Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS João Gilberto

João Gilberto

Geléia Geral

É tão grande o número de compositores-intérpretes na disputa de um espaço que muitos talentos se perdem na geléia dos lançamentos, muitas vezes se confundem, inclusive nos gêneros, pela falta de melhor trabalho de marketing. Por exemplo, Chico Bezerra, em lançamento da Continental ("Eterna Viagem", dezembro/87), pode até parecer mais um brega, entre tantos intérpretes nordestinos que encontram apoio na nova fase desta gravadora.

A voz da música de Carlos

Irineu Garcia foi o pioneiro. Há três décadas, teve a idéia de registrar para a posteridade vozes dos poetas e escritores brasileiros. Assim em modestos 45 rpm, Garcia produziu disquinhos nos quais seus amigos Vinícius de Moraes, Augusto Frederico Schmidt, Paulo Mendes Campos, Manuel Bandeira, Cecília Meirelles e, naturalmente, Carlos Drummond de Andrade, entre outros, venceram a timidez e leram seus versos.

Verinha & o Lobão

Verinha Walflor é uma mulher dinâmica. Baixinha, ágil, conseguiu se firmar como uma das produtoras artísticas de maior credibilidade nacional. Tanto é que nomes como Fernanda Montenegro, Eva Wilma e o irritante Paulo Autran já recorreram aos seus trabalhos profissionais. Afinal, Verinha sabe como organizar uma excursão, conseguir os melhores auditórios, promover o espetáculo junto aos veículos de divulgação e reduzir os custos de produção - transporte, hospedagem, publicidade, etc. xxx

A bossa trintona de Carlinhos Lyra

Aproximando-se dos 30 anos - considerando-se como data básica a gravação de "Canção do Amor Demais", de Elizeth Cardoso (*) - a Bossa Nova, felizmente, (re)existe. E algumas provas sólidas foram dadas no ano passado - mas que merecem registros ainda agora.

Confirmado: dia 4 de abril, Airto e Flora

Além de Jordan, os baianos Caetano, Bethania e João Gilberto - além do violonista Baden Powell, março ainda terá dois momentos de música clássica. Dia 21, com a Camerata Antiqua - que apesar da saída do maestro Roberto de Regina, tenta sobreviver. E no dia 24, a Sinfônica do Paraná, que deve ter muitas modificações nas próximas semanas, com uma nova disciplina e talvez até novos - e competentes - integrantes. Assunto, aliás, que vai ferver depois do Carnaval. xxx

Jards, um coringa da MPB, em grande forma

Uma das melhores notícias deste ano de 1987 foi o retorno à cena de Jards Macalé (Jards Adet da Silva, Rio de Janeiro, 03/03/1943). Compositor, cantor, produtor musical, agitador de eventos, o bom Jards atravessava uma fase pesada, com mil problemas pessoais, o que o fez permanecer afastado dos discos e dos shows.

No dia 26, a entrega do "Grammy" nacional

A intenção é manter os resultados no mais absoluto sigilo, no melhor estilo do Grammy e do Oscar. Assim, o diretor do Instituto Paulista de Pesquisas de Mercado, Antonio Leal de Santa Inês, está supervisionando com o maior cuidado a votação final para a entrega do Troféu Villa-Lobos, na promoção da Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Ao ser instituída, em 1974, O Troféu era apenas para os que vendiam mais discos, mas neste ano, além dos campeões comerciais, haverá também premiações de qualidade.

Mulligan, 60 anos, e seu jovial jazz

Entre as datas redondas deste 1987, algumas se destacam mais: do brasileiro (e universal) Heitor Villa-Lobos, cujo centenário de nascimento foi a 5 de março e os 60 anos de Antonio Carlos Jobim, em 25 de janeiro - mas cujas comemorações a exemplo de Villa se estenderão por todo o ano - há efemérides também póstumas (os 50 anos da morte de Noel Rosa, imerecidamente esquecido no último dia 4 de maio).
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br