Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Jornal da Tarde

Jornal da Tarde

Lançamentos à portuguesa com filmes de todo mundo

Quando a esmola é demais, o espectador desconfia! Pois é! A mesma Fucucu quer há três semanas desperdiçou, por absoluta falta de iniciativa, o documentário "Shoah", de Claude Lanzmann (Cine Groff, agora a segunda parte em exibição prevista para duas semanas), num boicote em relação a comunidade israelita de Curitiba - que deveria ter sido agilizada para agilizar a temporada de um filme desta importância - agora inundou as salas da Cinemateca e Ritz com duas programações importantíssimas, mas que exigem um tour-de-force dos mais entusiasmados cinéfilos para poder ser acompanhada.

No campo de batalha

A revista Gráfica ganha nova estrutura legal, conforme registro feito em cartório. Creso Luiz de Moraes, 39 anos, dono da Enfoque, passa a ser oficialmente o redator-chefe da mais sofisticada publicação das artes gráficas do continente. Evidentemente, que a publicação continua a ser de seu idealizador e editor de arte, Miran (Osvaldo Walter Miranda, 41 anos, residente à Rua Jesuíno Lopes, 390), sócio do publicitário Carlos Alberto Ferreira da Costa, na Casa de Idéias - Editora de Vídeo e Gráfica (Rua Dom Alberto Gonçalves, 47), que é, legalmente a editora da publicação.

Música Brasileira está em alta em Nova Iorque

O I Festival de Música Instrumental Brasileira no Town Hall, em Nova Iorque (dias 10 e 11 de março), com patrocínio do Bamerindus, representa uma espécie de consagração de uma bem sucedida invasão sonora que a nossa MPB está fazendo nos EUA - via Big Apple/Los Angeles.

Bianchi, nosso grande cineasta

Afinal, o Paraná tem um cineasta internacional. Nascido em Ponta Grossa, de formação curitibana, honesto, sem narcisismos e esquemas de autopromoção - ao contrário, relativamente esquecido localmente - Sérgio Bianchi, 38 anos, é hoje um dos grandes nomes do cinema brasileiro em projeção internacional.

Geléia Geral

Um novo compositor-intérprete lusitano chega ao Brasil: Fausto Bordalo Dias. Cantor-estradeiro, falando de viagens e amores neste seu LP de apresentação ("Para além das cordilheiras", CBS) vem com nove canções, todas de longuíssimas letras - o que deve reduzir suas chances de divulgação. As tentativas de introduzir no Brasil os novos artistas portugueses têm sido frustradas, o que é lamentável - já que deveria haver um público em potencial - que absorveu fadistas tradicionais (como Francisco José, falecido há poucos meses) ou fadistas-bregue, como Roberto Leal.

Subway, o cult movie polêmico

"Subway" é daqueles filmes que dividem radicalmente as opiniões. Para Edmar Pereira, crítico do "Jornal da Tarde", considerado a "língua mais rápida (e ferina) do jornalismo cinematográfico no Brasil", este longa de Luc Bresson, pode ser classificado como um dos piores filmes da história do cinema. Entretanto, para milhares de jovens, a estranha história de Fred (Christopher Lambert), um anjo louro, que no interior azul-neon do metrô parisiense, corre a procura de não se sabe o quê, é um cult-movie.

Denise, uma medea-rock no Forte de Copacabana

Em Nova Iorque, onde foi assistir a estréia da ópera "Aida", no Metropolitan Opera House (e que é exatamente uma cópia da que foi apresentada no Rio de Janeiro, em 1986), o trêfego Fernando Bicudo revelou a jornalista Sônia Nolasco, do Jornal da Tarde, seu novo projeto: uma montagem moderníssima de "Medea" com a iratiense Denise Stocklos na personagem título. Aliás, Denise está novamente em Nova Iorque, para uma nova temporada no Teatro La Mama, no qual já fez apresentações em 1987, com sucesso, de "Mary Stuart" e, no início deste ano - sem o mesmo êxito - de uma versão de "Ir-A-Ti".

Um livro de arte para expotação

O jornalista Antônio de Oliveira Pinto, crítico de cinema da RTP - Rádio Televisão Portuguesa e do Diário Popular de Lisboa - onde também escreve sobre livros de arte e, eventualmente, artes plásticas, foi um dos primeiros estrangeiros a folhear o volume "Fitas e Bandeiras Venske" de Orlando Azevedo.

"Vídeo 89", verdadeira enciclopédia de cinema

O vídeo já começa a adquirir maturidade com o saneamento do mercado. O público está cada vez mais exigente e em busca de informações especializadas, o que fortaleceu inúmeras revistas e fez com que Oceano Vieira de Mello, de Campinas, pudesse transformar seu modesto "Jornal do Vídeo" numa participação que lembra em tudo a "Variety".

O dicionário de Rubens Ewald Filho

Rubens Ewald Filho, paulista de Santos, pode se considerar um profissional realizado. É um dos poucos jornalistas brasileiros que vive (bem) escrevendo exclusivamente sobre o que mais ama na vida: o cinema.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br