godard) e "A Última Tentação de Cristo" (88, de Martin Scorcese) que um filme não provoca tanta discussão: "JFK - A Pergunta que não quer Calar" (Cine Astor, 14, 17h15 e 20h30; Cinema I, às 15 e 19h30). Mesmo o Instituto Gallup tendo confirmado em julho do ano passado, que 73% dos americanos não acreditam nos resultados do suspeitíssimo Relatório Warren, as teorias que Oliver Stone propõe em seu filme valeram uma tormenta de críticas e acusações, admitindo até que não descarte a possibilidade de sofrer um atentado.

Os 10 melhores filmes de 1991

1. Paisagem na Neblina (Landscape in the Mist), Grécia, 88, de Theo Angelopoulos (107 pontos). 2. Não Amarás (Krótki film a milosci), 001 Polônia, 88, de Krzysztof Kieslowski (105 pontos). 3. O Silêncio dos Inocentes (Silence of the Lambs), EUA, 90 de Jonathan Demme (88 pontos). 4. O Céu que nos Protege (The Sheltering Sky), EUA, 90 de Bernardo Bertolucci (85 pontos). 5. Os Imorais (The Grifters), EUA, 90 de Stephen Frears (71 pontos). 6. Europa (Europa), França, 90 de Lars Von Trier (63 pontos). 7. Febre na Selva (Jungle Fever), EUA, 90 de Spike Lee (47 pontos).

Quem disse o quê!

Entre mais de 2.000 frases que Tony Crawley reuniu em seu "Chambers Film Quotes", torna-se difícil selecionar apenas algumas para ilustrar melhor o que traz este original livro recém lançado na Inglaterra. Entretanto, com a rápida ajuda de um cinéfilo e professor, Simon Bagna Júnior, da Phil Young's English School, 28 anos, também apaixonado por tudo que se refere ao cinema, eis algumas das jóias garimpadas no "Chambers Film Quotes". "Perdi minha virgindade pela minha carreira". (Madonna, "Film Yearbook", 1989). xxx

No cinema para ler, as revelações sobre Greta

Já chegam a 30 os livros sobre cinema lançados este ano no Brasil, confirmando-se aquilo que aqui temos insistentemente registrado: o interesse cada vez maior pela sétima arte, em seus vários segmentos. O atento Cosme Alves Neto, curador da Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, listou 27 títulos - incluindo meia dúzia que deve chegar às livrarias nas próximas semanas.

La Vie em Close (e dois anos sem Paulo)

Há exatamente dois anos morria Paulo Leminski. A cidade perdia seu poeta demolidor - homem se seu tempo, múltiplo criador que viveu intensamente seus dias. Deixou poemas, textos, livros, músicas e sobretudo lições de vida. Muito se falou - e por certo muito se falará - sobre Paulo Leminski, poeta que uniu sempre a uma profunda presença viva a sensibilidade à inteligência.

Das flechadas, aos possessos até Godard

Do sexagenário vanguardista Jean Luc Godard ("Nouvelle Vague") a uma refilmagem de uma das mais famosas histórias de arco e flecha que pelo prestígio de seu ator - Kevin "Dança com Lobos" Kostner - está transformando-se no novo boom das bilheterias ("Robin Hood, o Príncipe dos ladrões"), a semana promete, fazendo um inédito Wajda ( "Os Possessos"), uma circense produção de Jean-Jacque Beineix ("Roselyne e os Leões") e , para a garotada que entra em férias, "As Tartarugas Ninja II - O Segredo do Onze", em versão original (Astor) e dublada (Cinema ), e "Os Trapalhões e a Árvore da J

Entre 43 livros sobre cinema, 22 brasileiros

Ao menos dois escritores brasileiros abordaram aspectos do cinema estrangeiro entre os 43 títulos da gorda bibliografia cinematográfica lançada no Brasil no ano passado. O jornalista Argemiro Ferreira, em "Caça às Bruxas - MacCarthismo, uma Tragédia Americana" (L&PM Editores, 272 páginas) fez uma introdução e análise do período de perseguição macartista nos Estados Unidos, com destaque para o caso dos roteiristas, diretores e atores.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br