Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Jornal da Tarde

Jornal da Tarde

Os melhores títulos lançados durante 86

Pouco a pouco, organizam-se as distribuidoras de videocassetes no Brasil. Assim, em 1986 apareceram diversas empresas que, legalmente, estão colocando títulos no mercado, devidamente selados e respeitando os direitos autorais. A partir de agora já é possível começar a se estabelecer um novo ranking: os dez melhores títulos de tapes colocados à disposição das locadoras e videomaníacos.

Marie, um hino à coragem feminina

"Tenso, vibrante, dramático, comovente: este é um filme a que se assiste na ponta da cadeira, do começo ao fim". Normalmente econômico e até ácido em seus elogios, Edmar Pereira, 43 anos, crítico do "Jornal da Tarde" - dono de um dos textos mais elegantes da imprensa cinematográfica, não fez por menos: enalteceu "Marie" (Marie, A True Story), quando de seu lançamento em São Paulo, há seis meses.

Pela 21ª vez, os melhores do cinema

Pela 21ª vez, O Estado do Paraná publicará domingo, dia 4, a página dos melhores do cinema - com a listagem dos 10 melhores filmes lançados em Curitiba durante o ano. Além de ser o jornal que mantém este ranking com a maior periodicidade, também o levantamento apresenta uma característica única: é o único, em toda a imprensa brasileira, que faz o levantamento dos preferidos do público. xxx

Iwersen e as suas "movie magazines"

Conseqüência direta do boom da chamada era do videoteipe, renasce o interesse pelo cinema. A prova está no crescimento das vendas das (raras) revistas que se dedicam ao cinema, a absorção de livros (caros) importados que abordam os mais diferentes aspectos dos anos de ouro de Hollyood e um interesse crescente da parte dos consumidores de vídeos por tudo que se relaciona ao cinema.

Joel Silveira, profissão repórter

Dentro da história do jornalismo brasileiro, Rubem Braga e Joel Silveira são nomes dos mais conhecidos e admirados. Dromedários da imprensa dos anos de ouro, companheiros da cobertura da presença da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial, Rubem e Joel, como bons repórteres, jamais deixaram o "front" da notícia. Profissionais antes de tudo, descartaram de fazer do jornalismo trampolim para carreiras políticas e empresariais (como se tornou comum nas gerações que se seguiram).

Alice cantando Brecht merece registro em LP

A mais generosa das instituições culturais que atuam no Brasil, com uma programação tão intensa que proporciona que algumas entidades (especialmente as de Curitiba) tenham quase 50% de suas atividades graças aos eventos que patrocina, o Goethe Institut/ Instituto Cultural Brasileiro Germânico tem agora uma ótima oportunidade para divulgar um outro lado de Bertolt Brecht (Augusburg, 10/2/1898 - Berlim Oriental, 14/8/1956) ano em que se comemora o 30º aniversário de sua morte.

Porcolino, um troféu ao político que suja a cidade

Um grupo de curitibanos, preocupados com o pichamento de muros, viadutos, placas e até mesmo árvores com mensagens políticas, está montando uma versão local do movimento de revalorização do bairro do Cambuci, em São Paulo, que instituiu o troféu Porcolino para "o maior porco da cidade" - a ser eleito em setembro, na capital paulista.

B. B., o King dos Blues com canções do coração

"Um Romance Muito Perigoso" tinha muitos atrativos para o público. Uma trama ao estilo Hitchcook, nomes famosos em pontas, a firmeza do jovem diretor John Landis ("Um Lobisomem Americano em Londres", e vídeo-clip "Thriller" com Michael Jackson). Entretanto, um aspecto atraía, em especial, a faixa jovem: a incrementada trilha sonora com vários solos de B. B. King. Tanto é que a WEA lançou o álbum com a sound track e vendeu como pão-quente.

No campo de batalha

Encerrando o ciclo de palestras sobre Bertolt Brecht, a propósito dos 30 anos de sua morte, o professor João Alfredo Dal Bello, da Universidade Federal do Paraná, fala hoje, ao entardecer, no auditório Paul Garfunkel, da Biblioteca Pública, sobre "Brecht, o que disse não". xxx Dal Bello, 36 anos, catarinense de Xaxim, uma dezena de cursos na Alemanha, professor do Goethe, é membro do conselho editorial da revista "Letras", do Setor de Ciências Humanas e no ano passado foi um dos consultores na montagem da peça "Tambores da Noite" de Brecht. xxx

Borges: discussão e prólogos

A morte de Jorge Luis Borges, há uma semana - 13 de junho - em Genebra fez com que, mais uma vez, todos os espaços se abrissem para registrar não só a sua morte mas falar da importância de sua obra. 53 dias antes, o maior escritor da Argentina - e para muitos também da língua espanhola - havia sido notícia, quando de seu casamento com sua secretária, Maria Kodama, oficializando assim uma convivência de 12 anos e elegendo-a por testamento, sua herdeira única e universal.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br